Saúde

Teste com saliva para Covid-19 custa R$ 150 nas farmácias; saiba como funciona

Publicados

em


source
Enfermeiro fazendo coleta para teste RT-PCR
Rovena Rosa/Agência Brasil

Testes RT-PCR são considerados o padrão ouro de diagnóstico

Testes para a Covid-19 feitos por meio da coleta de saliva , desenvolvidos pelo laboratório Mendelics em parceria com o hospital Sírio-Libanês, chegaram às farmácias pelo preço de R$ 150. O produto já está disponível na capital paulista e nas cidades de Guarulhos, Barueri e Osasco e podem ser agendados por telefone para evitar aglomerações. O resultado fica pronto em 24 horas e tem a mesma eficácia dos testes RT-PCR , considerados o padrão ouro de diagnóstico.

“Este é um teste com valor mais acessível que o RT-PCR, mas é equivalente a ele, com especificidade de 100% e sensibilidade de 80%”, diz David Schlesinger, CEO da healthtech meuDNA e da Mendelics.

Além de ser realizado nas próprias farmácias, o meuDNA Covid também pode ser feito em casa por um preço um pouco mais alto, de R$ 169.

Segundo Schlesinger, mais de 300 mil pessoas já fizeram o teste e, entre a segunda metade de novembro e as duas primeiras semanas de dezembro, o número de casos positivos aumentou em cinco vezes. 

O exame com saliva usa o método PCR-Lamp, que identifica o RNA do vírus nas células da pessoa com o vírus.

Os interessados devem fazer o agendamento por telefone, ir no horário agendado, fazer um cadastro e cuspir no frasco, que será etiquetado e enviado para o laboratório. Em 24 horas, o resultado é encaminhado para o e-mail cadastrado ou por SMS.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Propaganda

Saúde

Índia bate recorde e ultrapassa 200 mil novos casos de Covid-19 em 24 horas

Publicados

em


source
 Índia bate recorde e registra 200 mil novos casos de Covid-19
Reprodução

Índia bate recorde e registra 200 mil novos casos de Covid-19

A Índia apresentou um recorde no registro de novos casos do novo coronavírus nas últimas 24 horas. Foram mais de 200 mil infecções registradas –  segundo maior número no mundo – e o país conta, agora, com mais de 14 milhões de contaminados , segundo dados divulgados na manhã desta quinta-feira (15).

O número de novos casos no país revela que a Índia passa por uma segunda onda da Covid-19. Apenas os Estados Unidos da América registraram um número maior de proliferação em um único dia. Em 2 de janeiro, foram mais de 300 mil americanos infectados. No Brasil, o recorde ocorreu no dia 25 de março, com 97,5 mil casos.

Para conter a proliferação da doença, a capital Nova Délhi impôs um toque de recolher neste fim de semana. Apenas serviços essenciais, shoppings, academias e restaurantes poderão funcionar.


O centro financeiro do país, Mumbai , já havia adotado medidas restritivas de circulação. Já Maharashtra , epicentro da segunda onda do novo coronavírus, iniciará um lockdown à meia noite.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana