mato grosso

Seduc busca referência em evento de tecnologia e inovação para fortalecer a educação em MT

Publicados

em

Equipe de profissionais da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) encerrou, nesta sexta-feira (13.05), a sua participação no Bett Brasil 2022, que ocorreu no Transamerica Expo Center São Paulo. O evento tem como foco a utilização da inovação e da tecnologia para o fortalecimento da educação no país.

Além de debates, palestras e oficinas, a conferência conta com vários expositores e visitantes, sendo a oportunidade ideal para conferir as novidades relevantes do setor, conhecer pessoas, se atualizar nos processos de ensino-aprendizagem, além dos produtos e serviços que devem ditar tendências para a educação.

O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, destacou que o momento foi estratégico, pois a Seduc-MT, desde 2020, já adota a inovação e uso da tecnologia no ensino-aprendizagem, gestão escolar e, principalmente, na recuperação da aprendizagem. “No evento, vimos que Mato Grosso está na vanguarda. Todos os nossos parceiros do Sistema Estruturado de Ensino, Mais Inglês, Socio Emocional, Educação Financeira, da qualificação, das tecnologias digitais, só para citar alguns, estavam presentes na Bett 2022”, observou.

Participaram do evento secretários adjuntos da Seduc, três representantes das Diretorias Regionais (DREs) e dois gestores de unidades escolares.

Segundo a secretária adjunta de Gestão Regional da Seduc, Alcimaria Ataides da Costa, foi gratificante ver que muitos dos produtos apresentados já fazem parte da rotina da Rede Estadual de Ensino. “As mesmas ferramentas pedagógicas e de gestão, das quais usamos em Mato Grosso e que fortalecem o sistema de ponta a ponta, estão sendo mostradas aqui. Nossa equipe teve contato com cerca de 270 marcas expositoras e trocou experiências com dezenas de palestrantes que são referências do setor educacional”.

Clailton Lira Perin, Diretor Regional de Educação Polo Alta Floresta, apontou que a tendência é adotar ainda mais a tecnologia na educação. “Estamos em um caminho sem volta, onde os painéis digitais, tablets e os chromebooks estarão cada vez mais presentes na rotina escolar”. Para ele, as tecnologias dão suporte a escolas, professores, sendo colocadas à serviço do aprendizado.

Diretor da Escola Estadual Vale do Guaporé, em Pontes e Lacerda, Edir de Oliveira viu no evento uma excelente oportunidade de troca de experiências e de networking. “Aproximamos os elos da cadeia educacional. Foi positiva a nossa participação para que a educação pública em Mato Grosso flua ainda mais e se desenvolva a cada ano”.

O tema do evento, “Cocriando a Educação do Futuro”, foi um dos itens que chamou atenção de Valdelice de Oliveira, secretária Adjunta de Gestão Escolar. “Esse futuro já acontece. Já vivenciamos essa realidade na Seduc e foi gratificante reforçar essa prática vendo centenas de propostas desenvolvidas por empresas e startups. Ainda há opositores ao uso da tecnologia na educação, mas é impossível inovar mantendo um formato tradicional de gestão ou de ensino sem dar a devida importância a esse novo momento do qual também somos atores”, finalizou.

O evento

A Bett Brasil é o maior evento de educação e tecnologia da América Latina. Parte da série global Bett Show da Hyve Group, uma das líderes mundiais na realização de eventos considerados referência de mercado. A Bett visa inspirar, discutir o futuro do segmento e o papel da tecnologia e da inovação na formação de educadores e alunos.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Politec conclui que incêndio no Hospital São Benedito teve início no ar-condicionado

Publicados

em

A Gerência de Perícias de Meio Ambiente e Engenharia Legal da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) concluiu o laudo pericial sobre o incêndio que aconteceu no Hospital Municipal São Benedito, em Cuiabá, no dia 15 de maio deste ano. A perícia apontou que o incêndio teve início no ar-condicionado da enfermaria 25, e não se espalhou para outros ambientes do hospital.

Com base nos vestígios encontrados as causas mais prováveis são superaquecimento do motor da unidade evaporadora do ar-condicionado e/ou curto circuito nas emendas.

O motor da unidade evaporadora do aparelho incendiado foi coletado para avaliação na bancada da Politec junto com parte da fiação. Foi verificado que não havia indícios de curto circuito na placa eletrônica do ar-condicionado. No laudo pericial, o perito criminal constatou que havia muitas emendas nos fios coletados e a presença de pérolas de fusão. Essas emendas são feitas na instalação do ar-condicionado e podem aumentar a chance de superaquecimento da rede elétrica e provocar curtos circuitos.

O perito observou que o superaquecimento do motor do equipamento também pode levar ao aquecimento da rede elétrica e provocar o curto circuito, e como se tratava do ar-condicionado de uma enfermaria de hospital, ele provavelmente operava por várias horas seguidas e ininterruptas, o que aumentam as chances de um superaquecimento do motor.

O laudo foi disponibilizado à 1ª Delegacia de Polícia Judiciária Civil nesta sexta-feira (27.05).

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana