Cuiabá

Chuva chega em Cuiabá depois de 109 dias; clima era de deserto

Publicado

Cuiabá não registrava nenhuma chuva desde o dia 22 de maio, completando 109 dias neste domingo (20.09), como apontam dados do 9° Distrito de Meteorologia de Mato Grosso.

Após diversos dias de calor intenso, tempo seco, clima de deserto, queimadas e muita fumaça, voltou a chover no sábado (19.09), em algumas regiões de Mato Grosso. A chuva caiu principalmente nas regiões do Médio-Norte e Norte do Estado. Cidades como Lucas do Rio Verde, Vera, Santa Carmem e Sinop puderam sentir o “gosto da chuva”. 

Porém, a chuva caiu em áreas isoladas, em Sinop a precipitação foi de menos de 5 milímetros, nas áreas rurais, a chuva foi um pouco mais intensa. A temperatura também seguiu alta, na casa dos 39ºC na maioria dessas cidades que registraram chuva.

Segundo o site Climatempo, Cuiabá terá neste domingo sol com muitas nuvens. Há possibilidade de 90% de pancadas de chuva à tarde e à noite. A mínima será de 25ºC e a máxima 35ºC.

Para segunda, terça e quarta, também a previsão de chuva durante o decorrer do dia, aliviando assim o tempo seco e fumaça que se instalou na cidade por conta de incêndios no Pantanal, Chapada dos Guimarães e região da Serra de São Vicente.

Comentários Facebook
publicidade

Cuiabá

Governo abre licitação para recuperar Trincheira Jurumirim

Publicado

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), abriu processo licitatório para a contratação de empresa de engenharia para a restauração do pavimento e recuperação da estrutura de concreto da Trincheira Jurumirim, localizada na Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá.

A construção da Trincheira Jurumirim, idealizada para Copa do Mundo de 2014, foi entregue e liberada para o tráfego naquele ano, apesar de a obra não estar totalmente concluída, com 97,8% dos serviços executados. Na época, faltavam serviços complementares de paisagismo, mas o contrato foi encerrado em razão de embaraços jurídicos e administrativos.

No entanto, foram diagnosticadas falhas no pavimento posteriormente à entrega da obra e a Sinfra teve que fazer um levantamento técnico dos problemas existentes ao longo da estrutura, de acordo com o secretário-adjunto de Obras Especiais da Sinfra, Isaac Nascimento Filho.

Com esse diagnóstico de engenharia pronto, a obra está sendo retomada para conclusão e entrega em definitivo ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).   O valor do orçamento estimado para a execução das melhorias em 1,32 quilômetro de extensão da trincheira, entre os bairros Jardim Leblon e Bosque da Saúde, é de R$ 14,2 milhões.

“As correções tratarão não só as patologias no pavimento ao longo de toda a trincheira, mas também as infiltrações e problemas com as juntas de dilatação na parte superior, ou seja, nas pistas marginais também. Assim que fizermos essas correções poderemos entregar a obra 100% para o DNIT”, esclareceu.

O secretário explicou ainda que todos os investimentos com as melhorias na trincheira serão custeados, neste primeiro momento, pelo Estado, para finalizar o quanto antes essa obra. Porém, o Estado vai buscar ressarcimento junto à construtora responsável, em razão de as melhorias serem necessárias devido à má execução do projeto.

Licitação

Conforme o edital de licitação, o processo será na modalidade concorrência pública, do tipo menor preço. A sessão pública de abertura das propostas será realizada no dia 1º de dezembro, às 9h, na sala de reuniões da própria Sinfra. A licitação também é transmitida em tempo real pelo canal do Youtube da Sinfra.

Tanto o projeto executivo, quanto demais documentações complementares, assim como o edital, encontram-se disponíveis no site da Sinfra para consulta. Eventuais esclarecimentos de dúvidas quanto ao edital poderão ser solicitados, preferencialmente, via e-mail [email protected], até cinco dias anteriores à sessão pública.

Outras melhorias

Além da trincheira Jurumirim, o Governo do Estado vai recuperar mais uma obra idealizada para a Copa do Mundo de 2014: a trincheira do Complexo Viário do Tijucal, em Cuiabá. Serão realizados serviços de restauração, com reparos pontuais no pavimento e a substituição de drenos das cortinas que apresentem algum tipo de comprometimento em sua eficiência.

Os serviços serão executados em um prazo de até 30 dias e todo o projeto de restauração será executado como parte do contrato firmado em 2012, na ordem de R$ 32 milhões. Desse modo, o Estado não terá custos adicionais com a execução das melhorias de infraestrutura.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana