mato grosso

Sinfra abre processo seletivo para contração temporária de arquitetos e engenheiros; confira o edital

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística do Estado de Mato Grosso (Sinfra) publicou edital de processo seletivo simplificado para a contratação temporária de profissionais das áreas de arquitetura e urbanismo, bem como engenharias civil, elétrica, florestal, mecânica, sanitária e de segurança, para atuação no órgão. Confira aqui o edital completo.

Ao todo, são disponibilizadas 62 vagas, sendo 57 vagas para ampla concorrência e mais cinco vagas reservadas para candidatos com deficiência. Os profissionais serão contratados como analistas de acordo com os perfis estabelecidos por áreas de formação e experiência técnica. 

Os salários ofertados são de R$ 6.195,73 para uma jornada de trabalho de 40 horas. A seleção será realizada pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) e compreenderá a análise curricular e documental (títulos e experiência), de caráter classificatório.

Podem se inscrever todos os candidatos que tenham no mínimo diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior na área de formação a que concorre, além de registro no órgão de classe referente à sua área de formação. O prazo do contrato temporário será de 24 meses, podendo ser prorrogado uma vez por igual período.

De acordo com o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, a contratação temporária é necessária em razão da grande demanda transitória de trabalho que a secretaria passou a ter com a contratação de novos projetos e lançamentos de novas obras em Mato Grosso, frente ao número reduzido de profissionais, visto que muitos já estão se aposentando.

“Somente com o programa Mais MT estamos com um investimento de R$ 4,7 bilhões e precisamos de profissionais que possam nos auxiliar nesse trabalho de elaboração de projetos, fiscalização de obras e apoio em todos os nossos setores”, disse o secretário.

Inscrição

As inscrições serão realizadas somente via internet, exclusivamente no site da Cebraspe, a partir das 10 horas (horário de Brasília) do dia 19 de maio até às 18h (horário de Brasília) do dia 25 de maio. A taxa de inscrição é de R$ 46. No mesmo período também estará aberto o prazo de pedidos de isenção.

Tem direito à isenção os candidatos que estejam desempregados, ou que recebem até um salário mínimo e meio, doadores regulares de sangue, voluntários da Justiça Eleitoral e jurados que atuam no Tribunal do Júri.

No ato da inscrição, todos os candidatos, sejam solicitantes de isenção ou não, deverão optar pelo perfil/área a que desejam concorrer e enviar, via upload, toda a documentação para análise curricular e documental (títulos e experiência).

A documentação está especificada no edital e a análise curricular e documental (títulos e experiência) valerá no máximo 10 pontos, ainda que a soma dos valores dos títulos enviados seja superior a esse valor. O resultado final da análise curricular e documental (títulos e experiência) será no dia 6 de julho, divulgado no próprio site da Cebraspe.

TAC

A realização do Processo Seletivo Simplificado atende a um Termo de Compromisso e Ajustamento de Conduta  (TAC) firmado entre a Procuradoria Geral de Justiça (PGJ), o Ministério Público do Estado (MPE), o Tribunal de Contas do Estado (TCE) e o  Governo de Mato Grosso,  por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), Controladoria-Geral do Estado (CGE),  Casa Civil, Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), Secretaria de Fazenda (Sefaz), Secretaria de Meio Ambiente (Sema), Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) e da própria Sinfra.

O TAC foi firmado de modo a regularizar todos os procedimentos relativos a contratação temporária e excepcional de profissionais das secretarias de Estado envolvidas, a fim de atender aos programas executados por cada um dos órgãos e promover o desenvolvimento de Mato Grosso sem que haja o descumprimento de qualquer legislação.

“Os projetos e programas mencionados possuem caráter temporário, tornando inviável e até impossível, em alguns casos, a realização de concurso público, bem como considerando que necessitam de pessoal qualificado para exercer suas atividades e, ainda, que a contratação de terceirizados seria muito mais onerosa ao Estado, uma vez que custa, em média, duas vezes o valor da contratação temporária”, diz trecho do termo de ajustamento.

Assinaram o TAC o Procurador-Geral de Justiça, José Antônio Borges, o Promotor de Justiça, Mauro Zaque, o presidente do TCE, Guilherme Maluf, o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, o procurador-geral do Estado, Francisco Lopes, o Controlador-Geral do Estado, Emerson Hideki, o Secretário-Chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, o secretário de Planejamento e Gestão, Basílio Bezerra, Secretário de Fazenda, Rogério Gallo, a secretária de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, o presidente do Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat), Francisco Serafim, e o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Escola Hermelinda Figueiredo passa por transformação e ganha salas climatizadas, refeitório e quadra poliesportiva

Publicados

em


O governador Mauro Mendes inaugurou, na tarde desta segunda-feira (10.05), a nova estrutura da Escola Estadual Hermelinda Figueiredo, no bairro Coophema, em Cuiabá. A unidade, que chegou a ser destaque nacional e chamada de “escola de lata”, foi totalmente transformada e ganhou salas de aulas climatizadas, refeitório e quadra poliesportiva.

“Se o Governo acabasse hoje, e não vai acabar, já teria uma certa sensação de dever cumprido. Porque muito mais que fazer, é importante quando você percebe que está mudando o rumo com as coisas feitas. Esta é a grande contribuição. E a educação de Mato Grosso é um exemplo disso”, declarou o governador, durante a entrega.

Mauro Mendes lembrou que estudou a vida toda em escola pública, se formou na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e destacou a felicidade ao saber que alguns pais do bairro já estão buscando vagas na escola para tirar os filhos da rede particular.

“Isso mostra a inversão daquilo que nunca deveria ter deixado de ser”, completou o governador, defendendo a qualidade do ensino público.

O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, enfatizou que a educação de qualidade é o objetivo do Governo do Estado, com investimentos que se aproximam de R$ 1 bilhão na infraestrutura das escolas, na parte tecnológica e pedagógica. “A educação transforma vidas e o Governo de Mato Grosso já deixou claro que prioriza a educação como nenhum outro fez”.

Alan Porto destacou que muitas outras obras da educação estão sendo entregues em todo o Estado e reafirmou que a educação só vai ter resultados se todos se envolverem. “Precisamos unir forças, governo, escola e sociedade para alcançarmos as transformações que tanto desejamos e precisamos”.

Nova escola

O novo prédio, com todas as salas climatizadas, vai fazer diferença, garante os professores.

Celma Aparecida Costa e Silva era professora na unidade na época que containers foram usados para abrigar salas de aula. Ela lembra que as dificuldades eram muitas. Mas agora, com as mudanças implementadas, Celma, que não atua mais na unidade, resolveu matricular a filha de 14 anos, Maria Eduarda Costa, na unidade.

“É outra escola. Não parece que foi reformada. Para quem conhecia a antiga estrutura, a impressão é que foi demolida e um novo prédio construído”.

A adolescente, que sempre estudou em colégio da rede particular, afirma que a nova escola não deixa nada a desejar e garante que há coisas muito melhores. Ela não vê a hora das aulas presenciais retornarem para poder aproveitar a nova estrutura.  

A ex-diretora da escola, a pedagoga Patrícia Fabiana afirma que “parece uma nova escola e essa estrutura vai incentivar os alunos, vai melhorar e muito a aprendizagem de nossos estudantes”.

O novo diretor, Robson Pereira, enfatizou que o Governo do Estado sinaliza de forma concreta que tem a educação como prioridade. “E o que estiver ao nosso alcance, faremos o nosso melhor, para que o resultado seja uma aprendizagem de qualidade aos nossos estudantes, que é o que todos queremos”.

Transformação

O deputado Allan Kardec participou da inauguração e lembrou que foi aluno e professor da Escola Hermelinda Figueiredo. Acompanhado da mãe, a professora Nilza, que atuou por 12 anos na unidade, o parlamentar fez questão de elogiar a transformação e melhorias.

O suplente de senador Fábio Garcia enfatizou que “o que está acontecendo em Mato Grosso não se faz sozinho, se faz com uma grande equipe”. A vereadora por Cuiabá, Michelly Alencar enfatizou a importância dos investimentos que o atual governo faz em educação e esporte e destacou que espera que as mudanças na rede pública estadual de ensino inspirem a gestão municipal.

Também participaram da cerimônia os deputados Thiago Silva e Elizeu Nascimento.

Obras

Além da reforma geral, um novo bloco foi construído, além do refeitório. Com arquitetura moderna, com total acessibilidade, professores e alunos vão se surpreender quando puderem retornar. 

Foram investidos R$ 2.725.705,50 e a unidade passa a contar com nove salas de aula, além de laboratórios e demais dependências.

Quem foi Hermelinda de Figueiredo

A professora Hermelinda de Figueiredo nasceu em Cuiabá no dia 20/12/1898 e faleceu no dia 31/01/1974.

Fez o curso de Normalista pela Escola Normal Pedro Celestino, diplomando-se 19/11/1923 e indo lecionar em Rosário Oeste por 1 ano e dez meses, retornando a Cuiabá em setembro de 1925.

Foi professora por muitos anos e Diretora da Escola Modelo Barão de Melgaço. Seu aluno Hélio Palma de Arruda no cargo de Secretário de Estado de Educação e Cultura de Mato Grosso homenageou-a dando seu nome à Escola Estadual no Bairro Coophema – Cuiabá/MT.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana