tce mt

Servidores do TCE-MT participam gratuitamente de curso sobre auditoria no setor público

Publicados

em


Divulgação TCE-MT

Servidores do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) participarão gratuitamente do curso “Auditoria no Setor Público (NBASP e NBC TASP) ”. A capacitação é realizada pelo Instituto Rui Barbosa (IRB) em parceria com o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e o Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (IBRACON). 

Com lançamento marcado para às 16h do dia 25 de março, a qualificação está dividida em cinco módulos, estendendo-se até setembro, quando será concluído com um seminário de encerramento. Respeitando o isolamento imposto pela pandemia de Covid-19, os encontros acontecem virtualmente. 

Ao longo do curso serão abordados temas como Relatório do Banco Mundial sobre Relatórios de Contas das Entidades de Fiscalização; Auditoria no Setor Público e no Setor Privado; avaliação e resposta a riscos; determinação de materialidade; coleta e análise de evidências; saldos iniciais; procedimentos analíticos, dentre outras.

Os participantes, indicados pelo Tribunal, deverão estar cadastrados no Sistema de Eventos do CFC. Quem ainda não tem o cadastro, pode realizá-lo aqui

Confira a programação completa:

Lançamento do Curso – (2h) – 25/03/21 – evento aberto Ementa: Importância dos Relatórios de Auditoria Financeira e auditoria de informação contábil dos entes públicos. Relatório do Banco Mundial sobre Relatórios de Contas das Entidades de Fiscalização.

Módulo I – Contextualização (8h) – 7 e 8/4/21
Ementa: o que é Auditoria; auditoria no setor público e no setor privado; comparativo das normas da INTOSAI (IRB) e da IFAC (CFC); auditoria no setor público- princípios da NBASP/ISSAI 100; auditoria financeira e auditoria de informação contábil histórica; objetivo do trabalho; termos do trabalho; princípios gerais (controle de qualidade, comunicação, documentação). Referências normativas: NBASP/ISSAI 100 e NBC-TA/ISA grupo 200 (NBASP/ISSAI grupo 2200). 

Módulo II – Planejamento do trabalho (8h) – 5 e 6/5/21 Ementa: planejamento; avaliação e resposta a riscos; determinação de materialidade; considerações adicionais; observação dos requisitos no setor público. Referências normativas: NBC-TA/ISA grupos 300 e 400 (NBASP/ISSAI grupos 2300 e 2400). Módulo III – Execução do trabalho (8h) – Parte 1 – 10 e 11/6/21 Ementa: coleta e análise de evidências; saldos iniciais; procedimentos analíticos; amostragem (aleatória e não-aleatória); considerações sobre a utilização de trabalhos de auditores internos e de especialistas; observação dos requisitos no setor público. Referências normativas: NBC-TA/ISA grupos 500 e 600 (NBASP/ISSAI grupos 2500 e 2600). 

Módulo III – Execução do trabalho (8h) – Parte 2 – 30/6 e 1/7/21 Ementa: coleta e análise de evidências; saldos iniciais; procedimentos analíticos; amostragem (aleatória e não-aleatória); considerações sobre a utilização de trabalhos de auditores internos e de especialistas; observação dos requisitos no setor público. Referências normativas: : NBC-TA/ISA grupos 500 e 600 (NBASP/ISSAI grupos 2500 e 2600).

Módulo IV – Relatório do trabalho (6h) – 25 e 26/8/21 Ementa: formação da opinião e elaboração do relatório; comunicação da opinião; opiniões modificadas; parágrafos de ênfase; responsabilidade do auditor; considerações adicionais; observação dos requisitos no setor público. Referências normativas: NBC-TA/ISA grupos 700 e 800 (NBASP/ISSAI grupos 2700 e 2800). 

Módulo V – Simpósio de Encerramento (2h) – 1/9/21 Ementa: discussão aberta sobre o tema: “Como elaborar trabalhos de auditoria de informação contábil-histórica nos Tribunais de Contas? Quais são as suas potencialidades e as limitações? Por onde começar? Quais os ganhos eles podem trazer?” Nesse sentido, ao ressaltar a importância do apoio de Vossa

Andre Garcia Santana
Secretaria de Comunicação/TCE-MT
E-mail: [email protected]
Flickr: clique aqui

Fonte: TCE MT

Comentários Facebook
Propaganda

tce mt

TCE-MT lança oficialmente Busca Ativa Escolar em live

Publicados

em


Combater a evasão escolar e traçar um panorama do abandono das salas de aula. Esta é a função da Busca Ativa Escolar. Por meio da plataforma, criada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) criou uma nota técnica que norteará as estratégias de resgate e inclusão de milhares de estudantes no estado. A iniciativa será oficialmente lançada às 9h desta quarta-feira (21).

Em evento online, promovido pela Escola Superior de Contas, serão apresentadas medidas para estimular ações para melhoria dos indicadores de acesso e de permanência de crianças e adolescentes nas salas de aula. A proposta é que, até setembro, todos os municípios de Mato Grosso estejam inscritos na Busca Ativa Escolar. Hoje, a adesão não chega a 20%.

Além de representantes do TCE-MT e da Unicef, participarão da live membros do Instituto Rui Barbosa (IRB), da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), da Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM) e da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon). O encontro, em formato híbrido, será transmitido pelo Canal do TCE-MT no YouTube.

Divulgação TCE-MT

A ação conta com o suporte do conselheiro Antonio Joaquim, relator das contas anuais de gestão da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), e é coordenada pela Secretaria de Controle Externo (Secex) de Educação e Segurança, com apoio Secretaria de Articulação Institucional e Desenvolvimento da Cidadania (SAI) e da Escola Superior de Contas.

Vale destacar que, a informação técnica que serviu como subsídio para ação, tem como base as boas práticas adotadas no desenvolvimento da proposta no Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO) e no Ministério Público Estadual de Rondônia (MPE-RO).

Com a aprovação da nota, na última semana, iniciam-se três frentes de ação: a primeira contempla ações de mobilização inicial e de engajamento; a segunda incluiu ações de controle para monitorar as estratégias e a terceira frente diz respeito à realização contínua de capacitações, visando direcionar a administração pública à melhora de sua capacidade técnica e financeira em prol da busca ativa escolar.

Busca Ativa Escolar

A Busca Ativa Escolar disponibiliza dados sobre a exclusão e o abandono escolares no Brasil, nas cinco regiões, nos estados e nos municípios. Fornece, ainda, dados sobre situação de adesão e de implementação da estratégia em todo o país. A intenção é apoiar os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão.

Nesta cadeia, cada secretaria e profissional tem um papel específico e todo o processo é acompanhado pela ferramenta tecnológica, que funciona como um grande banco de dados que facilita a comunicação entre as áreas, armazena dados importantes sobre cada caso acompanhado e apoia na gestão das informações sobre a situação da criança e do adolescente no município e/ou estado.

A ferramenta foi desenvolvida pelo Unicef, em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e com apoio do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

André Garcia Santana
Secretaria de Comunicação/TCE-MT
E-mail: [email protected]
Flickr: clique aqui

Fonte: TCE MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana