MULHER

Valentine’s Day: Veja como seria o romance ideal de cada signo

Publicados

em


source

João Bidu

Valentine’s Day: Veja como seria o romance ideal de cada signo
Redação João

Valentine’s Day: Veja como seria o romance ideal de cada signo

No dia de São Valentim, o amor estará no ar e muitos irão celebrar com a pessoa amada. Todo mundo quer arrumar um par para chamar de seu e para dividir as alegrias e tristezas da vida. A diferença é que cada signo irá demonstrar isso de maneiras diferentes, alguns gostam mais de um grudinho, enquanto outros não abrem mão da liberdade. Descubra a seguir o porquê desta data ser celebrada hoje e como cada signo se comporta no amor.

Entenda a comemoração do Valentine’s Day

No Brasil, o padroeiro dos namorados é o Santo Antônio, comemorado no dia 13 de junho. Mas no exterior é São Valentim que ficou famoso por celebrar casamentos de forma secreta, desafiando o imperador romano Cláudio II que proibiu a união de seus soldados porque acreditava que isso deixava eles mais fracos. Mas, como sabemos, o amor fortalece!

Entenda como são os signos no amor

Áries

A galera de Áries é fogo no parquinho. Quem é desse signo tem personalidade forte, é confiante e alto-astral, por isso, costuma atrair muitos crushs e não tem medo de chegar junto quando interessa. Além disso, Áries vive intensamente tudo o que faz e, quando se apaixona, se entrega para valer. O único problema é que pode se desapaixonar com a mesma facilidade assim que descobre o primeiro defeitinho do par. Sem paciência, né?

Aliás, para conquistar a vaga de crush supremo de Áries a pessoa precisa ser animada, dinâmica e decidida, porque quem é desse signo não quer ninguém sem opinião. E veja bem: Áries também não suporta gente carente e que fica pegando no pé o tempo inteiro, viu? Em resumo, os arianos gostam de uma relação com tempero.

Touro

Quando o assunto é amor, Touro é o ciúme em pessoa, mesmo que o par não dê motivos. Mas calma, tem pontos positivos: é um signo fiel, que gosta de relacionamentos sólidos e duradouros e faz tudo para agradar quem ama. Mas é claro que Touro precisa sentir segurança antes de entregar seu coração para alguém.

Esse signo procura quem lhe proporcione segurança emocional e queira dividir uma vida tranquila e com conforto material. Ah, o crush de Touro tem que ser bonito, pé no chão e discreto. Foge de gente impulsiva ou muito sonhadora. E Touro, tenho uma dica pra você: que tal fazer o seu Mapa do Amor personalizado? Com ele você consegue entender melhor sua personalidade e até arrumar um jeito de amenizar essa ciumeira toda. Vai te fazer um bem danado. 

Gêmeos

Para conquistar o coração de Gêmeos a pessoa tem que amar o seriado Friends. Não, pera. Talvez Friends não seja tão bom assim. Tem que amar Game of Thrones. Não, pera. Tem que assistir Faustão.

Ou seja, a pessoa que estiver ao seu lado tem que se acostumar com suas constantes mudanças de humor. Num momento você tá feliz da vida e no outro basta uma palavra mal colocada para você fechar a cara e não querer ver a pessoa nem pintada de ouro.

Por mais que você diga que não, mudar de ideia de uma hora pra outra é, sim, uma característica do seu signo. Mas, por outro lado, você tem uma capacidade imensa de resolver todos os problemas do romance no diálogo. Aliás, diálogo é a palavrinha mágica: antes de se entregar completamente, Gêmeos prefere uma boa sabatina por bate-papo até ter certeza de onde está pisando e se vale a pena. Para conquistar o coração de Gêmeos, o crush tem que ser alto-astral e bem desapegado. Gêmeos não curte gente controladora e nem suporta relacionamentos com muita cobrança.

Câncer

As pessoas desse signo procuram um amor para dividir as alegrias, tristezas, sucessos e fracassos da vida. Sabe aquele amor de cinema? Então, é isso mesmo que Câncer quer!

O problema é que nem todo mundo quer se comprometer assim, né? Algumas pessoas só estão a fim de diversão. E se um embuste desses cruza o caminho de Câncer, a pessoa deste signo já o transforma na razão da sua vida. Para dar certo, este signo precisa encontrar um par romântico, carinhoso e atencioso.

Leão

Diferente do que muita gente pensa, Leão é doidinho pra encontrar um amor para chamar de seu. E tem um motivo: eles gostam de serem paparicados e de receber muito carinho e atenção. Mas ó, tem contrapartida também. Leão gosta de demonstrar seus sentimentos, é um signo fiel e é capaz de tratar seu amor com requintes dignos de quem pertence à realeza.

Para viver bem ao lado de Leão, o crush precisa ser animado e ter um saco de paciência pra aguentar sua mania de mandar em tudo. Agora, se a pessoa terminar tudo, Leão vai engolir o choro, fingir demência e colocar o crush no limbo do seu coração pra sempre. Uma escorregada dessas não tem perdão, não!

Virgem

Quando o assunto é amor, Virgem é um signo desconfiado. Até se entregar de vez a uma relação vai tempo. Antes disso tudo, Virgem analisa cada palavra do crush e dá aquela stalkeada básica para tentar descobrir suas reais intenções; depois, mede as consequências de cada possibilidade. Isso porque tem medo de fracassar e de sair perdendo. Por isso, para ganhar o coração das pessoas deste signo, o crush precisa ser paciente e compreensivo. Ah, tem um fator importante: tem que gostar mesmo de você, porque tu és difícil, hein, Virgem!

Em contrapartida, quando embarca no romance, Virgem demonstra seu amor em pequenos gestos: perguntando como foi o dia do crush, fazendo aquela comida delicinha pra esperar o par depois de um dia cansativo, comprando aquele docinho que o love tanto ama.

Libra

Você viu?

Quando o assunto é amor, o libriano não economiza no romantismo. Capricha em surpresinhas românticas, mensagens apaixonadas e sua vida ganha motivação e entusiasmo, afinal, tem coisa melhor do que encontrar uma pessoa para compartilhar a vida, assistir um filminho debaixo da coberta, dividir uma panela de brigadeiro? Não tem, né?!

Mas ó, para se entregar de vez é fundamental você perceber que a pessoa sente o mesmo, porque você não é trouxa. O negócio é dar e receber amor.

Escorpião

Para um relacionamento dar certo com Escorpião, precisa de sexo. Quem é deste signo acha impossível que uma coisa seja uma coisa e outra coisa seja outra coisa. Ou seja, o relacionamento não sobrevive sem sexo. Mas ó, não é só nisso que Escorpião pensa, não. Quem é deste signo busca um crush sincero, compreensivo e confiável para se entregar de corpo e alma. Além disso, a pessoa tem de estar disposta a conviver com o ciúme de Escorpião, que vou confessar: é foda!

Se surge uma pontinha de dúvida em relação à fidelidade do par, Escorpião passa a vigiar os passos do crush, controlar os horários e se a traição se confirmar, planeja vingança, sim.

Sagitário

Sagitário tem ranço de gente controladora, possessiva e ciumenta. Ran-ço! Por isso, quando o assunto é amor, procura por um crush animado, festeiro, que não implique com seus amigos e que tenha muitos gatos para cuidar. Assim não vai ter tempo de ficar se preocupando o tempo inteiro com sua vida. Na real, Sagitário valoriza muito a sua liberdade. Por isso, acha que a confiança tem que ser a base da relação. Tá errado? Não tá.

E relações mornas também não têm vez com Sagitário, viu? As pessoas deste signo são desprendidas e não se submetem a relacionamentos por comodismo ou de fachada. Para vocês, é mais fácil terminar e assumir o amante.

Capricórnio

Caprica, ouvir eu te amo é bom, mas ouvir grana extra chega a arrepiar, né? É, amor é um assunto complicado para Capricórnio. As pessoas deste signo são tímidas, exigentes e precisam de muita segurança emocional. Por isso, custam a se apaixonar e, geralmente, preferem um crush conhecido. Sabe aquele amigo, aquela amiga que você já conhece, sabe que não vai dar palhaçada? Então, crush em potencial!

É que com vocês não tem essa história de perder o controle por causa do amor a ponto de beber a bicicleta, igual à música de Zé Neto e Cristiano! Cês sabem o quanto custa uma bicicleta. Mas ó, pra ganhar o coração de caprica a pessoa não pode ser submissa, não! Precisa ser sincera, batalhadora, responsável e ter ideais parecidos com os seus para que construam um futuro juntos. 

Aquário

É, Aquário… Quando o assunto é amor, você tem a fama de não ter coração, né? Mas isso acontece porque seu signo é muito racional e não consegue lidar bem com suas emoções. Mas Aquário tem coração, sim! E quando se apaixona, entrega-se completamente ao romance. Porém, a liberdade continua sendo fundamental. Crush ciumento, pegajoso e inseguro não tem vez com você.

Agora, se você é de Aquário e tem dificuldade de encontrar um par porque é muito racional e tem muita dificuldade para lidar com suas emoções, o ideal é fazer o seu mapa astral e entender um pouco mais sobre você quando o assunto é sentimento.

Peixes

Esse signo é um apaixonado nato e amar e ser amado é sua meta de vida! Quando encontra um crush pra chamar de seu, você pode até mesmo abrir mão dos seus sonhos para levar uma vida tranquila ao lado dele. E você curte aquele amor grudinho, meladinho, de ficar junto o tempo inteiro, de fazer tudo ao lado da pessoa amada. Se for alguém disposto a te dar provas de amor, então já conquista o coração dos piscianos.

+Inscreva-se no Clube João Bidu e receba conteúdo exclusivo! Basta baixar o app do Telegram no seu celular e entrar neste Link !

Simpatia para São Valentim

Escreva a seguinte prece em um papel cor-de-rosa, com caneta vermelha: “São Valentim, patrono do amor, lance seus olhos bondosos sobre mim. Impeça que maldições e heranças emocionais de meus ascendentes e erros que tenha cometido no passado perturbem minha vida afetiva. Desejo ser feliz e fazer as pessoas felizes. Ajude-me a entrar em sintonia com minha alma gêmea e que possamos desfrutar do amor, abençoados pela Providência Divina. Peço a tua intercessão poderosa junto a Deus e Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém”. 

Depois, dobre o papel e escreva nele o seu nome e o do par, mas, se estiver em busca de um amor, escreva seu nome e “alma gêmea”. Guarde o papel na sua bolsa ou carteira.

LEIA TAMBÉM:

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Propaganda

MULHER

“Elas se protegem”, diz mãe de gêmeas, uma delas com Síndrome de Down

Publicados

em


source
Renata Pinheiro e as filhas: Marina e Marcela
Reprodução/Instagram

Renata Pinheiro e as filhas: Marina e Marcela

Como muitas  mulheres , a dentista Renata Pinheiro, sonhava em ter filhos. Ela  engravidou aos 34 anos e teve uma bela surpresa: ao invés de um, eram dois bebês. “Nos exames de pré-natal eu e o meu marido descobrimos que seriam bivitelinos, pois elas tinham peso e tamanho diferentes.

Foi uma surpresa, uma alegria, mas também veio o medo de ser difícil financeiramente e de cuidar de duas crianças ao mesmo tempo”, conta. No nascimento, outra descoberta: Marina tinha Síndrome de Down e Marcela não. “No começo foi muito turbulento. Eu, mãe de primeira viagem, de duas meninas e cada uma com características individuais, me assustou”, diz.

Renata conta que ter uma filha com Síndrome de Down a fez descobrir toda uma área de conhecimento. “Aprendi sobre os direitos que estão na Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, fiz cursos e participo de palestras. Mas os fatos que vivenciamos na rotina é que nos ensinam e nos fortalecem”, conta.

Além de buscar informação por conta própria, ela conta que também encontra apoio para em grupos de mães e famílias com crianças com a mesma condição. “Faço parte de grupos de mães que vivem realidades parecidas e é muito bom. A sociedade precisa se preparar, tanto no aspecto físico e estrutural quando no pessoal. As pessoas com deficiência estão aí e têm o direito de estarem em todos os lugares”, afirma.

Essa rede de apoio, somada ao acolhimento que recebe de sua família, foram fundamentais para que ela soubesse lidar com situações de preconceito envolvendo a filha. “Já tive matrícula recusada em escola particular e na escola de natação da cidade. Nesse período eu era imatura frente a discriminação, mas hoje sei reinvidicar e lutar pelos direitos dela”, conta Renata, que já venceu um processo contra uma empresa de recreação por discriminação. 

“Infelizmente sei que novos absurdos podem acontecer, porém, eu tenho que prepará-la para a sociedade. A sociedade que não está preparada para ela”, diz. 

Você viu?






Mesmo com as diferenças, a criação das duas é a mesma. A única diferença é que Marina faz acompanhamento com uma fonoaudióloga e psicopedagoga. “Para as duas, mantemos a mesma rotina, exigimos disciplina e buscamos que sejam educadas dentro dos nossos critérios. As duas fazem as mesmas atividades, só isso que difere mesmo”, conta.

Felizmente, o preconceito não abala as relações familiares e a amizade entre as irmãs Marina e Marcela, hoje com oito anos. “As duas são muito companheiras. Estão na fase de ‘ranhetice’, mas elas se protegem. Uma briga com a outra, mas não venha ninguém falar ou brigar com uma que a outra a defende”, conta. 

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana