POLÍCIA

Trabalho integrado encontra armas de fogo em áreas degradadas em Chapada dos Guimarães

Publicado


.

Equipes do Batalhão Ambiental, da Delegacia Especializada de Meio Ambiente e Politec apreenderam nesta quarta-feira (22.07), armas de fogo e material de pesca predatória em duas propriedades particulares nas margens do Lago de Manso, em Chapada dos Guimarães (a 67 km de Cuiabá). Na ação, os agentes observaram que as áreas foram degradadas.

As denúncias descreviam que pessoas estariam loteamento as áreas que são de  preservação permanente. No local, os agentes confirmaram a informação.

Em uma das propriedades, os agentes encontraram um barraco improvisado, com duas espingardas artesanais, uma de pressão e uma rede de pesca.

Na segunda área, a denúncia foi feita pelo proprietário que alegou que sua fazenda foi invadida. No local também tinha um barraco e armas de fogo. Várias árvores foram derrubadas e sinal de queimada. O dono alegou ter ouvido disparos de arma de fogo. 

Nas duas propriedades, nenhuma pessoa foi localizada.

Diante da situação, as armas, munições e a rede foram apreendidas pelo Batalhão Ambiental. Referente à área devastada, a Dema junto com a Politec irão analisar via software específico e mensurar a devastação para emitir o auto de infração, relatório técnico, além de identificar os autores.

Na ação foram apreendidos 22 munições de calibre 22, seis cartuchos de calibre 20, uma espingarda cano duplo para calibres 20 e 22, uma espingarda artesanal,  uma espingarda de pressão modificada para calibre 22, um revólver calibres 22 de fabricação caseira e um pote com pólvora.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
publicidade

POLÍCIA

Policiais encontram drogas com sete homens em bairros de Várzea Grande

Publicado


Policiais militares de Várzea Grande prenderam nesta segunda-feira (18.01), sete homens por tráfico de droga durante rondas em quatro bairros da cidade.

Duas ocorrências foram atendidas pela equipe do 25º BPM. A primeira, no bairro Construmat, durante rondas e os policiais perceberam que três homens em um veículo Fiat Pálio ficaram nervosos com a presença da viatura. Devido à atitude, foram iniciados os procedimentos de abordagem e vistoria no carro e encontrado porções de maconha e cocaína. Nenhum dos homens assumiu ser dono da droga. Já na delegacia, um deles confessou que o entorpecente seria seu.

No Bairro Parque São João, um homem foi abordado na rua e os policiais localizaram em seu bolso porões de maconha. Os militares foram ate sua casa e mais porções da mesma droga foram encontradas. O suspeito disse que vende entorpecente na região.

 No bairro Jacarandá, os policiais do 4º BPM prenderam dois homens com 23 porções de maconha, uma balança, dinheiro e uma máscara de palhaço. A dupla saia de uma casa conhecida por ser ponto de tráfico de droga, em uma motocicleta. Tentaram fugir, mas foram rendidos. Parte da droga estava na casa de um dos suspeitos.

No bairro Canelas, os militares da 3ª Companhia do 4º BPM pararam um motociclista que conduzia uma Honda Biz vermelha. No baú do veículo estava várias porções de maconha em tamanhos diferentes. O homem contou ter sido contratado por uma mulher para fazer a entrega da droga e receberia R$ 200 pelo serviço. A moto foi apreendida por estar com o lacre rompido.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana