TECNOLOGIA

Twitter vai ficar mais parecido com o Facebook, mostra vazamento; veja

Publicados

em


source
Twitter vai ficar mais parecido com o Facebook
Unsplash

Twitter vai ficar mais parecido com o Facebook

Você quer novidades nas redes sociais para mudar ainda mais a sua interatividade? Possivelmente o Twitter pode tornar as fotos um pouquinho mais largas no celular no aplicativo .

A famosa detetive de tecnologia Jane Manchun Wong revelou que o Twitter parece estar desenvolvendo um novo layout de linha do tempo para seu aplicativo móvel. O formato atual proporciona para as imagens uma margem em torno delas, enquanto o novo layout tornará as imagens grandes o suficiente para chegar às bordas da tela do telefone.

A imagem de Wong mostra uma das possíveis mudanças e indica que as imagens dos perfis dos usuários serão reposicionadas de uma nova maneira. Ao invés de aparecer ao lado do texto de um tuíte, as imagens do perfil aparecerão acima dele, ao lado do nome do perfil e do nome de usuário.

Você viu?

Wong notou que os tuítes de resposta não parecem ser afetados pela mudança de design, já que inclui uma linha cinza ainda ligando um tuíte ao outro. Ainda assim, isso pode mudar facilmente.

O redesenho do Twitter está em desenvolvimento e não há qualquer garantia de que será lançado em breve ou até se é que será lançado.

O CEO,  Jack Dorsey , respondeu ao tuíte de Wong e comentou que a mudança é “muito melhor”, dando ainda mais crédito para a sua engenharia. Wong também revelou anteriormente detalhes do serviço de assinatura do app antes mesmo de ser anunciado.

Comentários Facebook
Propaganda

TECNOLOGIA

Apple Store atualiza regras de pagamento; veja o que muda

Publicados

em


source
Acordo judicial permite que desenvolveres entrem em contato direto com o consumidor, mas não resolve disputa com Epic Game
Bruno Gall De Blasi

Acordo judicial permite que desenvolveres entrem em contato direto com o consumidor, mas não resolve disputa com Epic Game

A Apple atualizou as regras da App Store para permitir que os desenvolvedores entrem em contato direto com os usuários para pagamentos, trata-se de um acordo judicial com as empresas que questionavam o controle da gigante americana sobre a loja.

Na primeira semana de outubro, a Apple disse pretendia adiar a implementação das mudanças mais significativas no modelo de negócio da App Store desde o começo das atividades, em 2008. Isto porque, a revisão, no centro do debate sobre o funcionamento da big tech , pode custar à empresa bilhões de dólares anualmente.

Com as novas regras, os desenvolvedores agora podem contatar os consumidores diretamente sobre métodos de pagamento alternativos, contornando a comissão de 15% ou 30% da Apple.

Eles poderão pedir aos usuários informações básicas, como nomes e endereços de e-mail, “desde que essa solicitação seja opcional”, informou a fabricante do iPhone.

A Apple propôs as mudança, em agosto, em um acordo judicial com pequenos desenvolvedores de aplicativos.

Mas é improvável que a concessão satisfaça empresas como a Epic Games, desenvolvedora do “Fortnite”, com quem a Apple tem uma disputa de longa data sobre sua política de pagamento.

Leia Também

A Epic abriu um processo com o objetivo de quebrar o controle da Apple sobre a App Store, acusando a empresa de operar um monopólio em sua loja de bens e serviços digitais.

Em setembro, um juiz ordenou que a Apple afrouxasse o controle das opções de pagamento na App Store, mas concluiu que a Epic não poderia provar violações antitruste.

Ambas as partes interpuseram recursos.

Para a Epic e outros desenvolvedores, a capacidade de redirecionar os usuários para um método de pagamento fora do aplicativo não é suficiente – eles querem que os jogadores possam pagar diretamente sem sair do jogo.

A Apple também enfrenta investigações nos Estados Unidos e na Europa por alegações de abuso de posição dominante.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana