Cuiabá

Veja os dados do painel Covid-19 deste sábado (1º)

Publicado


.

Neste sábado (1º), Cuiabá tem 11.686 casos confirmados de Covid-19 de residentes no município e 2.319 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Dos confirmados, 2.652 já estão recuperados da doença e houve 553 óbitos de residentes e 258 de não residentes.

Na rede hospitalar há 330 pacientes confirmados com Covid-19 internados, sendo 203 na UTI e 127 em enfermaria. Também estão internados 179 pacientes com suspeita da doença, sendo 79 na UTI e 100 em enfermaria. Do total de pessoas internadas em UTI, 172 são de residentes em Cuiabá e 110 de residentes de outros municípios. Do total de internados em enfermaria/isolamento, 170 pessoas são de Cuiabá e 57 de outros municípios.

Hoje Cuiabá registrou mais 8 óbitos, chegando a um total de 553 mortes. O prefeito Emanuel Pinheiro e o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho lamentam profundamente estes óbitos.

Segue abaixo a relação dos óbitos de residentes em Cuiabá:

-Mulher, 67 anos, internada em hospital público. Não tinha comorbidade. Foi a óbito em 01/08.

-Mulher, 61 anos, internada em hospital público. Tinha hipertensão e diabetes. Foi a óbito em 01/08.

-Homem, 77 anos, internado em hospital público. Tinha diabetes, problema cardiovascular e problema renal. Foi a óbito em 01/08.

-Homem, 65 anos, internado em hospital público. Tinha hipertensão. Foi a óbito em 01/08.

-Homem, 72 anos, internado em hospital público. Tinha hipertensão. Foi a óbito em 01/08.

-Mulher, 78 anos, internada em hospital privado. Tinha hipertensão. Foi a óbito em 31/07.

-Mulher, 66 anos, internada em hospital público. Tinha hipertensão. Foi a óbito em 01/08.

-Mulher, 92 anos, internada em hospital privado. Não tinha comorbidade. Foi a óbito em 24/07.

 

 

Comentários Facebook
publicidade

Cuiabá

A pedido do Ministério Público, Ordem Pública fiscaliza área verde no Distrito Industrial

Publicado


.

Na tarde desta quarta-feira (5), agentes de regulação e fiscalização da Secretaria Municipal de Ordem Pública estiveram na Rua I, bairro Distrito Industrial, verificando uma denúncia encaminhada pelo promotor de justiça Gerson Barbosa, da Promotoria de Justiça de Defesa Ambiental de Cuiabá, sobre poluição de uma área verde pertencente ao Município. 

No local, os fiscais constataram que as margens da via encontram-se poluídas com lixo jogado pelas pessoas, inclusive um para-choque de carro, e a vegetação encontra-se queimada, o que é crime ambiental, previsto na Lei federal nº 9.605, que estipula como sanções multa e/ou reclusão de 1 a 4 anos. O Código Sanitário da Capital também proíbe a utilização de terrenos como depósitos de lixo.

Apesar disso, não foi possível lavrar nenhum tipo de instrumento fiscal porque o autor das infrações não foi identificado. Por isso, o gerente de fiscalização Rafael Mestre destaca a importância da participação popular na identificação dos responsáveis por poluir o meio ambiente. “É de suma importância, para que a fiscalização possa identificar o infrator, indícios e pistas do infrator, por exemplo, a placa do veículo, do caminhão. Tirando a foto da placa e mandando pra gente, a gente consegue puxar quem é a empresa responsável, tanto a pessoa jurídica quanto física, para nós procedermos na ação fiscal”, explica. 

Denuncie

A população pode ajudar a fiscalização da Secretaria de Ordem Pública pelo Disque-denúncia (65) 3616–9614, que atende de segunda a sexta-feira, em horário comercial. Nos demais horários, finais de semana e feriado, as denúncias devem ser feitas pelo 190.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana