nova mutum

Vereadores apresentam 6 Indicações em atenção a diversas áreas no retorno das atividades legislativas

Publicado


.

Foi realizada na manhã desta segunda-feira (03), a 23ª Sessão Ordinária. Na pauta do dia os vereadores apresentaram e defenderam 6 Indicações que visam garantir melhorias em diversas áreas. A sessão marcou o retorno das atividades legislativas após o recesso parlamentar.

Na área de segurança pública, o vereador José da Paixão, solicitou ao Executivo Municipal a instalação de câmeras de monitoramento no trecho que compreende o final da Avenida das Seriemas na saída para o rio Piquiri. Segundo Zé da Paixão, o objetivo é coibir a ação de infratores no descarte inadequado de lixo e promover maior segurança aos que transitam pelo local.

Em outra Indicação, Zé da Paixão pediu a revogação do Decreto 049/2020, que trata do reajuste do valor na tarifa de água, justificando a crise financeira provocada pela pandemia, que causou o desemprego em muitos lares.

Osmar Isoton apresentou a necessidade de implantar em Nova Mutum uma estação meteorológica. O vereador defendeu que os estudos dos dados meteorológicos poderão contribuir para o fortalecimento do agronegócio e para o desenvolvimento de novas tecnologias.

Outra das preocupações discutidas na sessão foi quanto ao pouco espaço no cemitério municipal, o que tem dificuldade até mesmo a locomoção das pessoas. O assunto foi levantado pelo vereador Romeu Belém, que sugeriu ao município realizar um estudo para viabilizar a verticalização dos túmulos visando amenizar o problema.

Alexandre Tavares e Altair Albuquerque, apresentaram a necessidade de instalar um Centro Integrado Materno Infantil. O objetivo é garantir as gestantes um local exclusivo, prevenindo contato com outras doenças, que ofereça todo atenção necessária a saúde da mãe e as orientações fundamentais nos primeiros meses de vida do bebê.

A valorização dos servidores da saúde e da assistência social que estão trabalhando no combate ao coronavírus, também foi proposta pelos vereadores Alexandre e Altair. Os parlamentares pedem que seja feita a implantação de um projeto de gratificação a estes profissionais pelos serviços prestados ao município, considerando a coragem e dedicação mesmo diante da exposição ao vírus.

As Indicações foram aprovadas pela Casa e seguiram para análise do Poder Executivo.

Em virtude da pandemia, as sessões estão sendo realizadas sem a presença do público, que pode acompanhar a reunião ao vivo pela por nossas redes sociais ou ainda pelo rádio.


TEXTO: SECOM|CMNM
FOTOS: SECOM|CMNM

Comentários Facebook
publicidade

nova mutum

Escola Militar Tiradentes de Nova Mutum Luta por nova sede

Publicado

O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL), visitou a Escola Estadual Militar Tiradentes Coronel Celso Barbosa, em Nova Mutum. Ele conheceu as instalações e as principais demandas da instituição com o 1° sargento da Polícia Militar, João da Silva Sobrinho. Atualmente, a unidade de ensino conta com 409 alunos matriculados.

A escola militar de Nova Mutum foi considerada a segunda melhor em notas obtidas pelos estudantes, em Mato Grosso, explica o sargento. Ele conta que o prédio da instituição é alugado pela prefeitura municipal e que aguardam a construção de um espaço melhor e amplo para oferecer um ambiente adequado para atender os professores e alunos.

“A prefeitura cedeu uma área de 8 mil m², com todos os documentos encaminhados ao governo do estado, para a construção da nova escola. Este prédio é alugado pela prefeitura. Na verdade, o espaço está apertado para nós. Aqui, antes, era uma escola particular. O ensino é de qualidade, temos até professores que tem doutorado. Com a parceira com o governo estadual, esperamos aumentar o atendimento para 1.200 alunos”, ressalta Sobrinho.

Instituição – Há três anos, a escola militar foi instalada no município e oferece educação de nível fundamental e médio. “Primeiramente, foi uma surpresa ver que o nome da escola é do coronel Celso Barbosa que tive a oportunidade de conhecer e que foi um grande guerreiro e, infelizmente, faleceu em um acidente. Essa escola é reconhecida pela excelência no ensino, mas, infelizmente, está faltando o espaço. Esperamos com brevidade essa parceria com o estado de Mato Grosso para construir uma nova sede”, disse o Delegado Claudinei.

O parlamentar destaca que sempre apoiou o ensino militar, pois prega a disciplina, respeito ao próximo e amor à pátria. “Ampliar as vagas e garantir um espaço adequado para acolher os professores e alunos será um grande ganho para a educação, pois a qualidade do ensino já sabemos que essa instituição já garantiu”, salienta Claudinei, que se comprometeu em fazer a devida articulação com as Secretarias de Estado de Educação (Seduc) e de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp).

A implantação de escolas militares Tiradentes envolve uma parceria entre as secretarias de Educação e Segurança Pública, por meio da Polícia Militar. Elas estão integradas à rede estadual de ensino e oferecem ensino gratuito. A metodologia é aplicada pela polícia militar que leva instruções militares, ensinamentos de disciplina, organização e patriotismo.

Decreto 

No início do ano, entrou em vigor o Decreto nº 9.665, de 2 de janeiro de 2020, que prevê o modelo cívico militar em escolas de todo o país. Essa lei, assinada pelo presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), permite que escolas estaduais e municipais possam aplicar modelos de educação já seguidos em colégios militares do Exército, da polícia e Corpo de Bombeiros.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana