mato grosso

Seguem abertas as inscrições para contratação de 751 profissionais para saúde

Publicado

Desde o dia 16 de junho estão abertas as inscrições do processo seletivo da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) para a contração de 751 profissionais, que reforçarão o quadro de profissionais na linha de frente do tratamento de pacientes com Covid-19, em oito unidades de saúde do Estado.

As vagas abertas são para médicos (125), enfermeiros (120), psicólogos (18), fisioterapeutas (120), assistentes sociais (18), técnicos de enfermagem (288), técnicos de laboratório (22) e maqueiros (40), que serão distribuídas entre os Hospitais Regionais de Rondonópolis, Cáceres, Sinop, Sorriso, Alta Floresta e Colíder, assim como o Hospital Estadual Santa Casa e o Hospital Metropolitano de Várzea Grande.

O Hospital Regional de Sinop é uma das unidades de saúde em fase mais avançada dos trabalhos de abertura de novos leitos. Na próxima semana, mais nove leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estarão prontos para receber os pacientes diagnosticados com a Covid-19. Por isso, o diretor da unidade, Jean Alencar, informou que o hospital deverá convocar nas próximas semanas os candidatos aprovados para a posse nos cargos. O gestor destacou que ainda restam vagas disponíveis.

“Muitos esforços são necessários para a abertura de leitos de UTI. Um desses, no qual estamos empenhados neste momento, é a contratação de recursos humanos. Para se ter uma ideia, estamos precisando de 24 técnicos de enfermagem para abertura dos novos leitos, mas nós temos 11 técnicos inscritos que estamos contratando. Por isso, estamos em busca para que a gente consiga mobilizar o maior número de profissionais para esses novos leitos”.

Recentemente, o Governo de Mato Grosso atualizou o edital deste processo seletivo. Com essa atualização, houve aumento na remuneração em todos os cargos ofertados no certame. Foi incluído o pagamento do benefício “Adicional por Assiduidade” para todos os cargos, com 5%, 10%, 15% e 20%, que incidirá no valor unitário do plantão conforme a quantidade realizada mensalmente.

Com a nova gratificação, um médico que receberia de R$1.500 por cada um dos 14 plantões mensais, passa a receber R$1.800, conforme consta descrito no quadro de valores (Adicional por Assiduidade) da página 1.

Inscrições

As inscrições podem ser feitas por meio do link (http://www.seplag.mt.gov.br/ses/). Nesta fase, ainda não foi definida a data de encerramento, mas essa informação, quando definida, será publicada no Diário Oficial. Este processo seletivo é gratuito para todos os cargos.

Para acessar o primeiro edital de abertura do processo seletivo clique AQUI. Para acessar o edital retificado clique AQUI.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

mato grosso

Famílias carentes da Associação Boas Novas são atendidas com doações

Publicado


.

Cerca de 300 famílias carentes atendidas pela Associação de Promoção Humana e Social “Grupo Boas Novas”, do Residencial Ilza Therezinha Picoli Pagot, receberam doações de cestas básicas e cobertores nesta sexta-feira (07.08). 

A iniciativa faz parte da campanha “Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus” e do programa “Aconchego”, ações lideradas voluntariamente pela primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, e executadas pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

Representando a titular da pasta, Rosamaria Carvalho, a secretária-adjunta de Cidadania da Setasc, Rosi Porcionato, foi responsável pelas distribuições dos mantimentos. Ela enfatizou a importância da ação social para as famílias em situação de vulnerabilidade, consideradas as mais atingidas pela pandemia.

“Estamos realizando doações para que não falte comida na mesa das famílias que passam adversidades. Buscamos ajuda e solidariedade de todos para garantir dignidade humana e segurança alimentar dessas pessoas”, pontuou.

De acordo com o presidente da Associação, Celso Marcos, a iniciativa contempla moradores dos bairros Jonas Pinheiro, Jamil Nadaf, Terra Prometida e Jardim Diamante. 

“O momento é extremamente delicado, principalmente, para os que trabalham de maneira informal, como é o caso dos que estão aqui. Agradeço ao governador, à primeira-dama e à Setasc, que são parceiros já de longa data e sempre estão prontos para nos ajudar”, afirmou.

A venezuelana Oscari Rodrigues, 22 anos, recebeu cesta básica e cobertor. Ela relatou que ficou desempregada com a chegada da pandemia e devido a isso tem passado dificuldades. “Agradeço pelo alimento. As coisas não estão fáceis. Essa cesta vai ajudar na alimentação da minha família”, disse.

A haitiana Alcine Vierginie, 35 anos, moradora do assentamento Terra Prometida, também comemorou no momento das entregas. “Há seis meses estou sem trabalhar. Agradeço muito por essa ajuda que vocês estão nos dando, é muito bem-vinda”.

Mais entregas

Os moradores do bairro São João Del Rei e do Novo Paraíso II, em Cuiabá, também foram beneficiados com 150 cestas básicas da campanha “Vem Ser Mais Solidário” e cobertores do programa “Aconchego”. As entregas foram realizadas pelo secretário-adjunto de Assuntos Comunitários da Setasc, Édio Martins, e o assessor especial da Setasc, Thiago Campelo.

O presidente do bairro São João Del Rei, Silvano Cruz, elogiou o compromisso do Estado com os moradores da região.  “O Governo sempre está atuando de uma forma especial com a nossa região, é a segunda vez que nos atende com doações. Agradeço muito por essa parceria”, manifestou.

Lucinda da Luz, 55 anos, uma das beneficiadas do bairro Novo Paraíso II, disse ser agraciada por receber a cesta e cobertor. “Essa ajuda que vocês trouxeram é muita boa. Nem sei como agradecer”, comentou.

A representante da “Casa de Oração para Todos os Povos” do bairro Novo Paraíso II, Geny Solange da Luz, e responsável pela articulação das entregas com o Governo, agradeceu as doações. “Aqui existe muita carência de alimento, principalmente neste momento. Agradeço a primeira-dama e a Setasc por essa vontade de ajudar quem realmente precisa”.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana