BRASIL E MUNDO

Trump indica juíza católica e anti-aborto para a Suprema Corte

Publicado


source

Crusoé

eua
Olivier Douliery/Getty Images

Donald Trump anuncia sua indicada à Suprema Corte, Amy Coney Barrett, na Casa Branca


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump , indicou, neste sábado, 26, a juíza Amy Coney Barrett (foto) para ocupar a vaga de  Ruth Bader Ginsburg na Suprema Corte .


Amy foi assistente do ministro da Suprema Corte Antonin Scalia, que morreu em 2016. No ano seguinte, Trump a indicou para um tribunal de apelação em Chicago, onde ela trabalhou nos últimos três anos.

Católica praticante, Amy é contra o aborto , o que foi um dos motivos pelo qual Trump a escolheu. Nos últimos anos, Amy tem declarado que o precedente firmado pela Suprema Corte em 1973 deve ser respeitado.

Nesse ano, o tribunal analisou o caso Roe contra Wade e entendeu que o aborto é uma questão privada entre a mulher e o seu médico. Na prática, a decisão acabou liberando a prática no país.

Mas Amy entende que é possível mudar algumas decisões em relação às restrições contra clínicas que fazem abortos. “Não acho que o cerne do caso Roe contra Wade, de que as mulheres têm direito ao aborto, poderá mudar”, disse ela em um debate na Universidade de Jacksonville, em 2016. “Mas acho que a questão se as pessoas podem fazer abortos tardios ou quantas restrições podem ser impostas às clínicas, acho que isso pode mudar.”

A juíza e seu marido, Jesse Barret, têm sete filhos , incluindo dois que foram adotados do Haiti e um com síndrome de Down. Com 48 anos, ela pratica crossfit e, se for aprovada pelo Senado, será a integrante mais nova da corte.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
publicidade

BRASIL E MUNDO

Apesar da pandemia, estreia de anime atrai milhões de japoneses ao cinema

Publicado


source
Recorde de bilheteria em cinemas no Japão
Reprodução/Shopping Praiamar

Recorde de bilheteria em cinemas no Japão

A estreia de “Demon Slayer: Kimetsu no Yaba the Movie: Infinite Train” , filme lançado na última sexta(16) no Japão registrou recordes de bilheteria de cinema no país.

3,4 milhões de pessoas , que representam 3% de toda a população do país asiático foram aos cinemas no último fim de semana para assistir a animação, que conta a história de um jovem que se torna um lutador que caça demônios, baseado em um mangá (quadrinhos de origem japonesa) muito popular no Japão.

No início da pandemia, as salas de cinema ficaram fechadas , mas aos poucos foram reabertas com a retirada de restrições, e apesar dos registros de infecção estarem estáveis na casa das centenas, os estabelecimentos estão abertos com metade de sua capacidade total.

O país nipônico já registrou 93.933 casos do novo coronavírus (Sars-Cov-2) e 1.679 mortes . Na última terça(20), foram 353 novos casos e 2 mortes .


Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana