Rondonópolis

SEMMA realiza limpeza, plantio de grama e recupera áreas públicas/verdes e APPs degradadas

Publicados

em


A Secretaria Municipal de Meio Ambiente – SEMMA está realizando um importante trabalho de preservação, conservação e recomposição de áreas públicas, entre elas áreas verdes e APPs – Áreas de Preservação Permanentes degradadas na cidade. 

Para tanto, a Secretaria iniciou recentemente os trabalhos de recuperação e preservação ambiental, realizando limpeza, remoção do lixo e recomposição de uma área pública e de preservação permanente localizada na confluência dos córregos: bambu e patrimônio, na região do Jardim Ipanema, onde foram recompostos um total de mais de 13 mil metros quadrados e realizado o plantio até o momento de 3.100 m² grama. 

Área de 13 mil metros quadrados onde foi realizado o plantio até o momento de 3.100 m² grama. 

Ali, conforme relatos do Assessor de Análise Ambiental, João Copetti, equipes da SEMMA e parceiros contratados, realizaram trabalhos de limpeza da área verde onde predominava a presença de mato, entulho e lixo, descartados irregularmente por moradores, e que criava um ambiente favorável a proliferação de insetos, animais peçonhentos, bem como, mosquitos vetores de doenças, como: o “aedes aegypti” da dengue, zica e chikungunya, bem como, ainda servia para descarte irregular de resíduos sólidos. 

Olhando pelo lado da segurança pública, esses referidos locais ainda serviam como esconderijo para marginais e criminosos se esconderem e ocultarem objetos roubados e ou furtados na região, entre outros. Ainda conforme Copetti, “com a limpeza dessas áreas, e o plantio de grama se encerram esses problemas e cria novo ambiente, não só visual, mas, de qualidade ambiental, que acaba refletindo diretamente na qualidade de vida dos moradores da área e do seu entorno, bem como, os que por lá transitam ao longo dos dias”, disse. 

O Assessor repassou ainda que já estão sendo feitos levantamentos técnicos para recomposição da cobertura vegetal através da urbanização e paisagismo com a consequente arborização da área.

RESIDENCIAL PE. LOTHAR 

Uma segunda ação de preservação e recomposição da vegetação foi realizada no Residencial Pe. Lothar, mais precisamente, na rua Rio Branco, Quadra 06, onde uma área de aproximadamente 14 mil m2, anteriormente já gramada, acabou recebendo um trabalho de enriquecimento arbóreo. No local foram plantadas 31 exemplares nativas, sendo: 11 Ipês, 10 Aricás e 10 Jacarandas. 

Esse trabalho a médio e longo prazos, vai produzir efeitos significativos para a melhoria da qualidade de vida dos moradores, pois disponibilizará mais beleza visual, mais sombra, mais oxigênio, e ar puro. 

Nas próximas semanas a Secretaria pretende iniciar novas frentes de trabalho, atuando em outras áreas que também carecem da atenção do poder público, como uma área do Jardim Reis que no dia 06, receberá o serviço de recomposição arbórea (plantio de árvores). 

Plantio de arvores no Res. Pe. Lothar

Comentários Facebook
Propaganda

Rondonópolis

Saúde vacina contra Influenza e Covid-19 nesta quarta-feira (14)

Publicados

em


Amanhã (14) será dia de vacinação em Rondonópolis. Buscando, de todas as formas possíveis, cuidar da saúde do rondonopolitano, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) vai atuar em três frentes, nesta quarta-feira.

Idosos acima de 62 anos vão poder tomar a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na Escola Pindorama e no ESF Pedra 90. Novamente, a vacinação será escalonada para os dois sexos: mulheres serão imunizadas pela manhã, das 8h às 11 horas, e homens, à tarde, das 13h às 16 horas.

Outro grupo que será vacinado amanhã, este com a segunda dose contra o coronavírus, é o dos que têm idade superior a 75. A divisão entre os sexos permanece, sendo que as mulheres terão a dose disponível das 8h às 11 horas e os homens entre as 13h e 16 horas. A aplicação do imunizante vai ocorrer nos ESFs da Vila Mamed, do Jardim Atlântico, Luz Da’Yara e do Monte Líbano.

VACINA CONTRA GRIPE

Também acontece nesta quarta-feira, no ESF Alfredo de Castro, às 8 horas, o lançamento da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza 2021. Durante todo o dia, das 8h às 17 horas, crianças de seis meses a menores de dois anos (um ano, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérberas – aquelas mulheres que estão no período pós-parto –, profissionais da área da saúde que atuam em hospitais e povos indígenas podem receber a vacina.

Vinte e cinco unidades de saúde vão ofertar a dose contra a gripe H1N1, quais sejam Alfredo de Castro, André Maggi, Bom Pastor, Caic, Cidade Alta, Cohab, Dom Osório, Industrial, Marechal Rondon, Mathias Neves, Padre Rodolfo, e, ainda, dos Jardins Assunção, Belo Horizonte, das Paineiras, Iguassu, Ipê, Itapuã, São Francisco e Sumaré e das Vilas Adriana, Cardoso, Itamaraty, além do Conjunto São José, do Parque São Jorge e da Policlínica Central.

Uma questão importante, conforme alerta Paulo Padim, gerente do Departamento de Saúde Coletiva da SMS, é a necessidade da população se imunizar contra os dois tipos de vírus – H1N1 e coronavírus. “As duas vacinas são fundamentais, especialmente nesse momento de pandemia. Afinal, tanto a gripe Influenza quanto a Covid-19 provocam sintomas semelhantes, como coriza e febre, além de penetrar no organismo pelas vias aéreas e, se não prevenidas, podem evoluir para uma pneumonia”, explica.

Porém, Paulo ainda orienta que as duas vacinas não podem ser tomadas concomitantemente: “É preciso um intervalo de 20 dias entre o imunizante contra o coronavírus e a aplicação de qualquer outra vacina para que não haja interferência de uma substância na outra”.

Quem for se vacinar deve portar consigo cartão de vacinação e cartão do SUS – para aqueles que os possuem –, CPF e documento de identificação com foto, além de manter a distância em relação aos demais presentes no local e usar a máscara da forma adequada.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana