esportes

Weverson do Sport da base assina o primeiro contrato profissional

Publicados

em


O meio-campista Weverson assinou o primeiro contrato profissional da carreira pelo o Sport. Pernambucano de Tamandaré, mas tendo passado os últimos anos residindo no Rio de Janeiro, o atleta foi captado do Independente de Macaé já na parte final de 2020 e se tornou peça importante no time do técnico Sued Lima. Participando efetivamente da campanha na Copa do Brasil Sub-17, onde o Leão chegou até as quartas de finais e no Campeonato Pernambucano da mesma categoria, que foi vencido pelo Maior do Nordeste de forma invicta. O contrato assinado é válido até dezembro de 2023.

Nascido em 2003, o volante de 17 anos possui boas características no meio-campo, podendo atuar tanto em uma linha mais baixa, protegendo a defesa, como também saindo mais, sendo um jogador de aproximação, com facilidade para ajudar na construção e pisar na área. Canhoto, com 1.86m, conseguiu convencer rápido e virou jogador praticamente insubstituível, tendo participado de quase todos os minutos na conquista do Estadual.

“Gostaria de agradecer ao Sport e aos meus familiares e amigos que sempre me apoiaram. Também agradecer a quem cuida da minha carreira e está comigo em todos os momentos. Assinar esse contrato profissional é uma honra imensa, espero poder dar muito orgulho e alegria a este grande clube”, disse Weverson, momentos depois de assinar o contrato.

Comentários Facebook
Propaganda

esportes

Chapecoense | Moisés Ribeiro retorna como titular após três anos fora dos gramados

Publicados

em


Após três longos anos fora dos gramados, Moisés Ribeiro iniciou a atual temporada como titular da Chapecoense. Sua última partida disputada aconteceu no dia 14 de fevereiro de 2018, no empate contra o Figueirense, válido pelo Campeonato Catarinense. Nesta segunda-feira (03), o volante participou da entrevista coletiva do dia.

Diante de tamanho tempo sem poder participar de um jogo oficial, Moisés destaca amor pelo clube e alegria imensurável em voltar a campo. “Muito feliz em voltar a vestir a camisa da Chapecoense, um clube me acolheu por todo esse tempo. Tenho um carinho e amor muito grande.

Quando entro em campo com essa camisa, me sinto em casa. Quando cheguei na Arena Condá contra o Joinville senti uma sensação muito boa. Lembrei daquele elenco de 2016, toda a história criada em todos esses anos. Quando entro em campo só lembro dos momentos felizes que tive aqui. Agradeço a torcida que tem me apoiado, me mandam mensagens de conforto. Não é fácil o que vivi nesse tempo. A sensação foi de felicidade e amor por vestir essa camisa”

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana