Várzea Grande

Sociedade civil organizada é convidada a participar do Conselho da Cidade

Publicados

em

Entidades representantes da sociedade civil organizada com atuação no município de Várzea Grande podem se inscrever para integrar o Conselho da Cidade, o Concidade, e assim contribuir com o desenvolvimento urbano e social do município. O edital de convocação para o preenchimento de 13 vagas da categoria foi publicado nesta quinta-feira, 21 de janeiro, no Diário Oficial dos Municípios. 

A inscrição deve ser realizada na Secretaria Municipal de Planejamento, em horário comercial das 8h às 12h e das 14h às 18h entre os dias 21 e 29 de janeiro. A audiência pública que escolherá os representantes será realizada no dia 09 de fevereiro, às 8h, no ginásio “Complexo Esportivo Júlio Domingos de Campos – Fiotão”.

Estão convocadas a participar do processo de escolha entidades oriundas dos segmentos: classe trabalhadora, movimentos sociais, classe empresarial, classe de profissionais acadêmicos, de pesquisa e de conselhos de classe, além de Organizações Não Governamentais (ONGs).

De acordo com o edital é impreterível que as entidades tenham atuação fim na área de desenvolvimento urbano e social. Das 13 entidades representativas da sociedade civil organizada 05 membros devem ser oriundos dos movimentos sociais; 02 da classe trabalhadora; 02 da classe empresarial, 03 das classes de profissionais acadêmicos, de pesquisa e de conselhos de classe; e, um das organizações não governamentais.

O secretário de Planejamento e presidente do Conselho, João Carlos Cardoso, informou que cada entidade poderá se inscrever para um único segmento representativo da sociedade civil organizada.

“No ato da inscrição é necessário apresentar o requerimento de inscrição da entidade, o estatuto da entidade alem de: ato constitutivo, inscrição no cadastro nacional de pessoa jurídica, ata de eleição vigente, posse de diretoria, documentos pessoais dos membros da diretoria, além do nome do conselheiro titular e suplente que serão representantes da entidade junto ao Concidade”, enfatizou lembrando que todos os detalhes do processo está disponível na Resolução 01/2012/Concidade, publicada nesta quinta-feira.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Várzea Grande

Profissionais da Educação recebem formação para início do ano letivo de 2021

Publicados

em


Legenda:

As aulas nas unidades de ensino da Rede Municipal de Várzea Grande têm previsão de iniciar no dia 1º de março, de forma remota, e no dia 5 de abril de forma híbrida. Diante disso, a Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Smecel), por meio da Superintendência Pedagógica, realizou, neste mês de fevereiro, várias formações, encontros e reuniões de trabalho com os profissionais da educação da rede municipal para alinhamento do ano letivo de 2021.

Na terça e quarta-feira (23 e 24), a reunião foi realizada com os coordenadores pedagógicos das unidades de ensino. Para evitar aglomerações, de acordo com os protocolos de biosegurança, o encontro foi dividido em duas etapas, na terça-feira com os coordenadores das Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB) e na quarta-feira com os coordenadores das escolas do campo e dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI).

Durante o encontro, a subsecretária Maria Alice de Barros destacou a importância do papel do coordenador nas unidades de ensino e falou dos desafios que serão enfrentados este ano. “Por ser um ano atípico, por conta da pandemia, vamos ter que nos reinventar e aprender a lidar com essa situação. Precisamos enfrentar tudo isso com disposição e alegria, pois faz parte do nosso desafio e os nossos alunos precisam de nós”, disse a subsecretária.

“Tenho certeza que com essa equipe do Pedagógico, que é muito competente e está preparada para atender a nossa rede, teremos sucesso em nosso trabalho”, acrescentou Maria Alice.

A superintendente Pedagógica, Luz Marina Coelho, destacou que o coordenador pedagógico tem, entre outras habilidades, a de formador e mediador, sendo o principal articulador entre a gestão e a equipe pedagógica, alunos e pais. “Ele acompanha o andamento harmônico entre todos os profissionais envolvidos nesse processo. Acompanha o projeto político pedagógico e o planejamento para que ocorram de maneira eficaz, com tranquilidade, garantindo a aprendizagem dos alunos que estão sob a responsabilidade da escola”.

Luz Marina acrescentou ainda que o encontro foi justamente para alinhar os trabalhos que se iniciam em março. “Discutimos sobre o relatório inicial da primeira visita, a organização do ambiente escolar, os planejamentos, plano de ação de cada coordenador, acompanhar o desenvolvimento dos portifólios das aulas remotas, ou seja, foi pra reforçar toda essa prática e também conhecer as novas equipes”.

A Superintendência Pedagógica também realizou encontros formativos com todos os 85 diretores das unidades educacionais e com os assessores técnicos do município para o mesmo alinhamento.

 

Semana Pedagógica

Entre os dias 08 e 19 de fevereiro, foi realizada formação continuada on-line para os professores das unidades educacionais da rede municipal. A formação, que constitui parte das ações desenvolvidas na Semana Pedagógica, foi realizada por etapas de ensino, atendendo os professores que trabalham com a Educação Infantil, com o Ciclo Básico de Alfabetização Cidadã (1º ao 3º ano), dos 4º e 5º anos e dos anos finais (6º ao 9º anos).

Os encontros formativos ocorreram por meio de webconferência e foram organizados para atender os professores de acordo com as regionais em que trabalham. A pauta formativa dos encontros teve como temas Avaliação, Ensino Híbrido, Metodologias Ativas e Planejamento Pedagógico de Aulas Remotas.

Conforme explica a superintendente Luz Marina, todos os anos a SMECEL realiza a semana pedagógica para alinhar com os professores o início do ano letivo e em 2021 o foco desses encontros foi o ensino remoto e o híbrido. “Esses momentos são para alinhar todas as nossas ações que surgirão no decorrer do ano letivo, para conhecermos uns aos outros, mostrar os assuntos que serão pertinentes ao momento em que estamos vivenciando e conhecer os nossos formadores”.

A coordenadora pedagógica Marli Arruda ressalta que, diante de tantas perdas e insegurança que surgiram com a pandemia da Covid-19, a Semana Pedagógica iniciou com os trabalhos dos psicólogos fazendo um diálogo socioemocional com os professores. “Dentro de todas as formações, nós trabalhamos esse tema como um norte, ou seja, foi um ponto de partida para organizarmos todo o nosso planejamento e os trabalhos de 2021”.

A professora Ivânia Pereira Midon, formadora do ciclo de alfabetização, explica que a Semana Pedagógica foi dividida em duas etapas. A primeira teve caráter orientativo das ações pedagógicas, com o objetivo de avaliar o ano letivo de 2020 e refletir sobre o significado e os objetivos da avaliação segundo a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). No segundo encontro, a formação foi direcionada para a orientação do planejamento para o 1º bimestre de 2021. “O objetivo do encontro foi conhecer o ensino híbrido e as metodologias para o desenvolvimento das habilidades essenciais”, explicou.

“O diálogo com os professores foi muito produtivo, evidenciando a importância das temáticas apresentadas e da tríade ação-reflexão-ação no processo de formação continuada dos professores”, ressaltou Tânia Lemos, formadora das turmas dos 4º e 5º anos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana