mato grosso

Sexta-feira (25): Mato Grosso registra 119.728 casos e 3.375 óbitos por Covid-19

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sexta-feira (25.09), 119.728 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 3.375 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.180 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 119.728 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 15.419 estão em isolamento domiciliar e 100.183 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, 243 internações em UTIs públicas e 287 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 57,86% para UTIs adulto e em 33% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (23.275), Várzea Grande (8.890), Rondonópolis (8.733), Lucas do Rio Verde (5.430), Sorriso (5.049), Sinop (5.018), Tangará da Serra (4.854), Primavera do Leste (3.921), Cáceres (2.780) e Campo Novo do Parecis (2.667).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 95.865 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 809 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última quinta-feira (24), o Governo Federal confirmou o total de 4.657.702 casos da Covid-19 no Brasil e 139.808 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 138.977 óbitos e 4.624.885 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de sexta-feira (25).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

mato grosso

Cão fareja droga em roupa de cama e impede entrada na Mata Grande

Publicado


Aproximadamente 300 gramas de substância análoga a maconha foram encontrados em roupas de cama que seriam entregues a um reeducando da Penitenciária Major PM Eldo Sá Corrêa (Mata Grande), em Rondonópolis (215 km ao Sul de Cuiabá). Na manhã desta quinta-feira (29.10), um dos cães farejadores que compõem o canil da unidade e que estava no corpo de guarda identificou o odor em um cobertor e um colchão.

Ao perceber o comportamento do animal, um homem que levou o material conseguiu fugir. Já uma mulher que estava mais próxima do corpo de guarda alegou que é menor de idade, e foi encaminhada para o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC) da cidade, para as providências necessárias.

Desde que os cães foram integrados ao canil da Penitenciária, em 2016, já foram frustradas várias tentativas de inserir objetos ilícitos na unidade. “É uma ação complementar às medidas de segurança que já temos na unidade, como o scanner corporal, a torre de vigilância, e a expertise do policial penal, que tem funcionado muito bem”, analisa o diretor da Mata Grande, Ailton Ferreira.

O canil possui atualmente seis cachorros, sendo quatro de guarda e dois farejadores. Os que exercem o faro ficam no corpo de guarda, em regime de revezamento, todos os dias, das 7h às 17h. Eles recebem todos os cuidados básicos necessários e tratamento, caso seja necessário, sob supervisão de um profissional zootecnista.

Direito do reeducando

A entrega de materiais de higiene pessoal e roupas de cama e de uso pelo reeducando é direito assegurado pela Lei de Execuções Penais (LEP), e pode ser feita por familiares, após a entrada do reeducando na unidade penal. Para isso, o procedimento de revista é adotado, a fim de evitar a entrada de materiais ilícitos, como drogas, celulares, entre outros.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana