POLÍTICA NACIONAL

Senado aprova proteção a trabalhadoras gestantes durante pandemia

Publicados

em


O Senado aprovou hoje (15) um projeto de lei (PL) que garante à empregada gestante o afastamento do trabalho presencial durante o período da pandemia sem prejuízo do recebimento do salário. O PL foi aprovado por unanimidade, em votação simbólica. Conforme o projeto, a funcionária gestante deverá permanecer à disposição do empregador em trabalho remoto. O projeto segue para sanção presidencial.

“A trabalhadora na referida condição, além de necessitar de cuidados especiais para a preservação de sua saúde, tem que adotar todas as medidas possíveis para a proteção da vida que carrega. Não pode ficar exposta a este terrível vírus, que pode ceifar a sua vida, a de seu filho, bem como arrasar o seu núcleo familiar”, afirmou a relatora do projeto no senado, Nilda Gondim (MDB-PB), em seu parecer.

O projeto, de autoria da deputada Perpétua Almeida (PCdoB), é do ano passado e determinava como prazo de duração da medida o estado de calamidade pública reconhecido pelo Congresso Nacional, mas o decreto legislativo que tratava da calamidade pública já perdeu a validade. Por isso, Gondim alterou um trecho do texto, retirando a citação do decreto legislativo. Em seu lugar, o projeto cita “emergência de saúde pública de importância nacional” como período de validade da medida.

Edição: Fábio Massalli

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Doria ironiza após ser vacinado contra Covid: “Não virei jacaré”

Publicados

em


source
Governador de São Paulo João Doria é vacinado pela enfermeira Mônica Calazans
Reprodução: ACidade ON

Governador de São Paulo João Doria é vacinado pela enfermeira Mônica Calazans

O governador de São Paulo João Doria (PSDB) ironizou nas redes sociais após receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta sexta-feira (7).

Aplicando um filtro de jacaré na foto, Doria posou com o cartão de vacinação, que indica que ele recebeu o imunizante CoronaVac , produzido pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

Confira:

A piada acerca do jacaré se dá, pois em novembro do ano passado, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido)  questionou eventuais efeitos colaterais que as vacinas poderiam apresentar:

“Lá no contrato da Pfizer, está bem claro nós: ‘não nos responsabilizamos por qualquer efeito colateral’. Se você virar um jacaré, é problema seu”, declarou Bolsonaro, que segundo levantamento feito por membro da CPI da Covid , recusou 11 ofertas de compras de vacina.

Aos 63 anos de idade, Doria foi vacinado nesta tarde, e teve o imunizante aplicado pela enfermeira Mônica Calazans , que em janeiro, se tornou a primeira brasileira a receber a dose da CoronaVac.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana