mato grosso

Unemat retoma de forma remota discussões para implantar Política de Comunicação

Publicado

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) retoma, de forma remota, as discussões para implantação da Política de Comunicação da Instituição nos dias 24 e 25 de setembro com a realização da Etapa 3.

As comunidades interna e externa da Universidade podem, desde já, se interar sobre o assunto e interagir com a Comissão de Elaboração da Política de Comunicação, por meio do portal da Unemat e do email [email protected].

Em 2019, foram disponibilizados no hotsite para conhecimento e contribuições da comunidade acadêmica seis temáticas que foram discutidas entre gestores, profissionais de comunicação, servidores da Unemat e o jornalista, professor e pesquisador, consultor Wilson da Costa Bueno, da Comtexto Comunicação e Pesquisa, durante as Etapas 1 e 2 da elaboração da Política de Comunicação da Universidade.

Na Etapa 3 serão trabalhadas as temáticas: A Comunicação com os públicos externos (geral) e canais de relacionamento para esta interação; As estratégias de relacionamento com a mídia,  A Comunicação da Unemat nas mídias sociais e A comunicação em situações de crise.

As temáticas estão disponíveis no hotsite como Capítulos:

A comunicação interna da Unemat e seus canais de relacionamento;

A divulgação da pesquisa da Unemat;

A gestão da marca da Unemat;

A realização e promoção de eventos;

Comunicação e extensão na Unemat;

Os públicos estratégicos da Unemat.

Política de Comunicação

A construção da Política de Comunicação da Unemat é uma demanda da comunidade acadêmica e dos profissionais técnicos do Setor de Comunicação da Instituição, em Cáceres. A Unemat publicou, em março de 2018, o Relatório Final do 3° Congresso Universitário com proposições a melhorar a Comunicação da Instituição com seus públicos. A proposição é um amadurecimento do entendimento do papel estratégico desempenhado pela Comunicação em uma organização.

A construção da Política de Comunicação entendendo a Comunicação como uma atividade efetivamente estratégica de inteligência organizacional e não somente operacional é uma necessidade crescente na Unemat que, atualmente, está presente em 34 municípios de Mato Grosso, atende mais de 20 mil alunos e possui mais de 2.200 servidores.

A Política de Comunicação Institucional visa balizar os processos de construção de comunicação, fomentando a cultura organizacional de repasse de informações e a correta utilização das ferramentas de comunicação estabelecidas, viabilizando o processo de comunicação contínua e definindo uma forma de funcionamento integrado das ferramentas de comunicação. É, portanto, imprescindível criar diretriz única, que exiba valores e conceitos compartilhados por toda a organização. Assim, a comunicação passa a ser estratégica quando busca satisfazer as demandas, necessidades e expectativas dos públicos-alvo, em consonância com sua missão e valores.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

mato grosso

Seplag promove ações de cuidado à saúde física e mental dos servidores durante a pandemia

Publicado


Seja pelo medo de ficar doente, de perder alguém ou mesmo pela ansiedade provocada pelo longo período em isolamento, não há quem não sinta no corpo e na mente algum efeito da pandemia. Pensando nisso, a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) tem disponibilizado videoaulas de ginástica laboral e treino funcional, lives de meditação e áudios de apoio psicológico para manter a qualidade de vida e conforto emocional dos servidores públicos.  

Desde abril deste ano, a Seplag passou a utilizar o seu canal no Youtube para divulgar as videoaulas de ginástica laboral e treino funcional, com exercícios de fácil execução que podem ser realizados de qualquer lugar e por qualquer pessoa, seja servidor ou não. As aulas são elaboradas por um educador físico, servidor da Secretaria, e já receberam mais de seis mil visualizações.

Já as lives de meditação, projeto intitulado “Cinco minutos de mindfulness: A arte de acalmar a mente”, objetivam contribuir para a promoção do bem-estar biopsicossocial dos servidores. As transmissões ocorrem sempre as segundas-feiras, às 10h45, e também estão com acesso público no YouTube da pasta.

Outra ação que passou a ser realizada após a determinação do isolamento social foi o envio de áudios de apoio psicológico, por e-mail e grupos de WhatsApp. As gravações são feitas por psicólogos e assistentes sociais da Secretaria e baseadas nos relatos de angústia e ansiedade dos próprios servidores. Por meio delas chegam orientações e mensagens de apoio emocional sobre espiritualidade, cuidados com o corpo e a mente, entre outros temas, no intuito de ajudá-los a lidar melhor com os novos acontecimentos.  

“A valorização do servidor é algo muito sério para esta gestão. O Governo não tem envidado esforços para cuidar de seus servidores, componente fundamental da gestão pública eficiente”, destacou o titular da Seplag, Basílio Bezerra.

“Nesse momento de adversidades, estamos ainda mais dispostos a ouvir, discutir e traçar em conjunto os melhores caminhos para que se chegue ao objetivo comum, que é manter e melhorar cada vez mais a prestação de serviços à sociedade”, completou Basílio.

Tanto os áudios como as videoaulas e as lives são iniciativas da Coordenadoria de Segurança e Saúde no Trabalho da área Sistêmica (CSST/Seplag), que se somam a outras ações fomentadas pela Secretaria – órgão central de gestão de pessoas no Estado -, para reduzir o impacto da pandemia da Covid-19 no emocional dos servidores e auxiliá-los a atravessar esse período com equilíbrio, assim como diz o ditado “mente sã, corpo são” e vice-versa.

Segundo a psicóloga e coordenadora do CSST, Katya Rodrigues, houve um aumento no número de relatos de angústia entre os servidores em consequência do distanciamento social. “As mudanças que ocorreram de forma abrupta na vida de todos nós foram apontadas como causadoras da ansiedade, estresse e em alguns casos de sintomas depressivos”, pontuou.

Conforme o educador físico Valdecarlos Santos, responsável pelos conteúdos de meditação, ginástica laboral e treino funcional, a adesão à atividade física ajuda na manutenção e melhora da saúde física e mental. “Além de prevenir doenças, promove uma atenção maior ao autocuidado com a alimentação, ocupa o tempo positivamente gerando benefícios à saúde mental, que tem sido abalada nesse período de pandemia”, recomenda o profissional.

Para o coordenador de Saúde no Trabalho e Qualidade de Vida da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), Daniel Araújo, cuidados com a saúde do corpo e da mente são indispensáveis. “Hoje não são mais assuntos tratados em separados, e, na atual conjuntura em que estamos, utilizar ferramentas disponíveis de vídeo e áudio na internet, gratuitas, permitem que a mensagem chegue até as localidades mais distantes. Isso representa o novo tipo de cuidado com o bem-estar do servidor público que administração vem incentivando”, elogiou Daniel.

De acordo com as orientações do educador físico, os treinos funcionais devem ser realizados de duas a três vezes por dia. Já a ginástica laboral deve ser feita durante o horário que o servidor estiver desempenhando suas atividades laborais, seja na secretaria ou em casa durante o teletrabalho. Por sua vez, os cinco minutos de prática de meditação devem ser encaixados em qualquer momento ao longo do dia.

Clique AQUI e acompanhe as ações da Seplag-MT no Youtube.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana