POLÍCIA

Sesp já aplicou 92% dos recursos em emendas parlamentares para as Forças de Segurança

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) apresentou, nesta terça-feira (21.06), relatório com prestação de contas sobre a aplicação dos recursos federais e de emendas parlamentares estaduais para a Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa.

De acordo com o relatório, entre 2019 e 2021 os deputados estaduais destinaram R$ 23,5 milhões à Segurança Pública. Do montante, já foram aplicados 92% em obras, equipamentos, serviços à população e melhorias das condições de trabalho dos profissionais do setor.

O secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, Juliano Chirolli, detalhou onde e como foram aplicados os recursos. Como exemplo, citou ainda a queda de 41% nos índices de roubos no primeiro quadrimestre deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. “Os recursos estão nos permitindo prestar serviços de melhor qualidade à população”, disse.

Na Polícia Militar, por exemplo, a Sesp aplicou R$ 9,8 milhões na aquisição de fardamento para todos os policiais, compra de viaturas e armamentos, implantação do sistema de radiocomunicação digital, entre outros projetos.

Na Polícia Judiciária Civil (PJC), o Governo do Estado investiu R$ 6,9 milhões em emendas parlamentares estaduais em aquisições de armamentos, equipamentos tecnológicos veículos, mobiliários e melhorias em infraestrutura física de unidades.

No Sistema Penitenciário os investimentos oriundos de emendas estaduais somaram R$ 2,9 milhões, possibilitando compra de veículos, armas, coletes, munições, mobiliários, entre outros.

“Não tenho dúvidas da eficiência e do empenho dos servidores da Sesp na aplicação dos recursos e nas ações de segurança. O mato-grossense precisa ter uma polícia bem equipada”, destacou o deputado estadual Elizeu Nascimento, que é presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Armas de fogo são apreendidas em investigação sobre crimes de violência doméstica e suspeito detido

Publicados

em

Duas armas de fogo foram apreendidas pela Polícia Civil nesta terça-feira (28), em Lucas do Rio Verde, durante cumprimento de mandado judicial em uma investigação sobre crime de violência doméstica. O dono das pistolas, de 35 anos, foi preso em flagrante por porte ilegal e posse irregular de arma de fogo.

A equipe do Núcleo de Atendimento à Criança, Mulher e Idoso deu cumprimento ao mandado judicial que determinou a busca das armas em endereços do suspeito e a suspensão do porte das duas armas de fogo, calibre 9mm.

A vítima procurou a Polícia Civil e solicitou medidas protetivas de urgência. Durante checagem de informações, as policiais do Núcleo da Mulher constataram que o suspeito possuía registro de duas armas de fogo. O delegado Eugênio Rudy representou à Justiça pela apreensão e suspensão do porte.

O suspeito é investigado pelos crimes de ameaça, injúria e perseguição contra a ex-mulher.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana