POLÍTICA NACIONAL

Senado disponibiliza palestra sobre solenidades de posse de prefeitos e vereadores

Publicado


Mais de cem interessados, de todas as regiões do país, assistiram na última semana à palestra “Solenidade de Posse: organização, cerimonial e protocolo”, transmitida pelo Instagram do Interlegis. O público buscava informações sobre como realizar esse tipo de evento, previsto para municípios de todo o país em 1º de janeiro, na posse de prefeitos e vereadores eleitos. Clique aqui e assista à íntegra da live

O palestrante foi o coordenador de Gestão de Eventos do Senado Federal, Herivelto Ferreira. Servidor do Senado há nove anos, ele participou da organização das solenidades de posse do presidente Jair Bolsonaro e dos ex-presidentes Dilma Rousseff e Michel Temer. Segundo ele, o planejamento para uma solenidade com esse nível de importância deve começar com, no mínimo, um ano e meio de antecedência.

Pandemia

Como as posses de prefeitos e vereadores serão realizadas em meio à pandemia da covid-19, o coordenador disse esperar que protocolos como o uso de máscaras, o respeito ao distanciamento e o número reduzido de pessoas sejam respeitados.

O diretor-executivo do Interlegis, Márcio Coimbra, mediador da conversa, informou que o Interlegis realizará outras ações para descomplicar ainda mais o tema para os servidores de casas legislativas.

*Com informações do Interlegis

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA NACIONAL

Em reta final, Covas gasta quase sete vezes mais do que Boulos no Facebook

Publicado


source
Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL) estão no 2º turno na cidade de São Paulo.
Arte iG

Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL) estão no 2º turno na cidade de São Paulo.

Durante a reta final da disputa pela prefeitura de São Paulo, Bruno Covas (PSDB) gastou quase sete vezes mais do que Guilherme Boulos (PSOL) em anúncios no Facebook e no Instagram. As informações foram dadas pelo jornal Folha de S. Paulo .

De 16 a 23 de novembro,  Covas direcionou R$ 34.429 para impulsionamento (conteúdo pago) em redes sociais.  Boulos investiu R$ 4.958 no mesmo serviço.

As últimas três publicações pagas do candidato do PSOL divulgam as propostas de governo de Boulos .

Entre elas, está o programa Renda Solidária, que pretende disponibilizar R$ 400 para famílias em extrema pobreza. Além disso, um modelo de transparência de governo com dados abertos e a ampliação da rede de urgência de saúde são ações defendidas por Guilherme Boulos .

candidato do PSDB investiu em uma peça que diz “quem compara vota Covas”.

O vídeo traz o currículo do tucano : “direito na USP, economia na PUC, deputado estadual, secretário do Meio Ambiente, deputado federal, vice-prefeito e prefeito de São Paulo “.

Considerando um período de 90 dias, incluindo também semanas de pré-campanha,  Boulos gastou R$ 236.040, enquanto  Covas utilizou R$ 234.249.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana