Cuiabá

Secretaria Municipal de Saúde divulga o 10º Informe Epidemiológico de 2021 sobre a Covid-19

Publicados

em


Luiz Alves

Clique para ampliar

Desde o registro dos primeiros casos em Cuiabá, a Secretaria Municipal de Saúde, com apoio de pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso, publica semanalmente o Informe Epidemiológico sobre a COVID-19, com o objetivo de monitorar o padrão de morbidade e mortalidade e descrever as características clínicas e epidemiológicas dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG – pelo SARS-Cov-2 em residentes no município de Cuiabá. Dando continuidade à divulgação de informações sobre a COVID-19 em Cuiabá, esse é o 49º informe produzido, no qual apresentamos as informações desde a data da notificação do primeiro caso em Cuiabá até a 10ª Semana Epidemiológica (SE), compreendendo o período de 14 de março de 2020 a 13 de março de 2021.

Destaques do primeiro ano da epidemia de COVID-19 em Cuiabá-MT

 De 14 de março de 2020 a 13 de março de 2021:

  – 58.735 casos de COVID-19 de residentes em Cuiabá, 90,0% recuperados; 5.118 internações e 1.685 mortes.

  – A média de casos das primeiras duas semanas de março de 2021 (1.660,5/semana) é mais elevada que as dos meses de janeiro (1.545,0), fevereiro (1.416,5) e dezembro de 2020 (1.190,5).

  – Risco maior de infecção para indivíduos de raça/cor preta/parda (9.426,2/100.000 habitantes) quando comparado com os de raça/cor branca (5.622,5/100.000 habitantes).

  – A taxa de incidência é mais elevada entre 30 a 39 anos, contudo as taxas em crianças, adolescentes e jovens de 20 a 29 anos foram as que mais cresceram desde 18/julho/2020 – 1.031%, 1.631% e 1.104% respectivamente, evidenciando aumento superior do risco de infecção nesses grupos etários quando comparado com os demais.

  – A taxa média de permanência hospitalar foi de 11 dias e o intervalo entre o início dos sintomas e a internação foi de 7,5 dias.

  – Aproximadamente 9% das crianças e adolescentes internados foram a óbito.

  – Desde dezembro de 2020 tem se registrado o aumento de mortes, e esse padrão tem persistido até a segunda semana de março de 2021. Este ano (03 de janeiro a 27 de fevereiro) a média de mortes por semana atingiu 40,4/semana, sendo mais alta que em 2020 (14 de abril a 02 de janeiro de 2021) quando a média foi de 31,3 óbitos/semana. Nas duas primeiras semanas de março a média foi de 79,5 óbitos/semana.

Na última semana (SE 10 – 07 a 13 de março de 2021)

  – 1.473 casos notificados de COVID-19 e 83 óbitos. Com média de 11,3 óbitos/dia, muito mais elevado que a semana anterior.

  – Em 13 de março todos os leitos de UTI adulto dos hospitais de Cuiabá estavam ocupados, registrando uma taxa de ocupação de 100,0%. Metade dos leitos de enfermaria estavam ocupado e a taxa de ocupação em UTI pediátrica era de 75%.

  – O Rt se mantém superior a 1,0 (1,02), como tem ocorrido desde fevereiro, indicando a permanência do aumento da circulação do vírus em Cuiabá.

CONFIRA O INFORME EPIDEMIOLÓGICO ABAIXO

Comentários Facebook
Propaganda

Cuiabá

Secretário Samaniego assume Semob e Luis Claudio acumula Governo e Meio Ambiente

Publicados

em


Davi Valle

Clique para ampliar

O prefeito Emanuel Pinheiro nomeou, na noite desta quarta-feira (05), Juares Samaniego para ocupar o cargo de secretário de Mobilidade Urbana de Cuiabá. Com a indicação do chefe do Executivo, o secretário de Governo, Luis Claudio de Castro Sodré é quem assume o lugar de Samaniego – interinamente  – na Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano e Sustentável. Sodré irá acumular as pastas de Governo  e de Meio Ambiente. As nomeações serão publicadas na Gazeta Municipal de quinta-feira (06). 

A escolha de Emanuel Pinheiro leva em consideração a capacidade técnica dos dois gestores. “Juares e Luis Claudio são dois grandes secretários e têm serviço prestado. Tenho plena confiança de que farão um ótimo trabalho à frente das respectivas Secretarias, dando sequência e avançando ainda mais nas conquistas alcançadas pelos seus antecessores”, disse o prefeito de Cuiabá. 

Juares Silveira Samaniego tem 55 anos, é casado e pai de três filhos. Natural de Ponta Porã (MS), ele vive em Cuiabá há 33 anos. Graduou-se em Engenharia Civil e Segurança do Trabalho pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) em 1988.

Formou-se ainda em Direito pela Universidade Cândido Rondon (Unirondon).  Atuou como presidente do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia.

Além disso, colaborou com a Frente Parlamentar de Desenvolvimento em Prol da Retomada das Obras do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT).

Já Luis Claudio de Castro Sodré tem 54 anos, é casado e pai de três filhos, natural do Rio de Janeiro (RJ). Vive há 42 anos em Cuiabá. Formado em Direito, é servidor de carreira do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), onde ingressou em 1987. Ele também tem pós-graduação em Direito civil pelo IDP Brasília.

Exerceu os cargos de presidente da Associação dos Servidores do Poder Judiciário, presidente do Instituto de Seguridade Social dos Servidores do Poder Judiciário, vereador do município de Cuiabá na legislatura 2017-2020, quando atuou como líder do prefeito. Disputou as eleições de 2020 para vereador, obtendo 3.001 votos, sendo o sétimo mais votado.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana