BRASIL E MUNDO

Serial killer do DF faz polícias ‘quase como de bobas’, diz Ibaneis Rocha

Publicados

em


source
Ibaneis Rocha, governador do Distrito Federal
Reprodução

Ibaneis Rocha, governador do Distrito Federal

Lázaro Barbosa de Souza, de 32 anos , é procurado pelas polícias do Distrito Federal e de Goiás há oito dias. Segundo o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), o suspeito de uma chacina em Ceilândia “quase como de bobas” as polícias das duas unidades federativas.

“Essa caçada nos impressiona. São quase 300 homens da polícia do DF em Goiás que estão atrás desse marginal e não conseguem localizá-lo. Espero que isso aconteça o mais rápido possível, para que possamos tranquilizar as famílias daquela região”, disse Ibaneis.

Chamado de ‘serial killer do DF’ , Lázaro teria matado quatro pessoas de uma mesma família em uma chácara no dia 9 de junho. Desde então, deixa rastros de crimes na região, fazendo reféns e atirando em policiais. 

 Lázaro Barbosa, acusado de diversos crimes e procurado pela polícia do DF e de Goiás
Reprodução

Lázaro Barbosa, acusado de diversos crimes e procurado pela polícia do DF e de Goiás

O governador do Distrito Federal afirmou que Lázaro precisa sofrer  “punição devida” e que “está passando da hora dele ser preso e vir para Papuda”.

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Renan Calheiros pede quebra de sigilo bancário da Jovem Pan

Publicados

em


source
Renan Calheiros (MDB-AL)
Divulgação/Agência Senado/Jefferson Rudy

Renan Calheiros (MDB-AL)

O relator da CPI da Covid, Renan Calheiros (MDB-AL), apresentou requerimento da quebra do sigilo bancário da rádio Jovem Pan. Para o senador, a emissora é “grande disseminadora das chamadas fake news” na pandemia. O pedido de quebras de sigilo é retroativo ao início do ano de 2018.

O objetivo da quebra, segundo o parlamentar, é descobrir se a rádio recebeu aportes financeiros após a pandemia: “Deve ser apresentada análise comparativa entre os períodos, anterior e posterior à situação de pandemia, até a presente data”, diz trecho do requerimento.

“Ademais, a quebra, a transferência e todas as análises, em especial a comparativa, deverão ser elaboradas com dados e informações, outrossim ligações com outras pessoas naturais e jurídicas, disponíveis nas diversas bases de dados da Receita Federal do Brasil”.

A CPI pretende investigar mais a fundo a disseminação de notícias falsas sobre a Covid.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana