BRASIL E MUNDO

Turista é atacado por crocodilo após achar que animal era de plástico; veja vídeo

Publicados

em

 

source
Vídeo: Turista é atacado por crocodilo após achar que animal era de plástico

Um turista acabou atacado em um parque temático em Cagayan de Oro (Filipinas) após se aproximar de um crocodilo de verdade acreditando que se tratava de uma cópia de plástico que servia apenas como enfeite em tamanho real.

Nehemias Chipada, de 68 anos, foi atacado pelo predador de 3 metros de comprimento após entrar num cercado para fazer uma selfie com a “escultura”. A família dele assistiu ao momento em que o crocodilo arrastou o turista para uma piscina, contou o “Daily Mail”. O incidente ocorreu em 10 de novembro.

Nehemias estava comemorando o seu aniversário com familiares.

Gritando por socorro, o filipino conseguiu se livrar sozinho do crocodilo, sendo atendido no local por uma equipe de emergência até a chegada de paramédicos. Um lençol foi enrolado no braço ferido para estancar o sangramento.

O ataque foi tão agressivo que um dente de 7 centímetros do réptil ficou cravada na carne do turista.

O braço esquerdo do turista no parque Amaya View ficou bastante ferido, tendo algumas fraturas. Ele também sofreu ferimento na mão direita e na coxa direita. Nehemias passou por várias cirurgias após ser levado a um hospital em Mindanao. A família do turista criticou a direção do parque por não alertar que havia um crocodilo de verdade no local.

A direção do parque aceitou pagar os custos médicos, mas negou negligência.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Deputado pede prisão de Anitta após público gritar contra Bolsonaro

Publicados

em


source
Filippe Poubel e Anitta
Reprodução

Filippe Poubel e Anitta

O deputado Filippe Poubel (PSL), fez publicação pedindo a prisão da cantora Anitta após público gritar contra o presidente Bolsonaro durante show. Segundo o parlamentar, a cantora cometeu “crimes contra a honra”. 

A apresentação aconteceu no último domingo (23), no Rio de Janeiro. Em determinado momento, os fãs puxaram um coro contra o presidente. Como resposta, a cantora afirmou que “a voz do povo é a voz de Deus”. 

Em publicação, o deputado acusou Anitta de calúnia, difamação e injúria. Poubel afirmou que a cantora deve ser presa com base nos artigos 138 a 145 do Código Penal. Veja a publicação: 

Mesmo com a acusão, a cantora não emitiu nenhuma manifestação que se enquadraria no caso mencionado pelo deputado.


Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana