ecossistemas

Rede hoteleira lembra a importância do recurso natural para o planeta

Um esforço para colocar em pauta questões essenciais que envolvem a sustentação da vida, com a necessidade de preservação dos recursos naturais

Publicados

em


Da Assessoria

Águas Quentes

Água: recurso natural indispensável à vida

Neste domingo (22.03) é o Dia Mundial da Água, data criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) como um esforço para colocar em pauta questões essenciais que envolvem a sustentação da vida, com a necessidade de preservação dos recursos naturais. 

 

O planeta Terra é composto por mais de 70% de água, sendo 97,4% desse volume nos oceanos, e 2,6% água doce presente em rios, lagos e nas represas. Mato Grosso é agraciado como um dos lugares com maior volume de água doce no mundo. Inclusive, o Cerrado é considerado a caixa d’água do Brasil por conta dos seus inúmeros rios, aquíferos e nascentes.

 

A Rede de Hotéis Mato Grosso é defensora da preservação dos recursos hídricos, com uma política pioneira e bem planejada de sustentabilidade nas seis unidades que integram o grupo, desenvolvendo inúmeros programas sustentáveis tais como economia de energia, de água, reciclagem ambientalmente adequada de resíduos, treinamentos em educação ambiental, Ecoaulas com comunidade local e Ecofeiras, entre outras. 

 

Segundo o gestor ambiental responsável pela rede de Hotéis Mato Grosso, Joab Almeida da Silva, alguns empreendimentos da empresa estão localizados em unidades de conservação mantidos com gestão ambiental plena onde o turista admira o cuidado com o meio ambiente, como é o caso do Hotel Mato Grosso Águas Quentes, localizado dentro de uma área  natural.

 

“O Parque Estadual Águas Quentes foi a primeira unidade de conservação do Estado e possui papel sagrado por abrigar grandes e importantes nascentes. Assim, a rede de Hotéis tem todo o cuidado com a manutenção da área, disciplinando suas atividades por meio de um sistema de gestão certificado ISO 14001, para controlar os impactos da visitação e das atividades sobre os recursos hídricos nessa unidade de conservação”, ressalta Joab.

 

O gestor ambiental informa que o hotel estabeleceu o critério de monitoramento da qualidade dos recursos hídricos através da coleta trimestral da análise da água do rio e da análise dos afluentes que são emitidos para comparar com os padrões da legislação vigente. “Dessa forma verificamos se não há nenhum tipo de poluição na região”, completa.

 

O Parque Estadual Águas Quentes também é conhecido pelas águas termais, com temperaturas que variam entre 37 e 42 graus, que possuem propriedades terapêuticas e relaxantes. As águas quentes surgem de um processo natural do caminho das águas das chuvas, que infiltram no subsolo e vão esquentando à medida que descem, devido ao calor natural da terra.

 

“A água é a maior e melhor transportadora e transformadora de matéria. Sem a água, a vida no planeta não seria possível, tanto é que só o sol não consegue sozinho produzir vida, portanto, água é vida”, reforça o gestor ambiental.

 

Ele comenta ainda que o Cerrado recebeu o título de caixa d’água do Brasil devido as suas características geográficas, localização no centro do país e vegetação com raízes volumosas. O Cerrado é a principal fonte de abastecimento de água e de energia elétrica para inúmeras regiões brasileiras. “O Parque Águas Quentes, por estar numa região de chapadas e morros, faz com que haja o surgimento de diversas nascentes e corpos d’água que escoam para outras regiões, como para o Pantanal”, explica Joab.

Da Assessoria

Pantanal

Pantanal mato-grossense 

O Pantanal é a maior área alagável do planeta, com fauna e flora exuberantes e únicas, considerado pelo Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) como Patrimônio Natural Mundial e Reserva da Biosfera. “No Pantanal, a inundação trazida pelas águas da chuva cria um habitat único, essencial para o surgimento de várias espécies de animais e plantas. No período de cheia, as águas dos rios invadem as planícies, proporcionado a troca de nutrientes importantes para manutenção da vida na região ”, finaliza o gestor ambiental.

 

Comentários Facebook
Propaganda

ecossistemas

Fotógrafo mexicano filma onça atacando jacaré no Pantanal de Mato Grosso; veja o vídeo

Publicados

em

O fotógrafo mexicano Diego Rodriguez filmou o ataque de uma onça-pintada a um jacaré durante uma expedição no Pantanal mato-grossense.

Veja vídeo:

Apesar de viajar o mundo registrando a vida selvagem, Rodriguez disse que foi a primeira vez que conseguiu gravar um ataque como esse.

Nas imagens, é possível ver a onça tentando levar o jacaré, ainda vivo, para a mata. O jacaré consegue escapar em determinado momento, mas é pego pelo felino novamente.

Segundo o fotógrafo, as imagens foram feitas nas margens do Rio Cuiabá, na região de Porto Jofre. A área é conhecida por ter a maior concentração de onças-pintadas do mundo. A reserva tem 108 mil hectares. Turistas do país e do exterior procuram o parque para ver as onças-pintadas, durante passeios de barco.

O melhor período para observar a onça é entre julho e final de setembro, período da seca. Nesses meses, as onças ficam mais próximas das margens dos rios em busca de água e caça, então, é mais fácil se deparar com o animal.

Em 2013 o fotógrafo americano Justin Black flagrou cena semelhante e publicou as seguintes fotos:

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana