POLÍTICA NACIONAL

Tarcísio é vaiado durante Festa do Peão no interior de SP; veja vídeo

Publicados

em

source
O ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas, pré-candidato ao governo de São Paulo, foi recebido com vaias na 34ª Festa do Peão de Americana
Reprodução – 20.06.2022

O ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas, pré-candidato ao governo de São Paulo, foi recebido com vaias na 34ª Festa do Peão de Americana

Pré-candidato de Bolsonaro ao governo do Estado de São Paulo, Tarcísio de Freitas foi recebido com vaia na 34ª edição da Festa do Peão de Americana, no interior de São Paulo na madrugada deste domingo (19).

O pré-candidato bolsonarista ao Governo de São Paulo foi ao palco para fazer um rápido discurso antes do início do show da dupla Zé Neto e Cristiano, mas foi vaiado.

Ao perceber que não havia espaço para discurso, Tarcísio tratou de encerrar sua fala rapidamente.

Zé Neto ganhou manchetes no mês passado após defender o presidente durante um show e criticar a Lei Rouanet e a cantora Anitta . O episódio deu origem a denúncias de contratações milionárias sem licitação de artistas sertanejos por pequenas prefeituras, como Gusttavo Lima , em alguns casos com verba reservada para saúde, educação, infraestrutura e meio ambiente. O assunto mobilizou o Congresso Nacional pela CPI do Sertanejo e investigações dos Ministérios Públicos estaduais.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Legalização das drogas: Ciro critica Freixo sobre mudança de discurso

Publicados

em

Ciro Gomes (PDT) classificou como
Divulgação

Ciro Gomes (PDT) classificou como “individualista” a atitude de Marcelo Freixo (PSOL)

O candidato do PT à Presidência da República, Ciro Gomes, criticou nesta quinta-feira (18) a recente mudança de discurso de Marcelo Freixo, candidato do PSB ao governo do Rio, sobre legalização das drogas. A declaração foi dada durante participação do presidenciável em evento na Associação Comercial de São Paulo.

Em mais uma modulação de aceno ao eleitorado de centro, Freixo abandonou sua pauta histórica de sua militância política. Para Ciro, essa guinada colabora para aumentar a descrença da população nos políticos.

Ciro discorria sobre o que chamou de “perda na crença na política” por parte dos brasileiros quando mencionou o carioca como exemplo de atitude “individualista”. Para o pedetista, o povo trabalhador entende a democracia como uma “picaretagem”.

“O Freixo, depois de uma história, para ser candidato, diz que agora não é mais a favor da descriminalização das drogas. Isso aí destrói a questão da hegemonia moral e intelectual, erode os costumes, transforma o país numa selva individualista”, declarou Ciro.

Na quarta-feira (17), Freixo disse em entrevista à TV Record que “não era mais a favor (da legalização)” e que não achava que a pauta “vai nos ajudar nesse momento no Brasil”.

Em um primeiro momento ele havia se esquivado da pergunta, dizendo que era contra temas que “dividissem a sociedade brasileira” na atual conjuntura. Ao explicar sua nova posição, o candidato do PSB afirmou que nesse momento os esforços do governo devem ser na direção de investir em políticas sociais, de saúde e na polícia.

“O que a gente precisa fazer é avançar em dois braços. Um é o braço efetivo da polícia, pra botar bandido na cadeia. Estou falando de miliciano, traficante e político corrupto também. E, mais do que isso, quero o braço social. Tem quer ter lugar com esporte, psicólogo, assistente, para a mãe poder levar o filho e permitir prosperidade, uma chance pra essa juventude”, prosseguiu o postulante ao Palácio Guanabara.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o perfil geral do Portal iG .

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana