mato grosso

Secretaria de Estado de Saúde alerta sobre nova cepa da dengue identificada em Mato Grosso

Publicados

em

Uma pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com o Laboratório Central de Mato Grosso (Lacen-MT), identificou a circulação da nova cepa da dengue em Mato Grosso, o genótipo do sorotipo II do vírus, mais conhecido como cosmopolita. 

A cepa cosmopolita está presente na Ásia, no Oriente Médio e na África. No Brasil, o primeiro caso foi registrado em Goiás e, em seguida, foram identificados casos em Mato Grosso do Sul, São Paulo e Mato Grosso.

No Estado, a análise foi feita pela equipe coordenada pelo pesquisador da Fiocruz, Luiz Carlos Júnior Alcântara, que recebeu, entre 05 e 10 de junho, 32 amostras com resultado positivo prévio para dengue. 

Após sequenciamento utilizando a metodologia de nanoporos, do total de amostras analisadas, 29 corresponderam ao tipo DENV-1 genótipo V, cepa mais comum no Estado, e três amostras corresponderam ao DENV-2 genótipo emergente de tipo II, a variante cosmopolita.

Os casos da variante cosmopolita são provenientes dos municípios de Cuiabá, Nortelândia e Sorriso. Para a pesquisa, também foram colhidos materiais nos municípios de Novo mundo, Nova Maringá, Santo Antônio do Leverger, Tangará da Serra, Lucas do Rio Verde, Nova Santa Helena, Água Boa e Nortelândia.

“Esta é a primeira detecção deste genótipo no estado e esse achado aponta para a necessidade de reforçarmos o monitoramento genômico desse patógeno emergente para compreendermos a sua difusão em Mato Grosso e no Brasil”, diz o pesquisador Luiz Carlos Júnior Alcântara, no relatório da pesquisa. 

O secretário adjunto de Atenção e Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), Juliano Melo, explica que, apesar da nova cepa ser mais transmissível que as variantes que já circulam no estado há anos, os cuidados preventivos a esse novo genótipo da dengue permanecem os mesmos já amplamente divulgados, como limpeza dos quintais. 

“Não existe uma vacina ou um medicamento preventivo à dengue. Para o enfrentamento da doença, é imprescindível que a população mantenha os cuidados diários, como certificar-se de que a caixa da água está devidamente tampada, assim como as lixeiras. Devemos ainda limpar as calhas e trocar areia dos vasos de planta semanalmente, além de preservar os ralos limpos e manter garrafas ou recipientes de boca para baixo”, reforça o gestor.

A diretora do Lacen-MT, Elaine Cristina Oliveira, alerta para a importância de os serviços básicos estarem preparados para o enfrentamento da doença, independentemente do genótipo dela. 

“É crucial assegurar que a limpeza urbana, realizada pelas prefeituras, e a limpeza individual, realizada pelos moradores, sejam diárias. É necessário também os municípios manterem a Atenção Básica atenta aos sintomas dos pacientes que chegam no pronto-atendimento”, pontua Elaine.

Ações do Estado

A fim de combater e prevenir os casos de dengue no Estado, a SES-MT realiza oficinas de atualização em manejo clínico aos municípios que compreendem as 16 regionais de saúde de Mato Grosso. 

Paralelas às oficinas de atualização, a Secretaria também auxiliou os municípios na construção do Plano Regional e Municipal de Contingência as arboviroses dengue, zika e chikungunya e tem mantido a distribuição de insumos estratégicos, como inseticidas e larvicidas utilizados como medida complementar ao controle do vetor.

O órgão estadual ainda tem realizado controle de qualidade na identificação das larvas do Aedes, encontradas e coletadas nos municípios, além de cooperação técnica.

Sobre a dengue

O vírus da dengue é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. O vírus possui quatro sorotipos e cada um pode ser subdividido em diversas linhagens. O genótipo II, cosmopolita, é uma das seis linhagens do sorotipo 2. A dengue, de modo geral, causa febre e náuseas, desidratação, dor abdominal, exantema (irritação da pele), dor de cabeça, dor retroorbital (dor ao redor dos olhos).

Além da dengue, o Aedes aegypti também é transmissor da Chikungunya e do Zika Vírus.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Governo de MT já liberou mais de R$ 5,1 milhões de créditos a pequenos empresários em 2022

Publicados

em

O Governo de Mato Grosso, por meio da agência de fomento Desenvolve MT, já liberou mais de R$5,1 milhões em crédito para apoiar pequenos e micro-empreendedores mato-grossenses, fortalecendo os negócios, e gerando emprego e renda nos municípios.

O valor considera os recursos liberados entre janeiro a maio de 2022, quando foram formalizados 241 contratos em 49 municípios, por meio da plataforma digital e agentes de crédito credenciados. Entre os 15 municípios que mais tomaram crédito neste ano, 11 possuem agentes que facilitam o acesso e dão suporte para o empreendedor durante todo processo de contratação. 

Atualmente, a agência possui 40 municípios parceiros e 15 entidades de classe que prestam apoio e atendimento aos empreendedores. A oferta de crédito potencializa o desenvolvimento das cidades ao financiar pequenos negócios, contribuindo na geração de emprego e renda.

Silvana Camargo, proprietária da academia Top Fitness em Vila Rica (1.272 km de Cuiabá), é um exemplo de empreendedora que conseguiu o recurso da Desenvolve MT para investir em equipamentos e melhorar a estrutura do seu negócio. Microempresária de um dos setores mais afetados na pandemia da Covid-19, ela conta que ficou sabendo do crédito por meio da agente de crédito da sua cidade.

“Ela me explicou as possibilidades de crédito para microempresários e me ajudou a correr atrás dos documentos. O trabalho dela foi fundamental. Começamos a montar o processo e em 15 dias foi liberado o crédito em minha conta”, explica Silvana.

A agente de crédito de Vila Rica, Alva Pinnow, destaca que o trabalho dos agentes é considerado um papel essencial para pequenos empresários e a economia do município. Eles são parceiros da Desenvolve MT, atuando na oferta de crédito e prestando atendimento e orientação ao empreendedor. “Nosso trabalho é fundamental para orientar e ajudar as pessoas na hora de solicitar o crédito e enviar as documentações necessárias, no processo que elas possuem certa dificuldade”, afirma.

Conforme o presidente da Desenvolve MT, Jair Marques, os municípios com maiores destaques são onde os gestores locais e as entidades representativas estão atentas às oportunidades e parcerias que podem ajudar a movimentar a economia. 

“Os agentes de créditos são necessários para a agência atuar com mais efetividade nos municípios. Durante a pandemia nós atuamos firmemente na manutenção de empresas e empregos, com índice de inadimplência baixíssimo. Temos foco específico em cuidar do pequeno e para isso, é importante a habilitação dos agentes nos municípios”, ressalta. 

Municípios 

Com R$362.776,20 em créditos liberados, Várzea Grande foi um dos maiores beneficiários do crédito concedido aos empreendedores, de janeiro a maio deste ano. 

Entre os 15 municípios que mais obtiveram crédito com a Desenvolve MT,  destaque para Cuiabá R$2.365.844,57, Rondonópolis R$271.572,57, Sinop R$219.765,92, Santo Antônio do Leverger R$210.941,09, Guarantã do Norte R$207.119,72 e Vila Rica R$134.433,19.

Para expandir a oferta de recursos, a agência tem percorrido municípios do Estado, reunido com prefeito e lideranças para entender as demandas locais e apresentar os produtos da agência. 

Confira abaixo os municípios que mais tomaram crédito em 2022, no período de janeiro a maio:

Capacitação

Os agentes de crédito credenciados são capacitados pela Desenvolve MT para atuarem na oferta de crédito, por meio de prefeituras e associações, às empresas que atuam nos diversos setores produtivos.

Por meio da qualificação, os agentes compreendem sobre todas as linhas de crédito da agência, cadastro, envio de documentos e o funcionamento da plataforma online de solicitação do crédito. Dessa forma, se tornam aptos a orientar e prestar um bom atendimento aos empreendedores dos municípios parceiros.

Até maio, três cursos onlines foram ministrados para 37 agentes e colaboradores de prefeituras do interior do estado e de Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDLs).

(Com supervisão de Livia Rabani)

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana