BRASIL E MUNDO

Tóquio registra hoje 337 novos casos de coronavírus

Publicados

em


O governo de Tóquio confirmou 337 novos casos de coronavírus na capital japonesa neste sábado (27). A contagem diária permanece abaixo de 500 casos há 21 dias seguidos. O número total de pessoas com diagnóstico positivo em testes em Tóquio está agora em 111.347.

Os governadores de 40 províncias japonesas realizaram uma reunião virtual na véspera da suspensão do estado de emergência contra o coronavírus em seis províncias. Muitos enfatizaram a importância de medidas para evitar uma retomada no número de novas infecções.

A Associação Nacional de Governadores convocou para hoje uma reunião online da força tarefa de emergência. A declaração de estado de emergência será suspensa neste domingo para seis províncias: Osaka, Hyogo, Kyoto, Aichi, Gifu e Fukuoka. Contudo, o estado de emergência continua vigorando até 7 de março em Tóquio e nas três províncias vizinhas de Kanagawa, Saitama e Chiba.

Bares e restaurantes

O governador de Osaka, Yoshimura Hirofumi, declarou que evitar a retomada de novos casos é extremamente importante. Ele afirmou ter pedido que bares e restaurantes encerrem o funcionamento até 9h da noite na cidade de Osaka até 21 de março. Durante o estado de emergência, a solicitação para estabelecimentos na província era pelo funcionamento até 8h da noite.

O governador de Saitama, Ono Motohiro, declarou que havia uma desaceleração na taxa de declínio de novos casos. Ele acrescentou que há preocupações sobre as altas taxas de ocupação de leitos de hospitais e a disseminação de variantes do vírus. Ele pediu a continuação dos esforços para controlar novas infecções até 7 de março.

Posteriormente, os governadores elaboraram recomendações emergenciais para o governo central. Eles requisitaram medidas rigorosas contra o vírus mesmo após a suspensão do estado de emergência.

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

DF: Mulher tira arma de policial e atira para o alto em delegacia

Publicados

em


source
 DF: Mulher tira arma de policial e atira para o alto em delegacia
Reprodução/redes sociais

DF: Mulher tira arma de policial e atira para o alto em delegacia

Uma mulher foi presa neste sábado (17) em Brasília pela Polícia Militar do  Distrito Federal após agredir a mãe e a irmã em Planaltina. Após a prisão, a agressora sacou a arma de um policial civil, dentro da delegacia onde foi conduzida, e realizou disparos para o alto. As informações são do jornal Correio Braziliense .

De acordo com oficiais, o motivo da revolta foi a assinatura do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). A mulher discutiu com policiais ao se negar a assinar o documento. Após a negativa, os agentes a cercaram para conduzi-la a prisão.

Neste momento, a mulher tomou a arma de um policial e realizou o disparo para o alto. Segundo informações da polícia, a trava do coldre apresentou uma falha que permitiu o saque da arma pela detida.


Após o ocorrido, a situação foi controlada por um grupo de policiais. A acusada se rendeu , entregou a arma e deitou-se no chão. Ninguém ficou ferido.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana