araguainha

Polícia Civil prende 3 pessoas envolvidas em homicídio em Araguainha

O crime que vitimou, Geraldo Pereira Bezerra, 32, ocorreu na madrugada de 18 de junho, na casa da vítima, no Centro de Araguainha.

Publicados

em


PJC | MT

policia civil viatura

Polícia Civil prende 3 pessoas envolvidas em homicídio em Araguainha

Os três autores de um homicídio bárbaro, ocorrido na cidade de Araguainha, foram presos em flagrante pela Polícia Civil de Alto Araguaia com apoio da Polícia Militar, na segunda-feira (18.06), logo após o crime. Os suspeitos, Rosimar Neves da Rocha, 28, Ruan Fernandes da Silva, 18, e Thiago Augusto da Silva, 32, confessaram o crime e foram autuados em flagrante por homicídio qualificado.

 

O crime que vitimou, Geraldo Pereira Bezerra, 32, ocorreu na madrugada de 18 de junho, na casa da vítima, no Centro de Araguainha. Na ocasião, a vítima foi surpreendida pelos criminosos, que inicialmente o torturaram com golpes de faca e depois atearam fogo em seu corpo.

A Polícia Militar foi acionada por vizinhos que perceberam a ação dos criminosos. Quando a equipe chegou ao local, a vítima ainda estava com vida, porém logo em seguida não resistiu aos ferimento e morreu no local.

 

Diante da situação, as equipes da Polícia Civil e do Núcleo Investigativo Operacional (NIO) da Delegacia de Alto Araguaia foram acionadas e sob a coordenação do delegado Carlos Roberto Moreira de Oliveira, agiram rápido, conseguindo identificar e prender os autores do crime.

 

Questionados, os suspeitos confessaram o crime e disseram que executaram a vítima por conta de um desentendimento entre eles. Após serem detidos, os autores foram encaminhados para Delegacia de Alto Araguaia, onde o flagrante foi lavrado pelo delegado Fernando Fleury.

 

A ação contou com a participação de policiais militares de Ponte Branca, investigadores plantonistas da Delegacia de Polícia Civil de Alto Araguaia, e com a equipe de Policiais do Núcleo Investigativo Operacional (NIO) da mesma Delegacia.

 

*Com informações da PJC | MT

chefao lance 2

 

 

Comentários Facebook
Propaganda

araguainha

Pleno julga regular tomada de contas para apurar gasto com reforma de escola

Publicados

em

Conselheiro do TCE-MT, Valter Albano | Foto: Thiago Bergamasco

O Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) julgou regulares as contas prestadas pela Prefeitura de Araguainha em tomada de contas especial instaurada pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc), em razão de supostas irregularidades na prestação de contas de termo de convênio firmado em 2006. Sob relatoria do conselheiro Valter Albano, o processo foi apreciado na sessão ordinária remota de terça-feira (04.05).

A tomada de contas teve por intuito apurar a aplicação dos recursos repassados por conta do convenio 370/2006, firmado com a prefeitura para reforma geral e adequação para garantir acessibilidade a pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida na Escola Estadual Rui Barbosa, localizada no município.

Em seu voto, o relator apontou que, de acordo com a equipe de auditoria especializada do tribunal, os valores empenhados pela Seduc foram de R$ 343,9 mil, os repassados para prefeitura totalizaram R$ 333, 9 mil e a diferença foi estornada.

“É possível concluir sem muito esforço que a irregularidade de fato é o pagamento de serviços desacompanhado das respectivas planilhas de medições e não a inexecução do convênio. Não há no processo nada que indique desvio de recurso ou de finalidade, enriquecimento ilícito, fraude ou outro crime qualquer, bem como não há evidência de que a obra conveniada não foi executada por completo. Pelo contrário, a prefeitura apresentou três prestações de contas, que foram aprovadas pela Seduc, e totalizaram exatamente o valor repassado”, sustentou Albano.

Frente ao exposto, em dissonância com o parecer do Ministério Público de Contas (MPC), votou pela regularidade das contas tomadas, principalmente pelo fato de terem sido apresentadas prestações de contas do valor total repassado à prefeitura, as quais foram aprovadas pelo órgão concedente. O voto foi seguido por unanimidade do Pleno.

Clique aqui e confira o vídeo completo do julgamento.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana