Cuiabá

Sine Municipal disponibiliza mais de 380 vagas de emprego com salário de até R$ 2.090; Confira

Publicados

em


Luiz Alves

Clique para ampliar

A Prefeitura de Cuiabá – por meio do Sine Municipal – oferta 388 vagas de emprego. São disponibilizadas vagas de analista ambiental, 200 vagas para auxiliar de produção, cozinheiro, garçom e retalhador de carne. Os salários ofertados chegam a R$2.090.

Confira a lista de oportunidades logo abaixo.

Para quem deseja se candidatar a alguma das vagas disponíveis, basta baixar em seu celular o aplicativo “Sine Fácil” ou acessar a página virtual do Emprega Brasil (empregabrasil.mte.gov.br), ou se dirigir a uma das duas unidades do Sine no Coxipó ou no Shopping Popular. Quem necessita solicitar o seguro desemprego, o acesso é pela página virtual www.gov.br/trabalho ou pelo aplicativo “Carteira de Trabalho Digital”.

Além dos canais virtuais, quem necessitar de informações sobre seguro desemprego, e quadro de vagas, tirar suas dúvidas sobre intermediação de mão de obra ou carteira de trabalho e previdência social pode entrar em contato pelos telefones (65) 99255–2450 (WhatsApp) ou pelos números fixos, (65) 3645–7250 ou 3645–7251.

Os empregadores que desejarem anunciar suas vagas no Sine podem entrar em contato pelos telefones (65) 3645–7216 / 7237, pelo whats (65) 99255–2450 ou pelo email [email protected]

Horários e canais de atendimento Sine Municipal de Cuiabá:

O Sine Municipal está realizando atendimento presencial por ordem de chegada. Atendimentos na unidade do Shopping Popular são das 9h às 17h, sem pausa para almoço. Já na unidade Coxipó, o funcionamento é das 8h às 17h, também sem pausa para almoço.

Atendimento ao trabalhador:

Sine Shopping Popular: (65) 3664-1503 / 99251-7480

Sine Coxipó: (65) 3675-3113 / 99337-2799

Atendimento ao empregador

(65) 3645-7216 / (65) 3645-7237

Whatsapp (65) 99255-2450

Comentários Facebook
Propaganda

Cuiabá

Ministério Publico requer fechamento de Fort Atacadista inaugurado nesta sexta

Publicados

em

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso ingressou com ação civil pública, com pedido liminar, requerendo o fechamento e a paralisação imediata das atividades exercidas pelo Fort Atacadista inaugurado nesta sexta-feira (27.11), na Rodovia Emanuel Pinheiro, saída para Chapada dos Guimarães.

O MPMT ressalta que o empreendimento não possui Alvará de Ocupação (Habite-se do prédio) e nem Licença Ambiental de Instalação e Operação. Além disso, parte do empreendimento foi edificado em Área de Preservação Permanente.

A 17ª Promotoria de Justiça Cível, que atua na defesa da Ordem Urbanística e do Patrimônio Cultural, enfatiza que para viabilizar a obra, foi realizada a tubulação de um córrego localizado na área sem qualquer autorização, colocando em risco a integridade física da população e degradando o meio ambiente.

Consta na ação que durante o trâmite do inquérito civil houve tentativas de resolução consensual e a empresa foi notificada por diversas vezes para que submetesse à aprovação do órgão municipal o projeto arquitetônico do prédio e a retirada de toda e qualquer edificação/construção/impermeabilização da Área de Preservação Permanente.

Segundo o MPMT, a inexistência de Habite-se (Alvará de Ocupação) apresenta risco iminente à população cuiabana, posto que somente o documento expedido pela Prefeitura Municipal certifica a adequação da edificação aos parâmetros técnicos de segurança.

CONFIRMAÇÃO

Em audiência realizada com o Ministério Público Estadual nesta quinta-feira (25), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável demonstrou que a empresa SDB Comércio de Alimentos Ltda não cumpriu os requisitos para a expedição do Habite-se, da Licença de Instalação e da Licença de Operação, não protocolou o Plano de Recuperação de Área Degradada e não possui projeto aprovado.

Atuando na defesa da coletividade, o pedido do MPMT é para que o empreendimento somente volte a funcionar após a regularização da edificação por meio da apresentação do Habite-se do prédio e licenças ambientais. A ação foi proposta na quinta-feira (25).

Fonte: MP MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana