artigos

Tecnologia: aliada na retomada dos negócios

Publicados

em

Por Léo Stefan

A tecnologia é o grande foco de investimento das empresas para o momento atual e o futuro. O setor é um dos que mais cresce no Brasil e no mundo, especialmente durante a pandemia, evitando um colapso econômico e social ainda maior.

Se tornaram importantes aliadas das empresas e garantiram que seguissem suas atividades de forma remota, bem como foram fundamentais na busca por soluções para situações inéditas nos negócios.

Nesse sentido, citamos as reuniões por videoconferência, o aumento das vendas on-line e o desenvolvimento de projetos colaborativos com profissionais em diferentes localidades. Também permitiram que serviços essenciais, como saúde e educação, continuassem mesmo em um momento de distanciamento social.

Os governos, organizações da sociedade civil, empresas e profissionais de todos os segmentos têm se dedicado muito para entender o momento de crise, adaptar-se a ele com redução dos impactos e tentar vislumbrar o que vem pela frente.

Segundo estudos da consultoria International Data Corporation (IDC), para lidar com os desafios que surgiram durante a pandemia, 62,8% das organizações brasileiras empregaram um modelo de trabalho reconfigurável, 52,4% conectaram organizações e indivíduos, independentemente de sua localização, 40% estão garantindo resiliência na infraestrutura digital e 38,7% gerando confiança nos clientes.

As soluções voltadas para melhorar a vida dos usuários não apenas se manterão, como tendem a se expandir e atingir um número cada vez maior de pessoas. A modernização dos sistemas de informação e apoio ao processo de inovação e implementação de serviços de Big Data e da Inteligência Artificial ajudam na construção de uma relação mais precisa junto aos públicos, sejam para órgãos públicos ou empresas privadas.

As gestões governamentais, especialmente nos municípios, podem ter modernos sistemas de gestão que dão celeridade às administrações e garantem oportunidades para aumentar a arrecadação, sem o aumento de impostos.

Os gestores podem investir em plataformas tecnológicas de conectividade que transformam as cidades em ambientes de experiências de alto valor agregado, tornando-as lugares que de fato promovam a interação entre as pessoas com mais qualidade de vida. É o conceito de cidades inteligentes, que se aplica desde metrópoles até cidades pequenas.

O novo cenário vivido com a pandemia exige a adoção de estratégias pautadas na inovação. Nunca houve tantas oportunidades para se inovar e buscar novos caminhos nos negócios como hoje.

A melhor maneira de uma empresa ou um órgão público avançar é com investimento em tecnologia, que terá papel fundamental nessa retomada.

Léo Stefan é CEO da L2 INOVA, empresa de inovação que vem promovendo a transformação digital nas organizações públicas e na vida das pessoas
Comentários Facebook
Propaganda

artigos

Conheça o seu limite

Publicados

em

Por Francisney Liberato

Para evitar respostas negativas de seus comportamentos, é necessário passar pelo autoconhecimento.

Todos nós, seres humanos, temos um limite sob o ponto de vista da emoção, que devemos observar atentamente a fim de termos uma vida mais equilibrada.

Sabe aquela situação em que você está no ambiente de trabalho e um colega profere palavras inverídicas contra a sua reputação? Por mais pacientes que sejamos, é difícil passar por uma situação dessas sem rebatê-la com um comportamento exaltado.

Por isso, é fundamental que tenhamos conhecimento prévio sobre os nossos limites emocionais. Precisamos conhecer os gatilhos emocionais que nos fazem perder o controle e a paciência diante de uma situação desagradável.

É indispensável que haja um conhecimento profundo sobre os nossos limites, pois, como diz a expressão popular, “ninguém é de ferro”.

Pode ser que você seja uma pessoa tranquila, mas posso lhe afirmar algo: respeite os seus limites, não pense que em todas as situações tensas e estressantes você conseguirá administrar e controlar as suas emoções. Há dias em que não amanhecemos tão bem, consequentemente, as nossas emoções estarão afloradas e basta acionar um gatilho que toda a calmaria se transforme em caos.

Nem sempre temos total controle sobre tudo o que nos acomete, por isso o excesso de confiança, nesse caso, é um risco ao autocontrole.

É importante que você saiba reconhecer quando os seus níveis de autocontrole estão baixos. Evite qualquer tipo de impulso emocional que possa acionar uma desproteção e um descontrole das suas emoções.

Em situações adversas, evite o confronto, não confie demais no seu controle e domínio sobre as emoções. Creio que é melhor desviar o foco e fugir de uma situação estressante.

Conhecer nossos limites é saber até onde poderemos controlar as nossas emoções. Não deixe chegar ao limite para tomar uma atitude comportamental. Evite o caos, seja sábio e faça o que puder para não perder o controle.

Francisney Liberato é Auditor do Tribunal de Contas. Escritor, Palestrante, Professor, Coach e Mentor. Mestre em Educação pela University of Florida. Doutor em Filosofia Universal Ph.I. Honoris Causa. Bacharel em Administração, Bacharel em Ciências Contábeis (CRC-MT) e Bacharel em Direito (OAB-MT). Vice-presidente da Associação Brasileira dos Profissionais da Contabilidade – ABRAPCON. Membro da Academia Mundial de Letras. Autor dos Livros: “Mude sua vida em 50 dias”, “Como falar em público com eficiência”, “A arte de ser feliz”, “Singularidade”, “Autocontrole”, “Fenomenal”, “Reinvente sua vida” e “Como passar em concursos – Vol. 1 e 2”, “Como falar em público com excelência”, “Legado” e “Liderança”. 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana