Várzea Grande

Vereadora de Cuiabá conhece as ações de inclusão desenvolvidas em Várzea Grande

Publicados

em

 

A vereadora por Cuiabá, Michelly Alencar (DEM) visitou o Centro Municipal de Atendimento e Apoio à Inclusão “João Ribeiro Filho”,  na manhã desta segunda-feira, 29,  para conhecer o trabalho desenvolvido no órgão voltado a inclusão e a educação especial da Rede Municipal de Várzea Grande.

Recebida pelo secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Fidelis, juntamente com a superintendente Pedagógica, Luz Marina Coelho e pela coordenadora-geral do Centro, Benedita Loadir Pereira Leite, a vereadora acompanhou de perto um pouco da rotina dos estudantes e da equipe técnica composta por professores, psicólogos e fisioterapeutas.

O secretário Silvio Fidelis destacou que o Centro é referência em Mato Grosso com atividades para crianças que apresentam autismo, síndrome de Down, deficiência física, visual, auditiva, deficiência intelectual e outros transtornos de hiperatividade (TDH), transtorno de leitura e escrita (Dislexia) e transtorno de aprendizagem. Esses alunos recebem atendimento especializado nas áreas de psicologia, fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, serviço social e Psicomotricidade Aquática.

Fidelis observou que antes da pandemia, o centro atendia cerca de 450 alunos. Após as restrições impostas durante este período, os atendimentos do Centro João Ribeiro estão sendo retomados seguindo os protocolos de biossegurança e para o ano que vem existe a possibilidade da retomada gradativa das ações. “Durante o período mais crítico da pandemia, a estratégia adotada foi o programa de visitas agendadas às famílias dos alunos inclusos no sentido de levar o acolhimento para reforçar o vínculo entre estudantes e a equipe de profissionais do Centro”,  explicou.

Para 2022, a expectativa é a ampliação do atendimento para a educação especial através das salas de recursos multifuncionais que estão sendo instaladas em várias unidades educacionais da rede municipal de Várzea Grande.

A vereadora Michelly agradeceu o secretário Silvio Fidelis pela oportunidade da visita, parabenizou a equipe de profissionais do Centro João Ribeiro e disse que ficou impressionada com a estrutura, com a gestão e com as ações que são desenvolvidas para o acolhimento e inclusão dos alunos especiais da rede pública. “Vou sair daqui com o compromisso de fazer uma indicação ou um anteprojeto para que Cuiabá possa ter um local que atenda as crianças e adolescentes com tanta atenção, carinho e profissionalismo como este aqui em Várzea Grande. Vocês realmente estão de parabéns”,  declarou.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Várzea Grande

Inscrições para o curso de Microempreendedor Individual poderão ser feitas até o dia 2 de fevereiro

Publicados

em


A Secretária de Assistência Social, Ana Cristina Vieira, em reunião com a equipe técnica do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), resolveu ampliar o prazo de inscrições para o curso de Microempreendedor Individual que será realizado no município. O cadastro para a capacitação poderá agora ser feito até o dia 2 de fevereiro, em uma das unidades do Centro de Referência em Assistência Social – CRAS – dos bairros Cristo Rei, Santa Maria, Jardim Glória e São Mateus. Ao todo estão sendo oferecidas 260 vagas. 

“A procura pelo curso tem sido satisfatória, mas resolvemos estender o prazo para preencher as vagas existentes. O curso de Microempreendedor Individual é uma oportunidade para aqueles que pretendem se empreender no mercado de trabalho, em sua área de atuação, ou mesmo em outra que possibilite a sua independência financeira”, destacou Ana Cristina.

Ela lembrou ainda que o curso não terá nenhum custo para os alunos que irão receber todo o kit escolar, uniforme, material impresso, auxílio transporte e alimentação. Porém é necessário que o beneficiário esteja inscrito no Programa Auxilio Brasil (Bolsa Família), ser maior de idade e ter cursado o ensino fundamental. Para a efetivação da inscrição é necessária ainda a apresentação do comprovante de residência, dados bancários (cópia do cartão), certidão de nascimento, histórico escolar, RG, CPF, cartão NIS, cartão de vacinação e quitação militar (obrigatório para o sexo masculino).

A gestora disse ainda que em função da pandemia a equipe técnica da secretaria adotou algumas medidas para que o curso, que será realizado de forma presencial (sendo três encontros por semana), ocorra sem interrupção. “Todas as medidas de segurança serão adotadas, como a aferição da temperatura na entrada do local de aulas, distanciamento entre os participantes, bem como a obrigatoriedade do uso de álcool em gel e máscara de proteção”.

Os locais que serão realizados os cursos da IFMT já foram definidos de acordo com as regiões de abrangência dos CRAS.

Na região do Cristo Rei, foram definidos três pontos de atuação: Na Escola Municipal de Educação Básica – EMEB “Antônio Joaquim de Arruda”, localizada na Rua H1, quadra 17, bairro Jardim União. Na Escola Estadual ‘José Leite de Moraes’, localizada na Rua Professora Isabel Pinto. E na Escola Estadual ‘professor José Mendes Martins’, localizada na Rua João Lopes Macedo, Jardim Maringá.  

Na região da Santa Maria, as aulas acontecem na Escola Municipal de Educação Básica Antônio Salustiano Areia, localizado na Avenida Leôncio Lopes de Miranda, na região conhecida como Capela do Piçarrão.

Na região do Jardim Glória, as aulas serão realizadas na Escola Municipal de Educação Básica ‘Nair de Oliveira Corrêa’, localizada na Rua Francisco Monteiro, Mapim.

E na região do grande São Mateus, na Escola Municipal de Educação Básica ‘Abdala José de Almeida’, localizada nas Ruas das Palmeiras, S/N, Quadra 183.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana