GERAL

Theatro Municipal do Rio reinicia temporada com balé O Lago dos Cisnes

Publicados

em

No próximo dia 14, às 19h, o balé do Theatro Municipal do Rio de Janeiro (TMRJ) retorna ao palco, em nova temporada, com a famosa obra O Lago dos Cisnes, do compositor russo Piotr Ilitch Tchaikovsky, sob a regência de Tobias Volkmann. A remontagem e adaptação da coreografia de Marius Petipa é de Jorge Texeira e a direção-geral, de Hélio Bejani.

Na véspera (13), o ensaio geral será aberto ao público. Os demais espetáculos ocorrerão nos dias 18, 19, 20, 21, 24, 25 e 26, às 19h; nos dias 15 e 22, às 17h; e, no dia 17, às 14h. Antes de cada apresentação, haverá palestra para o público sobre a obra e suas curiosidades.

Além do corpo de baile e solistas, estarão no palco os primeiros bailarinos do Theatro Municipal e o bailarino convidado, David Motta Soares, que deixou o cargo no Ballet Bolshoi em solidariedade aos colegas ucranianos. Soares faz parte, atualmente, do Ballet Estadual de Berlim, na Alemanha. O patrocínio é do Instituto Cultural Vale, com realização institucional da Fundação Teatro Municipal e Associação de Amigos do Teatro Municipal.

Sentimento

Segundo afirmou o regente do balé do Municipal do Rio, Hélio Bejani, “alegria é o sentimento que dá o tom ao momento que estamos vivenciando. Voltar ao palco do Theatro Municipal, juntamente com nossa orquestra, na condição que nos faz únicos, os grandes ballets do repertório clássico mundial. E nada mais significativo do que O Lago dos Cisnes, destacou Bejani.

O coreógrafo Jorge Texeira lembrou que, este ano, completam-se dez anos que ele assinou a primeira remontagem do balé O Lago dos Cisnes, para a Cia Brasileira de Ballet, versão que já se apresentou em diversas cidades como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Florianópolis, São Paulo, Juiz de Fora, Vitória e em Medellin, na Colômbia. “Em 2019, assinei a remontagem para a Companhia de Ballet da Escola Maria Olenewa do Theatro Municipal do Rio de Janeiro (Cia BEMO-TMRJ), já sob a direção-geral de Hélio Bejani. Agora, estamos mais uma vez juntos, só que desta vez para o Ballet do Theatro Municipal do RJ”, manifestou.

Princesa Odette

Encenado em quatro atos, o balé O Lago dos Cisnes conta a história da princesa Odette, que foi aprisionada no corpo de um cisne pelo bruxo Von Rothbart e vive no entorno de um lago. Para se libertar dessa condição, ela precisa que um jovem virgem lhe declare amor e fidelidade. Mas, se essa jura de amor for quebrada, Odette permanecerá para sempre como cisne.

Nos papéis principais da Princesa Odette e do Príncipe Siegfried, estarão Cláudia Mota e David Motta (bailarino convidado), Márcia Jaqueline e Cícero Gomes e Juliana Valadão e Filipe Moreira.

O balé tem duração de duas horas, com 15 minutos de intervalo, e a classificação é livre. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do teatro ou através da plataforma Imply. A venda estará disponível em breve. Os bilhetes têm valores de R$ 20, galeria; R$ 40, balcão superior; R$ 60, balcão nobre e plateia; e R$ 80 o ingresso individual para frisas e camarotes.

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Propaganda

GERAL

Ataque hacker deixa serviços da prefeitura do Rio fora do ar

Publicados

em

A prefeitura do Rio informou na noite desta segunda-feira (15), por meio de nota, que a Empresa Municipal de Informática e Planejamento (IplanRio) prossegue trabalhando para normalizar o sistema do Datacenter que sofreu uma ação hacker na madrugada de hoje.

De forma preventiva, o portal da prefeitura e o Carioca Digital, assim como todos os seus serviços, foram retirados do ar para preservar os dados. O serviço Táxi Rio também foi afetado, desde cedo, deixando pacientes de hemodiálise e outros tratamentos que dependem do serviço sem ter como ir para as unidades de Saúde.

Os principais serviços prestados à população no Centro Administrativo São Sebastião, na Cidade Nova, também ficaram fora do ar e sem condições de atendimento ao público.

“A prefeitura pede a compreensão dos cariocas e ressalta que os servidores da Iplan estão trabalhando para minimizar o impacto e fazer com que o sistema volte a sua normalidade o mais rápido possível”, informou a prefeitura.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Geral

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana