municipios

Prefeito é alertado pelo Tribunal de Contas a necessidade de equilíbrio fiscal

A exigência faz parte do parecer prévio favorável à aprovação das contas anuais de Governo de São Pedro da Cipa, exercício de 2017.

Publicados

em


Alexandre Russi prefeito de sao pedro da cipa

Prefeito de São Pedro da Cipa, Alexandre Russi

O Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso determinou ao prefeito de São Pedro da Cipa, Alexandre Russi, que em razão do déficit de execução orçamentária, contenha despesas por meio da limitação de empenhos e de movimentação financeira, até que o orçamento e as finanças do município sejam reconduzidas a uma situação de normalidade e equilíbrio fiscal.

 

ASSISTA AO JULGAMENTO

 

A exigência faz parte do parecer prévio favorável à aprovação das contas anuais de Governo de São Pedro da Cipa, exercício de 2017.

Thiago Bergamasco | TCE-MT

Conselheiro interino ouvidor-geral do TCE-MT - Luiz Carlos Pereira

Conselheiro interino do TCE-MT, Luiz Carlos Pereira

O relator das contas, conselheiro interino Luiz Carlos Pereira, ainda solicitou que o Executivo encaminhe as informações e documentos relativos às Contas Anuais de Governo obrigatórias por meio do Sistema APLIC, dentro do prazo regulamentado pelo TCE.

 

Outro alerta ao prefeito, Alexandre Russi, é que se atente para que o conteúdo das leis orçamentárias (LOA) seja compatível com as exigências conceituais constitucionais atinentes aos orçamentos fiscal, da seguridade social e de investimento e realize estudos técnicos acerca das causas ensejadoras dos resultados para fins de eventual reformulação das políticas públicas de educação e saúde e que inclua explicitamente os programas e ações necessários para melhorar os referidos índices nas peças de planejamento (PPA, LDO, LOA e eventuais leis de créditos adicionais.

 

Por fim, consta do parecer a determinação para que seja realizada as audiências públicas quadrimestres para avaliação do cumprimento das metas fiscais, até o prazo legal limite, em obediência a Lei de Responsabilidade Fiscal. O processo ( n º 173215/2017) foi julgado na sessão ordinária do dia 26/11.

Comentários Facebook
Propaganda

Várzea Grande

Subcomandante da GM conquista medalha no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu

Alexander Ortiz, que é faixa roxa, competiu na modalidade peso médio master 3. O Guarda Municipal é bicampeão mundial (2019 e 2020) e campeão brasileiro de Jiu-Jitsu em sua modalidade

Publicados

em

Por Celly Silva

O subcomandante da Guarda Municipal de Várzea Grande (GMVG), Alexander Gouveia Ortiz, conquistou a medalha de bronze na modalidade peso médio master 3 (até 82 quilos) no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu Esportivo, no último sábado (25.06), no ginásio Ibirapuera, em São Paulo. O evento é organizado pela Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu.

Ortiz, que é faixa roxa, é bicampeão mundial (2019 e 2020) e campeão brasileiro de Jiu-Jitsu em sua modalidade. Como é de costume sempre que vence, ele fez questão de levar as bandeiras de Várzea Grande e de Mato Grosso para o pódio. “É motivo de muito orgulho para mim poder representar nossa querida Várzea Grande e nosso Estado nessa competição, que é o maior campeonato nacional e que conta com grandes atletas de todo o Brasil”, disse o subcomandante.

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, parabenizou o servidor da Guarda Municipal pela conquista e exaltou sua dedicação ao Município. “Alexander é um excelente profissional, dedicado e disciplinado, como deve ser um atleta e um subcomandante. Para nós, é um orgulho ter um exemplo como ele dentro dos nossos quadros e, ainda por cima, levando o nome de Várzea Grande para o Brasil”, afirmou.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana