Várzea Grande

Secretário divulga resultados positivos na Educação de Várzea Grande

Publicados

em

Por Fred Nogueira

O secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Fidelis, divulgou, naReunião Gerencial, realizada na última quarta-feira, (16), no auditório do Anexo II da SMECEL, o relatório produzido pela secretaria referente as ações desenvolvidas durante o ano letivo de 2020 na rede pública municipal de Várzea Grande.

O encontro que reuniu os diretores e coordenadores de todas as unidades escolares de Várzea Grande, contou com a participação da prefeita Lucimar Sacre de Campos na abertura do evento.

Silvio Fidelis destacou que as dificuldades provocadas pela pandemia do novo Coronavírus foi um desafio para gestores, professores, alunos e comunidade escolar, pois, diante da suspensão das aulas presenciais no mês de março, as atividades curriculares tiveram continuidade de maneira remota, com orientação online, em grupos por aplicativos de celular ou em apostilas produzidas pela Superintendência Pedagógica, encaminhadas a alunos sem acesso a internet.

“As dificuldades foram superadas pela iniciativa e inovação de nossa equipe de gestores, professores e pelos profissionais da Educação. Todos tiveram que se adaptar a uma nova realidade e esse desafio nos motivou a buscar novas possibilidades para os processos de ensino e aprendizagem” disse o secretário.

Segundo Silvio, o momento de distanciamento social fez com que professores e alunos experimentassem uma nova maneira de relacionamento: O virtual, reforçando o comprometimento e o envolvimento da família no processo de aprendizagem. “Neste ano, pais e responsáveis tiveram um papel importante na vida escolar dos alunos, tendo como tarefa o acompanhamento direto nas atividades realizadas no dia a dia em casa” destacou.

Diante dessa nova forma de ensinar e aprender, assim como para o acompanhamento e monitoramento do nível da aprendizagem, a Secretaria aplicou a avaliação diagnóstica para verificar as intervenções no processo de construção do conhecimento dos estudantes previstas para o próximo ano letivo.

PROJETOS E PROGRAMAS

Os projetos e programas da Secretaria de Educação desenvolvidos em parceria com instituições públicas e empresas da iniciativa privada não foram interrompidas, mas as atividades tiveram que ser reinventadas por causa da pandemia.

O secretário citou projetos como o “Um Por Todos e Todos Por Um” em parceria com a Controladoria Geral da União (CGU), que este ano distribuiu 2.152 cartilhas para atividades com alunos do 5º ano escolar.

O Projeto “Onde há Educação a Corrupção não tem vez” idealizado pelo Ministério Público de Mato Grosso (MP/MT) teve prosseguimento em 2020, com a participação de 12 escolas municipais incluídas no Programa Escola em Tempo Integral – ETA, com prática de aprendizagem adquiridas em oficinas de teatro, música de dança. As finalistas foram as EMEBs Srª Dirce Leite de Campos, Profª Salvelina Ferreira da Silva e Ten. Abílio da Silva Moraes como a primeira colocada. O MP também promove o Projeto Fortalecer que, em parceria com o Univag atuam auxiliando as unidades escolares na Busca Ativa dos alunos.

Com o Procon/VG, a parceria possibilitou a entrega de 30 mil kits escolares que orientou os alunos da rede municipal de ensino sobre a questão do consumo consciente. Em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e empresas da iniciativa privada, a Educação Ambiental da SMECEL promoveu ações como a Semana Lixo Zero, Horta escolar, Projeto 3 Rs, Semana do Meio Ambiente com a realização do concurso online para a escolha do desenho para o Selo de Empresa Amiga do Meio Ambiente 2021, além da promoção de ações para a prevenção de doenças tropicais e semitropicais.

A parceria da Educação com o sistema de Cooperativa Sicred tem viabilizado pelo terceiro ano o Projeto “A União Faz a Vida”, que atua na capacitação, atualização e acompanhamento dos profissionais da Educação nas escolas.

Assim como o Programa “Melhoria da Educação” promovido pela Fundação Itaú Social que, a partir do Planejamento Estratégico tem proporcionado a formação continuada aos profissionais da Educação municipal de Várzea Grande.

Com a parceria da Polícia Militar, o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência – PROERD, teve continuidade em 2020 de forma não presencial, beneficiando 18 turmas de alunos das EMEBs Abdala José de Almeida, Jaime Veríssimo de Campos Júnior e Eunice Cesar de Mello.

De acordo com Fidelis, o município ainda conta com os programas PDDE Municipal, PDDE Federal, Escola Conectada e PDDE Emergencial, onde os recursos tem o aporte direto na escola para custear despesas com materiais e gastos emergenciais.

ESCOLA EM TEMPO AMPLIADO – ETA, idealizado pela prefeita Lucimar Sacre de Campos, é um programa que oferece oficinas e cursos no contra turno escolar, atendendo alunos de 22 unidades escolares em 2020.

Com o retorno gradual das oficinas, o desafio foi atender os estudantes, respeitando todos os protocolos da biossegurança, assegurando aos alunos a participação das

atividades sem riscos à saúde.

Os avanços na Educação ficaram evidentes com participação das escolas no Prêmio de Gestão Escolar (PGE)2020, onde Várzea Grande concorreu com 31 unidades de ensino entre Centros Municipais de Educação Infantil e Escolas Municipais de Ensino Fundamental. Na fase municipal, o CMEI Miguelina de Campos Silva conquistou o primeiro lugar, seguido pelo CMEI Jayr Luiza de Campos Untar e EMEB Deputado Ary Leite de Campos na segunda e terceira colocação respectivamente. O CMEI Miguelina de Campos Silva ainda conquistou o segundo lugar na fase estadual do PGE.

A inovação também ocorreu nos processos de matrícula e rematrícula para o ano letivo de 2021 na rede municipal de Várzea Grande. O secretário anunciou a modalidade de matrículas online pelo Sistema de Gestão Educacional – SIGE, implementado este ano, disponibilizando o link para ser acessado no Portal da Prefeitura Municipal na internet.

Em seu pronunciamento, a prefeita Lucimar Sacre de Campos parabenizou os gestores e profissionais da Secretaria de Educação, lembrando que um dos seus principais desafios à frente da gestão municipal era promover uma melhoria efetiva na Educação, investindo na infraestrutura das unidades educacionais, na capacitação dos profissionais e servidores da SMECEL.

A prefeita destacou que do total de 85 escolas da Rede Municipal, 78 unidades foram beneficiadas com obras de reforma, ampliação e manutenção predial, cinco Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI) foram entregues nesta gestão e outros estão programados para serem inaugurados no próximo ano, com obras em andamento e dinheiro em caixa para o custeio mediante a conclusão. “Fizemos muito. Gostaríamos de fazer muito mais. Agradeço a Deus por ter dado a oportunidade de ser prefeita de Várzea Grande e poder deixar meu legado a este município que tanto amo. Que os próximos anos também sejam de prosperidade para todos nós” finalizou Lucimar Campos.

Comentários Facebook
Propaganda

Várzea Grande

Prefeitura cria disque-vacina contra Covid-19 e já atende idosos de 60 anos

Publicados

em

Novas medidas adotadas pela Prefeitura de Várzea Grande e parceiros como a Assembleia Legislativa de Mato Grosso e a Clínica Médica da Universidade de Várzea Grande (UNIVAG) estão melhorando a oferta de serviços como vacinação, atendimento e informações no combate a pandemia da COVID 19.

Além de dois novos pontos de vacinação, um no Parque Berneck que começa a funcionar amanhã, 17 de abril de 2021 em drive thru e no Jardim dos Estados que funciona semana que vem em ponto fixo, um novo serviço está sendo colocando a disposição, o Disque-Vacina que receberá ligação gratuitas através do 0800 647 4121 e funcionará durante o horário de expediente do Poder Público Municipal tanto para confirmações de vacinação como para esclarecimentos e principalmente para alertar as pessoas das medidas necessárias para conter o avanço da doença e para ajudar o Poder Público a diminuir os casos de internação e óbitos.

Prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat e a primeira-dama, Kika Dorilêo Baracat, acompanham a vacinação contra Covid-19

“Atendendo orientação do prefeito Kalil Baracat de fazer da informação um dos nossos principais aliados com objetivo de orientar a população, de um modo geral, sobre a campanha de imunização estamos abrindo novos serviços que precisam emprestar resultados para que a população se sinta segura e certa de que será atendida, terá medicamentos e vacina dentro do possível”, disse o secretário de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo Barros.

As ligações são gratuitas e poderão ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, incluindo o horário de almoço. O Disque-Vacina segue o funcionamento do horário normal de expediente da Saúde municipal.

A superintendente de Vigilância em Saúde, Relva Cristina, cita algumas dúvidas mais frequentes.  “Os moradores que estão na faixa etária para se vacinar, por exemplo, e que perderam o dia do chamamento, aqueles que estão na dúvida sobre o cadastro, que estão aguardando serem chamados, dúvidas referentes ao cartão SUS, se está ativado e se realmente é registrado no município. Estas dúvidas serão esclarecidas pelo serviço 0800”, disse a superintendente.

Segundo o secretário da pasta, Gonçalo de Barros, a saúde pública trabalha conforme a necessidade do cidadão. Ele explica que a partir do congestionamento dos telefones da secretaria e diante das dúvidas da população, verificou-se que em sua maioria, a demanda referia-se sobre a vacina contra a Covid-19. Desta forma, foi criada mais uma ferramenta de gestão no auxílio à população, o Disque-Vacina Dúvidas que vai funcionar no horário de almoço.

Os atendentes terão acesso ao sistema de agendamento para esclarecer a situação dos munícipes, como o porquê ainda não foram chamados para a vacinação. Além disso, a equipe estará integrada com o setor de agendamento para solucionar o caso individual de cada pessoa imediatamente ou, quando não for possível, o mais breve, retornando à ligação. “O que queremos é agilidade e bom atendimento, dentro da nossa política de humanização. Se existem dúvidas, vamos saná-las. O que não pode é deixar o cidadão, que tem direito a vacina, ficar sem ela e sem respostas. Por exemplo, se um cidadão de 70 anos, que tem direito de vacinar, ainda não vacinou e está na dúvida de como fazer, é só ligar para o 0800 647 4121 que as atendentes vão auxiliá-lo. Mesmo que a campanha hoje esteja na etapa dos idosos acima de 60 anos, todos os cidadãos acima desta faixa etária, que não se vacinaram, precisam fazer o cadastro. Se for idoso acamado é só ligar, se houver dúvida sobre o agendamento. Temos que atingir a meta de vacinar todos para promover o bloqueio epidemiológico da transmissão da doença”, explicou o secretário.

Outro objetivo muito importante em criar o 0800, acrescenta Gonçalo de Barros, é monitorar os moradores já vacinados na primeira dose contra a Covid-19 e tirar dúvidas quanto a data da segunda dose, lembrando que na carteira de vacinação, que cada um recebe após a imunização, consta qual tipo de vacina aplicada.

“O intervalo da primeira dose para a segunda dose depende do tipo da vacina aplicada. Se tomou a CoronaVac, a segunda dose será aplicada cerca de 14 a 28 dias. Já AstraZeneca – Oxford – o intervalo da primeira dose para a segunda dose é de 90 dias. Pelo 0800, não será possível agendar a vacinação e nenhum outro serviço oferecido pelo município da Rede SUS. O canal de atendimento foi instituído para oferecer informação sobre vacinação e, sobretudo, para conhecer o pós-vacina das pessoas que já foram vacinadas. Por exemplo, se alguém, após vacinado, apresentar qualquer efeito adverso, pode ligar também para o número, que as atendentes vão buscar orientação dos profissionais da Vigilância em Saúde que vão esclarecer dúvidas e encaminharão a notificação para o Estado”, pontuou o secretário.

A Campanha de Vacinação contra a COVID-19 continua no município de Várzea Grande e está na fase de vacinar idosos de 60 anos acima. No sábado (17), a expectativa é vacinar 5 mil idosos desta faixa etária em dois pontos da cidade em sistema drive thru, no Centro Universitário UNIVAG – Clínicas Médicas e no Parque Berneck, das 8h às 16h. Só serão vacinados aqueles que fizeram o cadastro e tiveram a confirmação por telefone, SMS ou e-mail pelas equipes da Vigilância em Saúde. É necessário levar os seguintes documentos: Cartão SUS atualizado, comprovante de residência e documento com foto.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana