Várzea Grande

Várzea Grande será sede da XVIII Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECITECI) dará início nesta terça-feira (19.10) a XVIII Semana Nacional da Ciência e Tecnologia (SNCT). A abertura será realizada às 8h, no Centro Universitário de Várzea Grande (UNIVAG), e segue até o próximo dia 21 de outubro, podendo ser acompanhada de forma presencial ou também pelo endereço – www.tecmt.com.br.

O evento é realizado em parceria com o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI). Com o tema “A transversalidade da Ciência, Tecnologia e Inovações para o Planeta”, a Semana tem como foco principal a popularização das áreas junto à sociedade.

A abertura contará com a presença do secretário da SECITECI, Nilton Borgato, da coordenadora-geral de Popularização do Ministério de Ciência e Tecnologia (MCTI), Silvana Copceski, como também a presença de reitores, professores, alunos, empresas, gestores municipais, secretários, pesquisadores, entre outros participantes.

Na parceria, cada estado assume a coordenação local do evento, articulando estratégias eficientes para a aproximação do público alvo, instituições de ensino, alunos, gestores públicos e outros setores com potencial para agregar e difundir a ciência. O espaço também é utilizado para a divulgação cientifica de novos projetos, com linguagem acessível e o estimulo necessário para que toda a sociedade desperte o interesse pela ciência, reconhecendo inclusive, no cotidiano, a aplicação prática de soluções geradas para atender a população.

Outro ponto estratégico é a divulgação da contribuição dada pela ciência e tecnologia na redução das desigualdades sociais, no combate à pandemia da COVID-19, e sobre o impacto das novas tecnologias na promoção da qualidade de vida da população.

O evento também contará com atividades simultâneas, como o “Circuito Itinerante da Ciência de Mato Grosso – MT Ciências” (Carreta da Ciência), Maratona Teen, Hackathon SECITECI, Show de Ciência, Palestras, Jogos, Desafios, Oficinas, Vídeos Científicos, Exposição de Projetos selecionados da XIII Mostra Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, além de vitrines tecnológicas promovidas pelas instituições parceiras.

A XVIII Semana Nacional é uma realização do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), em parceria com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECITECI), e a participação de parceiros como a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Escolas Técnicas Estaduais, Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), a Secretaria de Estado de Educação (SEDUC), Secretaria de Estado de Esporte, Cultura e Lazer (SECEL), Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (FIEMT), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), Secretarias Municipais de Educação, Fundação de Amparo à Pesquisa de Mato Grosso (FAPEMAT) e Instituto FARMUN.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

Várzea Grande

Prefeitura quita novembro, adianta 13º e dezembro, e fecha ano com reajuste e reclassificação

Publicados

em

Depois de anunciar a injeção de mais de R$ 125 milhões na economia local com o pagamento de quatro folhas aos servidores municipais no último trimestre do ano, o prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, confirmou a antecipação do pagamento do 13º salário, que juntamente com o salário de dezembro, serão pagos nos dias 17 e 27 do próximo mês, respectivamente.

Prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat

Em um intervalo de cerca de 30 dias, R$ 100 milhões circularão na economia, impulsionando o varejo, a indústria e prestação de serviços na cidade. Além da folha de dezembro e do 13º, a prefeitura de Várzea Grande está pagando o salário de novembro, hoje dia 30.

“Estamos ‘furando’ nossa própria programação. O calendário elaborado pela equipe econômica previa a quitação do abono até o dia 19 e do salário até o dia 29. Felizmente, todo nosso esforço financeiro e fiscal tem surtido feito e permitido que ao longo do ano, nossos servidores recebam o que é de direito muito antes da virada do mês. Ainda que estejamos no pior momento da pandemia, sob o ponto de vista econômico, esse primeiro ano de gestão está sendo marcado pela dedicação de cada colaborador, pela confiança do cidadão e pelo nosso zelo com os recursos públicos”, declarou o gestor.

Kalil destacou ainda que todas as adversidades derivadas do momento pandêmico que ele herdou não impediram avanços históricos na cidade. “Tenho orgulho em dizer que nesse primeiro ano de mandato realizamos investimentos de R$ 500 milhões em infraestrutura, especialmente na ampliação do sistema de abastecimento de água e pavimentação asfáltica. Vamos pagar a reposição inflacionária aos nossos servidores, bem como, promover correções na elevação de nível e manter em dia o pagamento aos servidores. Esse esforço é justo, nossa cidade, nossa população e nossos servidores merecerem, pois eles (servidores) são a mão do Poder Executivo que leva saúde, segurança, social, educação e outros serviços para atender a população”.

A secretária de Gestão Fazendária, Lucineia dos Santos, frisa que a saúde financeira do Município permite não apenas o pagamento em dia – obrigação de qualquer gestor – bem como a concessão de 7% como forma de recomposição salarial (7%) e a Progressão de Enquadramento por Nível, que na prática coloca em dia o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), adicionando um diferencial ao salário-base dos servidores. “Tudo programado e dentro do que preconiza a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) que limita os gastos com salários e encargos de servidores públicos até o máximo de 60% das receitas”.

O secretário de Administração, Anderson Silva, pontuou que essas correções junto aos servidores municipais era uma demanda antiga e que tornou ainda mais latente com o Covid-19, por todos os seus desdobramentos e impactos sobre o poder de compra das famílias. “Acredito que o percentual da RGA, em 7%, deve ser um dos maiores do País. Poucas administrações públicas poderão arcar com um extra como esse no próximo ano, quiçá ainda, dentro deste mandato”.

O prefeito, como sempre frisa, “não vamos resolver todos os problemas da cidade”, faz questão de reforçar que vem cumprindo seu plano de governo proposto durante a campanha eleitoral de 2020, priorizando cada segmento da sua administração. “Se me perguntarem como avalio esse primeiro ano, vou dizer que foi extremamente desafiador e próspero ao mesmo tempo. Realizamos investimentos com visão estratégica e de longo prazo, estamos promovendo correções dentro do funcionalismo público, encaramos a maior campanha de vacinação da história com êxito e chamamos o desafio de solucionar o problema de abastecimento de água em Várzea Grande”.

Ao setor empresarial, além de poder contar com a gestão, Kalil diz que essa irrigação de recursos será contínua, com a priorização de salários. “Os empresários podem se preparar, se programar para receber o servidor municipal sempre antes da virada do mês. Essa injeção de recursos, especialmente nesse ano, será um grande impulsionador de vendas e vai contribuir para a busca de um fechamento de ano no azul para o varejo local”.

Várzea Grande contabiliza cerca de 7 mil servidores municipais, considerando a Administração Direta e suas autarquias, como PREVIVAG e DAE/VG.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana