BRASIL E MUNDO

Urso invade carro estacionado em busca de comida nos EUA; veja o vídeo

Publicados

em

 

 

source
Urso invadiu carro para roubar comida
Montagem iG / Reprodução Youtube Dogtooth Media

Urso invadiu carro para roubar comida

Um  urso faminto abriu a porta de um carro estacionado e invadiu o veículo em busca de comida, no estado do Tennessee, nos EUA.

A situação foi filmada por Michael Turpin, de 49 anos, e sua namorada Kaitlin Blackburn, de 48, que estavam de férias na região quando viram as tentativas de roubo. Os dois flagraram o momento em que o animal abriu a porta do veículo e pulou no banco para procurar qualquer rastro de alimento.

Enquanto registravam a ação, os espectadores tentaram gritar para espantar o urso, mas a tática não funcionou.

Depois de sair do carro com as mãos vazias, Michael e Kaitlin ainda registraram o animal tentando fazer o mesmo com os outros veículos que estavam estacionados no local.

Leia Também

De acordo com Michael, o  urso  voltou cinco horas depois e conseguiu roubar uma lancheira de um caminhão, antes de ir embora para uma pequena montanha próxima.

“Ficamos realmente chocados ao ver tudo isso acontecer. Isso apenas mostra como esses animais realmente são inteligentes”, contou Michael à agência Dogtooth Media .

Assista ao vídeo:

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Mais seis aeroportos são concedidos e auxiliarão a retomada do turismo no país

Publicados

em


Nesta quarta-feira (20/10), o Governo Federal concedeu à iniciativa privada seis aeroportos brasileiros, o que deve auxiliar a retomada do setor de turismo nas principais regiões do país no período pós covid-19. A partir de agora, os terminais de Goiânia (GO), Palmas (TO), São Luís (MA), Imperatriz (MA), Teresina (PI) e Petrolina (PE), hoje administrados pela Infraero, serão geridos pelo grupo CCR, que já opera no aeroporto de Belo Horizonte, por meio da BH Airport. Com a iniciativa, os terminais receberão investimentos na ordem de R$ 1,8 bilhão.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, ressaltou a importância desta iniciativa para todo o setor turístico, que foi um dos mais afetados durante a crise sanitária. “Com esta transferência, os passageiros e as empresas aéreas terão à disposição aeroportos uma infraestrutura cada vez melhor, mais confortável e mais integrada”, destacou.

A partir de agora, a empresa administradora dos terminais deverá realizar ações como a revisão e melhoria das condições de infraestrutura, a revitalização das sinalizações de informação e a disponibilização de internet wi-fi gratuita. Além disso, o contrato prevê que nos próximos 36 meses deverão ser realizadas adequações de infraestrutura para que o aeroporto esteja habilitado a operar, no mínimo, com uma pista de aproximação de não-precisão; disponibilizar pátio de aeronaves que atenda às especificações contratuais e adequar a capacidade de processamento de passageiros e bagagens no aeroporto.

Os seis aeroportos que fazem parte do Bloco Central transportaram cerca de 7,3 milhões de passageiros em 2019, segundo a Infraero. A previsão é de que a movimentação de passageiros aumente em 30% no primeiro ano de concessão (9,5 mi), podendo chegar a 208% de alta ao longo dos 30 anos (22,5 mi), período em que valerá a concessão dos seis terminais.

TURISMO – Com a concessão dos terminais do Bloco Central, os turistas que visitarem atrativos como o Jalapão (TO), Lençóis Maranhenses (MA) e o Delta do Parnaíba (PI) contarão com nova infraestrutura e conforto em seus deslocamentos. Além disso, os aeroportos servirão como base de apoio aos municípios vizinhos, contribuindo para a integração regional e nacional.

Em abril, o Governo Federal leiloou 22 terminais aéreos agrupados em três blocos: Central, Norte e Sul. Com isso, ficaram garantidos os investimentos de R$ 6,1 bilhões, sendo R$ 2,85 bilhões no bloco Sul, R$ 1,8 bilhão no Central e R$ 1,48 bilhão no Norte. A arrecadação total em outorgas chegou a R$ 3,3 bilhões.

Com informações do Ministério do Turismo

Fonte: Brasil.gov

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana