videos institucionais

Ideia de empresário para ajudar pessoas carentes na pandemia viraliza na internet

Publicados

em

Vídeo de empresário que montou em frente ao seu comércio duas bancas, com as frases; Quem tem põe, Quem não tem tira, viralizou na internet, e várias pessoas estão fazendo doação de alimentos para ajudar pessoas necessitadas pela falta de emprego e trabalho durante a pandemia da Covid-19. 

Comentários Facebook
Propaganda

CURIOSIDADES

Tubarão-elefante interrompe aula de stand-up paddle; assista

Publicados

em

 

 

source
Tubarão-elefante interrompe aula de stand-up paddle
Foto: Reprodução/YouTube/SWNS

Tubarão-elefante interrompe aula de stand-up paddle

Na última quarta-feira (14), uma aula de stand-up paddle, realizada na marina de Devon, no Reino Unido, foi interrompida após um tubarão-elefante surgir no local.

O instrutor Owin Wong, que comandava a preparação de quatro alunos, achou que o animal era um golfinho, mas quando o bicho se aproximou, algumas pessoas começaram a gritar: “Tubarão! Tubarão!”.

Em entrevista ao jornal Metro, ele revelou que sentiu medo da reação do animal. “A princípio, eu estava com medo de ser um tubarões-raposa que é muito agressivo e pode atacar humanos. Mas tubarões-frade não são predadores, então a primeira coisa que pensei foi tranquilizar os alunos, para manter a calma e aproveitar o momento”, disse.

O tubarão tem cerca de 3,6 metros e foi descrito como “muito, muito grande” pelo professor que tentou tranquilizar os alunos. “Você tem que ficar calmo. Se desesperar, algo de ruim pode acontecer”. “Eu nunca tinha visto antes. Ouvi falar que são raros e difícil de ser visto”, finalizou.

Você viu?

O animal com cerca de 3,6 metros foi descrito como “muito, muito grande” pelo professor Owin Wong, que tentou manter os alunos calmos enquanto o animal passava por eles. “Eu disse a todos que estivessem preocupados que simplesmente aceitassem”, relatou ao tabloide The Sun.

Veja o momento:

O animal com cerca de 3,6 metros foi descrito como “muito, muito grande” pelo professor Owin Wong, que tentou manter os alunos calmos enquanto o animal passava por eles. “Eu disse a todos que estivessem preocupados que simplesmente aceitassem”, relatou ao tabloide The Sun.

Apesar do susto, Wong considerou a visita do tubarão uma “experiência incrível”. “Foi assustador no início, mas eu tinha conhecimento prévio sobre tubarões-elefante e sei que eles não são perigosos”, explicou.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana