mato grosso

Seduc abre inscrições para II Mostra Científica Virtual

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) abre inscrições para a II Mostra Científica Virtual de STEAM. O evento é voltado para os professores das escolas plenas, escolas-piloto do Novo Ensino Médio da rede estadual e escolas localizadas na baixada cuiabana que ofertam Ensino Médio. As inscrições podem ser feitas até o dia 26 de outubro. A mostra, com o tema Projetos Científicos STEAM, será realizada de forma online. Os trabalhos devem ser encaminhados no e-mail:[email protected]

O projeto incentiva as práticas STEAM, acrônimo em inglês que se refere às Ciências, Tecnologia, Engenharia, Arte e Matemática, na vertente de atividades e práticas das áreas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Engenharias e Linguagens por meio da Arte.

As 126 unidades escolares de Mato Grosso integram o edital finalista do STEAM TechCamp Brasil 2021, que concorreu com projetos dos 26 estados e do Distrito Federal.

A Mostra Científica ocorrerá no período de 4 a 12 de novembro, conforme critérios estabelecidos na chamada de trabalhos.

Coordenador do Ensino Médio da Seduc, Tiago Wesley Machado destaca que a perspectiva da inserção das tecnologias da educação pública é relevante para proporcionar meios para o protagonismo dos estudantes que ocorrem de fato no chão da escola. “É extremamente positivo participar desse projeto”, assinala.

Para Fabiula Costa Lopes, da Coordenadoria de Ensino Médio da Seduc, o objetivo é fomentar práticas com abordagem STEAM e fortalecer o trabalho em desenvolvimento nas escolas.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Técnicos da Empaer participam de curso sobre produção de algodão regenerativo em sistemas agroflorestais

Publicados

em


Técnicos da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) estão participando do curso de capacitação de produção de algodão regenetarivo em sistemas agroflorestais para a Região do Vale do Araguaia. Realizada na cidade de Canarana (a 823 km de Cuiabá), a qualificação tem o objetivo de dar continuidade aos treinamentos dos agentes mutiplicadores do Projeto AGROcotton que visa a agricultura sustentável a produtores familiares do Estado.

Na prática, os técnicos capacitam os produtores para a implementação do sistema agroflorestais com o cultivo do algodão regenetarivo para o ano de 2022, com a possibilidade de extensão do cultivo e da compra para os anos seguintes.

O curso foi dividido em teoria e prática. De segunda-feira a quarta-feira (06 a 08.12), as aulas acontecem no auditório do Sindicato Rural, no centro de Canarana. Na quarta-feira (08), no período da tarde e na quinta-feira (09), será na Unidade Demonstrativa Algodão Regenetativo, no Parque de Exposição Luiz Cancian.

Na programação consta apresentação do Projeto AGROcotton – Algodão Regenetativo e os parceiros envolvidos na iniciativa; Histórico dos sistemas de produção ecológica; Transição Agroecologia e Sistemas Agroflorestais; Princípios e práticas agroeconológicas com ênfase no manejo ecológico do solo; Apresentação de experiências agroecológicas da região;   Fundamentos técnicos dos sistemas agroflorestais e biodiversidade; Intensificação ecológica e econômica através de sistrmas agroflorestais; Planejamento da implantação e da condução das áreas do Projeto; A cultura do algodoeiro e o Uso e produção de bionsumos.

O curso é uma realização da Embrapa, Empaer, Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (Seaf) e Farfarm. Os apoiadores são Sindicato Rural de Canarana, Prefeitura e Câmara Municipal.   

Sobre a Farfarm – É uma empresa brasileira especializada em projetos de supply chain regenerativos. Sua missão é transformar a indústria têxtil no Brasil. Por meio da agrofloresta, ela estabelece cadeias produtivas virtuosas para abastecer o mercado têxtil de matérias-primas genuinamente ecológicas, apoiando pequenos produtores e, portanto, gerando baixo impacto socioambiental.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana