POLÍTICA NACIONAL

“Vou torcer para que aconteça o melhor na Câmara e no Senado”, diz Bolsonaro

Publicados

em


source
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)
Marcos Corrêa/PR

Bolsonaro elogiou pré-candidatos do MDB.

Nesta quinta-feira (17), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que não irá interferir nas eleições para as presidências da  Câmara dos Deputados e do Senado Federal . As informações foram dadas pelo Poder360 .

Durante a cerimônia de posse do ministro do Turismo , Gilson Machado , Bolsonaro elogiou três pré-candidatos à disputa pela presidência do Senado .

No momento em que ele mencionou um “trio maravilhoso” , a câmera da TV Brasil mostrou Eduardo Gomes (MDB-TO), Fernando Bezerra (MDB-PE) e Eduardo Braga (MDB-AM).

Gomes é líder do governo no Congresso, Bezerra é líder do governo no Senado e Braga é líder do MDB na Casa.

“Tenho certeza que esse trio maravilhoso, que está na minha frente, resolvendo a questão da mesa da Câmara e do Senado , vai ser bem resolvido “, afirmou Bolsonaro.

presidente também declarou que não deve interferir na corrida eleitoral. “Não vou interferir em lugar nenhum, não interfiro nos meus ministros, quem dirá no outro poder, mas vou torcer para que aconteça o melhor na Câmara e no Senado”, disse.

Bolsonaro ainda falou que espera que, com a nova gestão no Congresso , “as propostas do governo, uma vez analisadas pelo Parlamento, tenham seu curso, sejam colocadas em votação e a maioria decida o que é melhor”.

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

“Vou tomar por último, tem muita gente apavorada”, diz Bolsonaro sobre vacina

Publicados

em


source
Presidente Jair Bolsonaro
Foto: Agência Brasil

Presidente Jair Bolsonaro

Na sexta-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que não pretende tomar a vacina da Covid-19 agora. Em conversa com apoiadores que o esperavam em frente ao Palácio da Alvorada, o presidente justificou que a decisão é pelo fato de ter “muita gente apavorada” esperando pela vacina.

“O que acontece, tem muita gente apavorada aí aguardando a vacina, então deixa as pessoas tomarem na minha frente. Vou tomar por último. Eu acho que essa é uma atitude louvável. Porque tem gente que não sai de casa, está apavorado dentro de casa”, disse Bolsonaro. O presidente chegou a se queixar que a imprensa teria criticado a sua decisão de se vacinar por último. “Em vez da imprensa me elogiar, me critica”, afirmou.

Bolsonaro está apto a receber a vacina no Distrito Federal desde o dia 3 de abril. Antes, ele explicava que não ia se vacinar porque já teria contraído o vírus em julho do ano passado.

De acordo com dados do consórcio de veículos de imprensa da quinta-feira (15), 25.460.098 pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra a Covid-19. O número representa 12,02% da população brasileira. A segunda dose já foi aplicada em 8.558.567 pessoas (4,04% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana