Cuiabá

Vanderlúcio comemora inclusão de trabalhadores da limpeza na vacinação: “Ato de sensibilidade e humanização”

Publicados

em


Luiz Alves

Clique para ampliar

O diretor-presidente da Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb), Vanderlúcio Rodrigues, comemorou a inclusão dos trabalhadores da coleta de resíduos, catadores de recicláveis e da zeladoria urbana no cronograma de vacinação contra a Covid-19. Segundo ele, o ato lançado oficialmente nesta segunda-feira (03) demonstra toda a sensibilidade e humanização característica da gestão do prefeito Emanuel Pinheiro.

Conforme levantamento apresentado, somando todas essas categorias, mais de 700 profissionais serão imunizados nos próximos dias. A inclusão desses grupos nesta fase da vacinação foi um pedido pessoal da primeira-dama Márcia Pinheiro, considerando que são formados por pessoas em situação de vulnerabilidade e mais expostas à contaminação pelo novo coronavírus, devido às atividades que exercem.

“São pessoas que se arriscam diariamente em prol de uma cidade limpa, bonita e para fazer aquilo que poucos têm coragem para fazer. Uma cidade sem os serviços de limpeza se transforma em um verdadeiro caos, inclusive para a saúde pública. Por isso, nada mais justo que ter essa sensibilidade e humanização com esses heróis anônimos, que estão poupam esforço para manter nossa Cuiabá sempre bem cuidada”, comenta Rodrigues. 

Vanderlúcio destaca ainda que por serem considerados serviços essenciais, as ações de limpeza, coleta de resíduos e coleta de materiais recicláveis não foram suspensas em nenhum momento durante toda a pandemia. Nesse sentido, além do trabalho de orientação, a Limpurb forneceu para todos que atuam na área de zeladoria os materiais necessários para garantir a proteção contra o vírus.

“Essa foi uma das primeiras preocupações do prefeito Emanuel Pinheiro. A limpeza da cidade continuou em plena atividade durante toda a pandemia. Então, foi feito inicialmente um trabalho de orientação sobre os cuidados necessários a se tomar durante o desempenho das funções, somado com a distribuição de insumos como máscara, luva e álcool 70% para higienização”, pontua o diretor-presidente.

PEDIDO À POPULAÇÃO

Vanderlúcio aproveitou a oportunidade para pedir a colaboração da população com esses profissionais. Conforme lembrado por ele, cada cidadão também deve tomar os devidos cuidados com o descarte de lixo, para evitar que essas pessoas tenham contato com materiais contaminados. A medida é uma das formas de ajudar a garantir a segurança desses trabalhadores.

“O primeiro passo é evitar a todo custo o descarte de máscara e luvas de forma inadequada. Principalmente se a pessoa está infectada com a Covid-19, a recomendação é que se utilize dois sacos plásticos para armazenar e descartar seu lixo. Caso seja possível, também é importante identificar esse lixo com uma fita vermelha ou até por meio de escrita legível e visível. Essas pessoas estão trabalhando por nós. Então, não custa nada darmos nossa colaboração com eles”, pontua.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Cuiabá

Grupo de 50 a 54 anos com comorbidades começa a ser vacinado nesta quarta

Publicados

em

Pessoas de 50 a 54 anos com comorbidades que já estão cadastradas no site começarão a ser vacinadas a partir desta quarta-feira (12), em Cuiabá. A Secretaria Municipal de Saúde – SMS decidiu antecipar este grupo prioritário devido ao baixo número de cadastramentos do grupo de 55 a 59 anos com comorbidades no sistema.

De acordo com o diretor de TI da SMS, Gilmar Cardoso a quantidade de pessoas de 55 a 59 anos que se cadastraram no site está muito abaixo do esperado e, caso não diminua a faixa etária para comorbidades, muitas vagas para vacinação ficarão ociosas. “Temos cinco pontos de vacinação em Cuiabá, e uma capacidade para vacinar entre 4 e 5 mil pessoas por dia, mas a procura está baixa. Por isso vamos abrir a agenda para acelerarmos a imunização”, disse Cardoso.

Outro motivo desta antecipação é a vacina da Pfizer, que tem características peculiares e precisa ser aplicada de maneira mais célere. “As doses estão guardadas a -20 graus e ela pode ficar até 14 dias nessa temperatura. Após sair deste freezer ela pode ficar guardada entre 2 e 8 graus durante cinco dias. Estamos buscando diariamente apenas as doses para aplicação para cada dia, para evitar desperdício de vacinas. Precisamos usar cada remessa da Pfizer em até 14 dias, por isso foi preciso ampliar o grupo prioritário neste momento”, explicou a coordenadora da campanha de vacinação, Valéria de Oliveira.

ATENÇÃO: As pessoas que se cadastraram no site e que fazem parte dos grupos contemplados (50 a 59 com comorbidades, gestantes e puérperas a partir de 18 anos, Síndrome de Down a partir de 18 anos e pessoas com deficiências permanentes a partir de 50 anos) devem entrar no site da vacinação no período noturno e consultar o cadastro para verificar se a agenda está disponível. No dia da vacinação a pessoa deve levar o QR Code do agendamento impresso, juntamente com o laudo impresso OU a declaração de comorbidades assinada e carimbada pelo médico, pois estes documentos serão retidos no registro. Também é necessário levar um documento com foto e o comprovante de endereço de Cuiabá.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana