mato grosso

Sema recebe dois animais retirados do Pantanal, um com queimaduras

Publicados

em

Na tarde de sexta-feira (03.09), a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) recebeu da ONG Grad Brasil uma Irara (Eira barbara) com as patas queimadas e um macaco-prego (Sapajus apella), durante uma operação realizada pelo órgão ambiental na Transpantaneira, em Poconé (102 km distante de Cuiabá).

Duas equipes da Sema-MT estavam na Estrada Parque Transpantaneira: uma monitorando as condições do Bioma e presença de água, e a outra fazendo a busca ativa de animais feridos e o resgate, quando encontraram representantes da Organização Não Governamental. O trabalho de busca ativa de animais segue até o término do período de estiagem e incêndios.

O órgão ambiental encaminhou os animais para tratamento veterinário adequado na clínica Orto Pet, localizada em Várzea Grande. No entanto, o macaco não apresentava queimaduras ou outro problema de saúde, e será devolvido à natureza.

A Sema alerta que o manejo de animais silvestres deve ser realizado apenas por pessoas habilitadas. A retirada de animais silvestres da natureza não é indicada pois é importante preservar as condições habituais do animal, e evitar estresse, entre outros motivos.

O cidadão que se deparar com animais silvestres, seja no âmbito urbano, ou apresentando precisar de ajuda em ambiente rural, a recomendação é não realizar a captura, e sim, ligar para a Polícia Militar pelo telefone 190, ou para o Corpo de Bombeiros pelo 193.

Conforme o decreto federal Nº 6.514, de 22 de julho de 2008, é crime passível de multa o manejo de animais sem autorização do órgão ambiental, e a multa vai de R$ 500 a R$ 10 mil para atividades ou condutas em desacordo com os objetivos da unidade de conservação, o seu plano de manejo e regulamentos específicos.

A Sema realiza, desde abril deste ano, o monitoramento continuo da Estrada Parque Transpantaneira, para averiguar a situação dos animais silvestres, a presença de água e alimentos. Com base no monitoramento de 120 pontos, a Sema ainda não recomenda a intervenção humana no habitat natural.

A Sema recomenda ainda que seja seguido o guia de Procedimentos Operacionais Padrão (POP) do IBAMA, que recomenda que a retirada de animais do meio ambiente é a última opção, e que o profissional de notório saber que atuar nesta retirada deve ser credenciado e ter a licença para a atividade. Veja o documento completo CLICANDO AQUI.

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Governo lança editais de fomento para os setores da economia criativa, audiovisual e jogos eletrônicos

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), lançou nesta segunda-feira (18.10) mais três editais que contemplam os setores audiovisual, economia criativa e jogos eletrônicos. O investimento será de R$ 5,7 milhões que serão distribuídos em 84 projetos. O objetivo é reaquecer a economia e os setores que foram diretamente impactados com a pandemia.

Com a publicação destes editais já somam mais de R$ 75 milhões investidos na cultura e no esporte de Mato Grosso. “Estas ações só demonstram o quanto o Governo do Estado tem olhado para o setor, que tem sofrido com as consequências da pandemia, e que agora começa a se recuperar e ganhar um novo fôlego. Os editais contemplam três importantes setores que certamente irão girar a economia local e fortalecer ainda mais a produção mato-grossense”, destaca o secretário da Secel, Beto Dois a Um.

No audiovisual serão aplicados R$ 3 milhões em 34 projetos, divididos nas categorias: curta-metragem, videoclipe, videodança e videoarte. Em curta-metragem serão selecionados 10 projetos de ficção no valor de R$ 150 mil cada, 10 projetos de documentário no valor de R$ 100 mil cada, e 02 projetos de animação no valor de R$ 80 mil cada. Na categoria videoclipe serão contemplados 08 projetos de 30 mil, videodança serão 02 projetos de R$ 25 mil e a categoria videoarte selecionará 02 projetos de R$ 25 mil.

Na economia criativa serão investidos R$ 2 milhões. Serão selecionados um total de 40 projetos no valor de R$ 50 mil cada, divididos nas categorias “Mundo das Artes” (artes visuais, artes cênicas, audiovisual, música, literatura, fotografia, artesanato, biblioteca, museus e galerias, patrimônio material e imaterial, cultura popular e tradicional), “Negócios Digitais” (startup, FabLab, mídia digital, software, novas mídias e mídias sociais) e “Criações Funcionais” (arquitetura e urbanismo, moda, gastronomia, design, publicidade e turismo).

Já o edital de jogos eletrônicos irá contemplar 10 projetos no valor de R$ 70 mil totalizando um investimento de R$ 700 mil, dividido da seguinte forma: 5 projetos na categoria livre (projetos de jogos eletrônicos com tema livre) e 5 na categoria educacional (projetos de jogos eletrônicos que têm o objetivo de incentivar a leitura). Os recursos são exclusivamente para o desenvolvimento e produção de jogos eletrônicos (game) para console, computador e/ou dispositivos móveis (smartphone e tablet).

Inscrições

As inscrições para os editais de audiovisual, economia criativa e jogos eletrônicos estão abertas e seguem até as 18h do dia 30 de novembro de 2021. O processo de inscrição dos editais ocorrerá em duas fases: pré-inscrição (preenchimento do formulário online) e entrega dos documentos junto ao protocolo da Secel. As inscrições só serão consideradas válidas caso o proponente cumpra as duas fases.

Serviço

Editais de seleção pública para os setores audiovisual, economia criativa e jogos eletrônicos

Período de inscrição: aberto até as 18h do dia 30 de novembro de 2021

Editais, anexos e formulários de inscrição:

  • Audiovisual, clique aqui
  • Jogos Eletrônicos, clique aqui
  • Economia criativa, clique aqui

Endereço: Av. José Monteiro de Figueiredo (Lava Pés), 510, Bairro Duque de Caxias, CEP: 78043-300 – Cuiabá-MT.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana