Cuiabá

Vidal apresenta PL que define critérios de castração de cães e gatos em Cuiabá

Publicados

em


Câmara Municipal de Cuiabá

O vereador Sargento Vidal (Pros), apresentou nessa quinta-feira (04.02), durante a 1° sessão ordinária desta legislatura na Câmara de Cuiabá, um projeto de lei que define os critérios de castração de cães e gatos destinados ao controle de população de animais.

Segundo o vereador, com a lei aprovada, estará também resguardada a saúde pública da cidade, pois atualmente em Cuiabá, há milhares de cães e gatos que vivem nas ruas sem qualquer controle de natalidade e doenças como raiva e leishmaniose visceral canina.&nbsp

“Caberá a administração municipal através do Centro de Controle de Zoonoses e da Vigilância Sanitária proceder uma lista de atendimentos através de parcerias com universidades, ONGs, protetores independentes, bem como com a Diretoria do Bem-Estar Animal para que se abanque fim a crueldade e prática criminosa de abandono e extermínio de filhotes indesejados “, diz trecho do PL.&nbsp

Para não trazer malefícios financeiros ao município e as clínicas privadas, o vereador destacou que serão atendidas as ONGs, protetores independentes e pessoas de baixa renda previamente cadastrados e que comprovem a insuficiência financeira para realização das cirurgias.&nbsp

Com o intuito de dar uma maior celeridade na castração, o parlamentar sugere que sejam feitos mutirões periodicamente para castração de animais pertencentes a famílias carentes. E para isso, fica autorizada a busca por convênios e/ou parcerias entre o Poder Público e empresas públicas ou privadas.&nbsp

Vidal ressalta que as despesas decorrentes da lei não irá onerar os cofres públicos uma vez que serão utilizados os recursos destinados a Diretoria do Bem-Estar Animal.


Luana Valentim/Assessora de imprensa do vereador Sargento Vidal

Comentários Facebook
Propaganda

Cuiabá

Campanha ‘Cuiabá por Elas’ realiza doação de mil absorventes às reeducandas

Publicados

em


Matheus Pires

Clique para ampliar

A Secretária Municipal da Mulher, Luciana Zamproni, esteve na manhã desta quinta-feira (29) na Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, para a entrega de absorventes as reeducandas da unidade prisional. Os produtos de higiene foram arrecadados pela campanha “Cuiabá por elas”, idealizada pela primeira-dama do município, Marcia Pinheiro.

“Hoje temos 257 mulheres privadas de liberdade, muitas delas carentes, vindas de outros estados, sem o auxílio da família. Por isso só temos agradecer ao prefeito e a primeira-dama que nos fizeram essa grande doação”, declarou Gicelma Ferreira Silva, diretora do presídio.

De acordo com a Zamproni, a Pastoral Carcerária entrou em contato com a secretaria para informar que mais de um terço das reeducandas só tinham acesso a absorvente por meio de doações ou da assistência de familiares. Porém, a maioria delas não recebem visita de parentes, o que despertou a sensibilidade da gestão.

“As mulheres são esquecidas pelo próprio sistema que as trata como homens. A elas são oferecidos os mesmos auxílios que aos encarcerados do sexo masculino, ignorando a diferença de gênero e necessidades extras. Diante dessa realidade entregamos cerca de mil absorventes”, explica.

Uma das reeducadas agradeceu a secretária pela doação e declarou que este item é de extrema necessidade e importância para todas elas.

“Quero agradecer em nome de todas as reeducandas por esta doação. Como já falamos muitas de nós somos “forasteiras” viemos de outros estados e não recebemos ajudas dos nossos familiares. Muito obrigado por lembrarem da gente”, afirma.

Segundo a primeira-dama, este foi mais um passo que a gestão vem dando para com os mais necessitados. Ela destacou que a prefeitura de Cuiabá, preocupados com as mulheres reeducandas e sua reinserção social, assinou um termo de cooperação com Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços, onde 32 mulheres já estão prestando serviços.

“Futuramente queremos desenvolver um trabalho dentro do presídio para que essas mulheres entendam um pouco mais sobre as ações e políticas da Secretaria da Mulher, voltadas para o combate à violência de gênero e o empoderamento feminino”, explica.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana