ENTRETENIMENTO

Show de Anitta na Copa Libertadores tem opiniões mistas na internet

Publicados

em


source
Anitta se apresenta no fim da Copa Libertadores 2021
Reprodução

Anitta se apresenta no fim da Copa Libertadores 2021

Neste sábado (27), Anitta realizou o show de abertura da final da Copa Libertadores 2021, disputada no Uruguai por Palmeiras e Flamengo. O show durou cerca de cinco minutos e fez parte do esquenta para o início da partida. Saiba por onde assistir a partida no Brasil .

Anitta apresentou as músicas “Bola Rebola”, “Me Gusta” e “Combatchy” para o público presente no Estádio Centenário, em Montevidéu. Como a apresentação foi transmitida pela televisão, alguns trechos das letras precisaram ser censuradas. O show da cantora já foi disponibilizado na íntegra na internet.

Logo depois do show, as baterias dos times pisaram no gramado tocando a música “Baile de Favela”. Vale lembrar que Anitta é considerada como a musa do Flamengo. No entanto, a cantora não é torcedora do time.

Nas redes sociais, a cantora foi bastante elogiada pelos fãs e teve até quem assumiu que só estava sintonizado no jogo para assistir o show de abertura.




Leia Também



No entanto, outros internautas não ficaram tão felizes quanto ao trabalho feito pela cantora. As críticas nesse sentido afirmaram que Anitta estava “de má vontade” para estar no local. Outros internautas se incomodaram com as coreografias sensuais — neste caso, alguns fãs defenderam a cantora de assédios e comentários considerados machistas. Entre os que não gostaram da apresentação de Anitta está um deputado estadual bolsonarista Bruno Engler.




Esta não é a primeira vez que Anitta se apresenta em uma final de Copa Libertadores. Em 2019 ela também abriu a partida, que aconteceu em Lima, no Peru. Naquele ano, o próprio Flamengo venceu a partir por 2 a 1, derrotando o River Plate.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

ENTRETENIMENTO

André Martinelli sobre psicóloga no “BBB”: “Hoje precisam mais”

Publicados

em


source
André Martinelli relembra de quando participou do
Divulgação

André Martinelli relembra de quando participou do “BBB 13”

Nesta quarta-feira (26), os participantes do “BBB 22” tiveram acesso pela primeira vez ao atendimento da psicóloga do programa. André Martinelli, que participou do “BBB 13” e do “No Limite”, analisa que hoje em dia os brothers estão mais interessados no atendimento psicológico do que quando esteve na casa mais vigiada do país.

“Tinha psicóloga. Eu não cheguei a falar com ela dentro do programa. Acho que teve uma pessoa que fez atendimento. Antigamente não mostrava muito, não tinha tanto atendimento. Hoje, as pessoas estão precisando mais. Tinha médico também e uma vez até chamei. É um atendimento limitado, sem conversa. É sobre sintomas e como resolver”, relembra o modelo em entrevista ao Podmiga.

Além da procura pela psicóloga do programa, o modelo também enxerga outras mudanças na dinâmica do “BBB” com o passar dos anos. Em 2013, quando esteve no reality, as redes sociais não eram tão fortes quanto atualmente e ele diz que essa força da internet acaba impactando também nas proporções do cancelamento dos participantes.

“Hoje em dia a internet movimenta pensamentos. O pensamento de ódio flui mais na internet do que o de amor. A web quer engajar. Tem muita gente disposta a odiar as outras e elas se sentem bem com isso. Mudou muito da minha época [BBB13] para cá. Eu acho muito precoce você julgar uma pessoa em dois dias. É o caso do Rodrigo, que era amado, mas agora as pessoas não querem perto. Porque está com a energia carregada”, diz.


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana