Cuiabá

Secretário de Saúde apela para população se prevenir; 55% dos leitos de UTI estão ocupados

Publicados

em

Na manhã desta sexta-feira (08.01), metade dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para Covid-19 disponibilizados pela Prefeitura de Cuiabá estavam ocupados. No Hospital Referência à Covid-19 (antigo Pronto Socorro), a taxa de ocupação era de 55% na ala adulta e de 33,3% na ala infantil. Já no Hospital São Benedito, a taxa de ocupação registrada era de 45%. Conforme boletim divulgado pela Vigilância Epidemiológica de Cuiabá, na noite de quinta-feira (7), 44,5% dos pacientes internados nesses leitos de UTI são oriundos de outros municípios de Mato Grosso e até de outros estados.

Atualmente, a rede municipal de saúde de Cuiabá conta com 135 leitos exclusivos para Covid-19, o que representa 1/3 do total de 418 leitos de UTI para Covid-19 pactuados na rede pública de Mato Grosso. Desses 135 leitos, 95 estão no Hospital Referência, sendo 80 adultos e 15 pediátricos e 40 no Hospital São Benedito. 

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Ozenira Félix, “esses números assustam bastante, mas, mesmo próximo ao Natal, nossas equipes já tinham feito a previsão de aumento dos casos e de internações, com base em estatísticas e acompanhamento dos dados. Vamos ter ainda outra subida grande em função das festas de ano novo”, afirma. A secretária ressalta que a população é a principal responsável por conter o avanço do novo coronavírus. “O sistema Único de Saúde tem as suas limitações, nós temos a quantidade de leitos, a quantidade de profissionais, nós temos tudo limitado. A população precisa entender que nós temos que tomar cuidado, nós temos que evitar aglomeração porque isso é resultado das aglomerações”, avalia.

A Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá disponibiliza à população atendimento médico para casos leves de síndrome gripal em todas as unidades básicas de saúde distribuídas pelos bairros e comunidades rurais da cidade, sendo que em 21 unidades polo há realização de testes rápidos e exames do tipo RT-PCR, além da distribuição do kit Covid-19, com medicamentos para tratamento precoce da doença, em 15 unidades e nas UPAs e policlínicas. Ambos os procedimentos (exames e entrega do kit Covid) são feitos mediante prescrição médica. 

Na atenção secundária, as Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) e policlínicas também realizam o atendimento dos pacientes com sintomas moderados da Covid-19 e a rede conta com a UPA Verdão como unidade referência, com leitos de retaguarda.

Apesar de todo o sistema de saúde estar preparado, a secretária Ozenira Félix reforça o pedido para que todos os cuiabanos façam a sua parte na luta contra a pandemia, que ainda não acabou. “Por mais que a gente prepare a rede, nós temos uma limitação. Temos metade dos leitos ocupados e também estamos com as unidades de saúde com muitas pessoas procurando. O que a gente pede à população é que, se são sintomas leves, você vá a nossa unidade básica de saúde e lá você será orientado a fazer o isolamento em casa ou fazer exames, se necessário. Mas que as pessoas se atenham ao cuidado! Tenham cuidado, tem que fazer o isolamento, se possível. Todo mundo tem que trabalhar, tem que sair, mas tem que ir tomando todos os cuidados”, apela.

 

 

Comentários Facebook
Propaganda

Cuiabá

Veja como fica o funcionamento na Secretaria de Gestão após reforço na biossegurança

Publicados

em


Luiz Alves

Clique para ampliar

A Secretaria Municipal de Gestão informa que, visando seguir os decretos que impõem medidas mais restritivas para conter o avanço do novo coronavírus, irá manter as medidas que já vinham sendo adotadas desde janeiro deste ano, que constam na Portaria nº 044, de 14 de janeiro de 2021. Dessa forma, as atividades presenciais devem obedecer aos padrões sanitários e de biossegurança, como distanciamento de 1,5 metro entre cada servidor, uso obrigatório de máscaras e uso constante de álcool em gel 70% em cada repartição. 

Também podem ser flexibilizadas as jornadas de trabalho e adotado o revezamento entre os servidores com o fim de reduzir a concentração de pessoas e possibilitar a manutenção das medidas de biossegurança, ficando a cargo da chefia imediata proceder ao controle da jornada.

Fica mantido o regime de teletrabalho (home office) para os servidores e estagiários que estejam enquadrados como grupo de risco. 

Em relação ao atendimento ao público na Secretaria Municipal de Gestão e no Protocolo Central, ocorrerá mediante agendamento prévio, através dos seguintes canais: 

– Pelo telefone (65) 3645-6021 para atendimento na Secretaria Municipal de Gestão de Cuiabá

– Pelo telefone (65) 3645-6280 para agendamento no Protocolo Central.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana