mato grosso

Taxa de ocupação dos leitos de UTI em Mato Grosso sobe para 84,38%

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sexta-feira (14.01), 575.014 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 14.122 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 2.992 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 575.014 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 13.314 estão em isolamento domiciliar e 546.851 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 135 internações em UTIs públicas e 97 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 84,38% para UTIs adulto e em 22% para enfermaria adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (115.745), Várzea Grande (42.278), Rondonópolis (39.027), Sinop (27.478), Sorriso (19.116), Tangará da Serra (18.674), Lucas do Rio Verde (16.094), Primavera do Leste (15.572), Cáceres (12.637) e Alta Floresta (11.808)

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Sistemas instáveis

Devido à instabilidade dos sistemas do Ministério da Saúde ocorrida nas últimas semanas, não foi possível atualizar os dados do Ranking da Vacinação em Mato Grosso e o número de casos e óbitos da Covid-19 no país. Os dados serão atualizados e divulgados assim que forem restabelecidos o acesso da SES aos sistemas do Governo Federal.

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Governo investiu mais de R$ 97,4 milhões na modernização das unidades especializadas de saúde

Publicados

em


Nos últimos três anos, o Governo de Mato Grosso investiu R$ 97.425.353,97 milhões na reforma e ampliação das unidades especializadas de saúde do Estado. Realizados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), os investimentos integram o projeto de modernização da infraestrutura da rede estadual de saúde, cujo objetivo é oferecer um serviço de mais qualidade à população.

“Trabalhamos muito nos últimos três anos para ofertar à população unidades especializadas mais modernas, bem localizadas e com atendimento de qualidade. Seguimos em 2022 no cumprimento das metas estabelecidas pelo governador Mauro Mendes, que é de fazer a saúde funcionar e atender melhor ao cidadão. Para isso, também estamos trabalhando em outras melhorias”, disse o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

A Central de Imunobiológicos da SES, conhecida como Central da Rede de Frio, passou por reforma e modernização entre fevereiro e agosto de 2021. O local recebeu um investimento de cerca de R$ 5 milhões, que possibilitou a ampliação do espaço físico em aproximadamente mil metros quadrados de estrutura. A unidade armazena imunobiológicos e insumos que são distribuídos para os 141 municípios do Estado.

Com objetivo de oferecer um ambiente mais moderno aos pacientes do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Unidade III), a SES investiu R$ 1,4 milhão, entre novembro de 2020 e junho de 2021, e realizou adequações e reparos na unidade de saúde.

Em julho de 2020, a Secretaria destinou recurso na ordem de R$ 1,2 milhão para a implementação do Centro de Triagem da Covid-19, na Arena Pantanal, em Cuiabá. A unidade funcionou até 15 de outubro de 2021 e auxiliou a Atenção Básica dos municípios da Baixada Cuiabana no diagnóstico e tratamento da Covid-19, por meio de testes, exames de imagem e entrega de medicamentos mediante prescrição médica.

Entre os meses de outubro de 2019 e maio de 2020, a pasta realizou reparos, adequações e modernizações avaliados em R$ 250 mil no Centro Estadual de Odontologia para Pacientes Especiais (Ceope). A unidade conta com cinco consultórios odontológicos e uma equipe multiprofissional composta por cirurgião-dentista, assistente social, enfermeiro, fisioterapeuta, técnico em saúde bucal e técnico de enfermagem.

Os Escritórios Regionais de Saúde (ERS) de Alta Floresta, Cáceres, Pontes e Lacerda, Sinop, Peixoto de Azevedo também receberam, entre maio de 2019 e outubro de 2020, investimentos na infraestrutura. Foi investido o montante de R$ 2,8 milhões para a reforma, modernização, ampliação e reparos das unidades, além da construção da Rede de Frio do Escritório Regional de Alta Floresta.

Outras obras

A SES está construindo, em Cuiabá, um Centro Logístico de Abastecimento e Distribuição; a construção é estimada em R$ 45,9 milhões. Ligada à Assistência Farmacêutica, a unidade oferecerá um espaço mais moderno e amplo para o armazenamento de medicamentos e compostos a serem distribuídos aos munícipios do estado. O local deve ser entregue em julho de 2022.

Em Cuiabá, também está em fase de construção o novo espaço que sediará o MT Hemocentro e o Centro Estadual de Referência de Média e Alta Complexidades (Cermac-MT). A SES destinou um total de R$ 19,2 milhões para o novo espaço. A previsão de conclusão da obra é para dezembro de 2022. 

O Governo do Estado segue investindo nos serviços de saúde mental em Mato Grosso. Com um aporte financeiro de R$ 15,2 milhões, a Secretaria reforma e moderniza o Centro Integrado de Atenção Psicossocial Adauto Botelho (CIAPS). A obra deve ser finalizada em maio de 2022. 

Outra unidade do Ciaps Adauto Botelho que também recebe investimentos é o Lar Doce Lar. Estão sendo investidos R$ 3 milhões na modernização e em melhorias estruturais do local. A previsão de término da obra é para o primeiro trimestre de 2022.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana