Cuiabá

Vice-prefeita de Santo Antônio destaca trabalho desenvolvido pela Sala da Mulher da Câmara

Publicados

em


Câmara Municipal de Cuiabá

O presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Juca do Guaraná Filho (MDB) e sua noiva Amabilla Camargo receberam nesta terça-feira (26) a vice-prefeita de Santo Antônio do Leverger, Gisele Ribeiro (PDT) e a ex-secretária de Assistência Social, Regiane Gisele, esposa do presidente da Câmara do Município.

Acompanhados da coordenadora da Sala da Mulher, Thamires Rondon, as visitantes conheceram as ações e o espaço da Sala da Mulher Maria Nazareth Hahn, inaugurada em março de 2020, na Câmara de Cuiabá.

Amabilla Camargo destacou as ações a serem tratados de forma conjunta entre os municípios e se colocou à disposição da Sala de Mulher de Santo Antônio do Leverger.

“É uma honra receber a Sala da Mulher de Santo Antônio&nbspde Leverger. Acreditamos que será muito boa essa parceria com a Sala da Mulher de Cuiabá”, declarou Amabilla.

A vice-prefeita, Gisele Ribeiro afirmou que a visita tem objetivo de conhecer um pouco mais sobre os trabalhos da Sala e destacou a importância das ações para Cuiabá e para toda baixada cuiabana. &nbsp

“Queremos essa parceria com Cuiabá principalmente na defesa da mulher que sofre com a violência doméstica, queremos esse incentivo e principalmente apoio psicológico. A Casa da Mulher em Cuiabá é uma referência em ações que permitem as mulheres mudarem de vida e oportunizar um futuro melhore para seus filhos”, destacou Gisele.

Segundo a vice-prefeita, a principal defesa será o empoderamento das mulheres para que possam realizar cursos profissionalizantes e conquistarem independência financeira, principalmente das mulheres vítimas de violência doméstica.

“Chegou à vez das mulheres cuidarem de si. Nós já nascemos poderosas, só precisamos saber usar esse poder que temos! E chegou o momento! Em Santo Antônio somos duas mulheres, Francieli Magalhães como prefeita e Gisele Ribeiro como vice, e queremos passar isso para as mulheres, queremos dar essa força, esse apoio e toda união é bem-vinda!”, externou.

A esposa do presidente da Câmara, Regiane Gisele e convidou para inauguração da Sala da Mulher de Santo Antônio do Leverger, previsto para ocorrer no dia 8 de março, durante uma solenidade em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

“É uma satisfação ficar a frente da Sala da Mulher de Santo Antônio do Leverger. Temos aqui o espelho, que é da Sala da Mulher de Cuiabá. Com essa parceria com a Câmara de Cuiabá queremos levar ações para o nosso município, que é carente e precisa de ajuda. Tem muitas mulheres que não tem condições, que precisam de curso, não tem estudo, enfrentam dificuldades em atendimentos médicos, e diversos serviços para atendimento tanto idosos como das crianças”, encerrou.


Adriana Assunção – Secretaria de Comunicação

Comentários Facebook
Propaganda

Cuiabá

Comissões aprovam pareceres do projeto que adequa legislação da Jari

Publicados

em


Reprodução

O projeto de autoria do Poder Executivo que adequa a legislação municipal da Junta Administrativa de Recursos de Infração (Jari) teve parecer favorável aprovado pelos membros das Comissões de Trabalho, Administração, Serviços e Obras Públicas e Transporte, Urbanismo e Meio Ambiente.

A votação aconteceu durante as reuniões das comissões que ocorreram na manhã desta quarta-feira (14.04).

De acordo com a proposta, o Jari é um órgão de deliberação colegiada, com competência para julgamento dos recursos interpostos contra penalidades aplicadas pela autoridade de trânsito. A intenção do projeto é dar maior funcionalidade à Junta Administrativa, garantindo maior agilidade na tramitação dos processos em apreciação.
“A pretensão de unificação das JARIs é reafirmada na presente proposta, na intenção de otimizar a análise dos recursos interpostos pelos administrados, bem como permitir, com a nova composição do Colegiado a participação efetiva da representação de todas as entidades de classe, proporcionando mais segurança ao cidadão interessado, vez que garantirá que o seu processo será analisado com mais celeridade, imparcialidade e eficiência por membros devidamente capacitados para tanto”, diz trecho da mensagem do Executivo.


A Junta Administrativa de Recursos de Infrações é composta por 12 membros, sendo: um representante indicado pelo prefeito um representante da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB/MT um representante da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) um representante dos Agentes de Fiscalização de Trânsito e Transporte sete representantes das entidades representativas dos condutores de veículos no Município um representante indicado pela Câmara Municipal.

Uma emenda do vereador Demilson&nbspNogueira (PP) que retira a obrigatoriedade do indicado do prefeito ter bacharelado em direito foi aprovada. Segundo a proposta do parlamentar,&nbspo indicado terá que comprovar “ser detentor de nível superior, com diploma expedido por entidade reconhecida pelo MEC, de ilibada reputação, idoneidade moral e comprovado conhecimento de trânsito”.


A matéria segue análise e votação do plenário da Câmara.

CCJR

A CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) da Câmara Municipal de Cuiabá também se reuniu nesta quarta. A pauta de votação foi composta por oito proposituras, mas somente uma foi aprovada, as demais o líder do prefeito, vereador Mário Nadaf (PV), pediu vistas para efetuar “melhor análise” das questões propostas.

A propositura aprovada, por unanimidade, pela CCJR foi o Projeto de Resolução de autoria da Mesa Diretora da Casa, com relatoria do vereador Renivaldo Nascimento (PSDB), que “altera dispositivos da Resolução nº 035, de 24 de outubro de 2019”. Essa resolução trata da contratação de estagiários para trabalharem na Câmara.

Secom Câmara Municipal de Cuiabá

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana