Mato Grosso

Frio intenso faz gear em Mato Grosso; veja vídeo

Publicados

em

Moradores de Alto Taquari fizeram imagens da geada

 

Por Edmundo Pacheco | Portal Mato Grosso

Esta semana está sendo atípica aqui em Mato Grosso, especialmente para os cuiabanos. O frio repentino, que tingiu todo o estado, acabou trazendo temperaturas que há muitos anos não viamos por aqui. Em Cuiabá, por exemplo, os termômetros registraram 7°C na estação convencional nesta quinta-feira (19.05), um recorde!  Esse é o quarto dia consecutivo de frio na Capital, que vem amanhecendo sempre com temperaturas mínimas na casa dos 10°C.

Leia também

• Frio intenso traz problemas de saúde. Saiba se cuidar

• Decisão judicial inocenta Antonio Joaquim em caso que gerou seu afastamento do TCE-MT

• STF encaminha à PGR pedidos de investigação contra Bolsonaro por racismo

Além dos cuiabanos, moradores de Chapada dos Guimarães também foram surpreendidos com uma madrugada gelada, com mínima de 2°C, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Cidades do interior como Primavera do Leste e Rondonópolis também registraram recorde de frio, com mínima de 5°C. Estas são as menores temperaturas registradas no estado desde 2021.

Em Alto Taquari (500 km de Cuiabá) teve geada, veja vídeo:

Para os próximos dias, a previsão é que continue gelado em todo o estado.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Fapemat participa do lançamento do Edital Amazônia+10; em Manaus

Publicados

em

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat), é uma das participantes Fórum Nacional do Consecti & Confap, realizado na tarde de quarta-feira (08.06) no Hotel Comfort, em Manaus.

O evento é uma   parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM) e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti/AM), com apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI).

 Leia também

O Fórum reúne presidentes e representantes das 26 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), das agências federais, CNPq, FINEP, EMBRAPII e CAPES, Secretários Estaduais de CT&I, além de representantes de entidades acadêmicas e científicas, e agências internacionais de fomento à CT&I.

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim, participou da cerimônia de abertura e anunciou investimentos da pasta em programas para a região Amazônica.

Lançamento do Edital Amazônia+10

Durante a abertura oficial do Fórum  foi realizado o lançamento do Edital Amazônia+10, uma iniciativa construída no âmbito do CONSECTI e do CONFAP, que tem por objetivo apoiar pesquisa científica e desenvolvimento tecnológico na região da Amazônia Legal, por meio de parcerias com as Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs), com o setor privado, governos e organizações internacionais.

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato grosso (Fapemat), representada pelo seu Diretor Técnico Cientifico, Dr. Flávio Teles, será umas das dez participantes do lançamento do Edital Amazônia+10.

As ações da iniciativa serão focadas em quatro temáticas prioritárias: conservação da biodiversidade e respostas à crise climática; proteção de populações e comunidades tradicionais; enfrentamento dos desafios urbanos; e adoção da bioeconomia como política de desenvolvimento econômico para a região.

Com adesão inicial de dez Estados: São Paulo, Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, o Fundo Amazônia+10 já conta com aporte de R$ 100 milhões da FAPESP. Com a participação de agências internacionais, empresas e governos, o valor do investimento poderá chegar a R$ 500 milhões.

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana