cultura

Secel organiza encontros online para informar sobre Lei de Emergência Cultural

Publicado

Enquanto aguarda regulamentação e liberação dos recursos da Lei de Emergência Cultural, a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel/MT) atua em frentes de planejamento e preparação das ações de socorro ao setor durante a pandemia. Para esta semana, estão previstas mais algumas reuniões em formato online para discussão e alinhamento de informações com gestores municipais, colegiados e segmentos culturais de Mato Grosso.

Nesta terça-feira (04.08), às 9h, acontecerá  a primeira reunião extraordinária do Conselho Estadual de Cultura em 2020.  No encontro, representantes de segmentos e territórios culturais abordarão o andamento das ações necessárias para implementação da Lei Aldir Blanc.

Na quarta-feira (05.08) será a vez dos integrantes da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) se reunirem virtualmente para deliberação de assuntos relacionados à Lei. A comissão, formada por representantes de todas as regiões do estado, é uma instância de articulação entre os gestores públicos estadual e municipais, constituindo-se como esfera de negociação e pactuação de ações intergovernamentais do Sistema Estadual de Cultura.

Em junho, os representantes dos dois colegiados participaram da primeira reunião conjunta para justamente debater sobre ações emergenciais destinadas ao setor cultural.

Gestores municipais participam do processo de diálogo e construção conjunta das ações na quinta-feira (06.08), às 15h. Este será o terceiro encontro em plataforma digital entre os entes federativos mato-grossenses com o objetivo de acompanhar e preparar as atividades que poderão ser executadas no estado.

Já na sexta-feira (07.08), às 15h, as informações levantadas até a data serão compartilhadas com trabalhadores e trabalhadoras do segmento cultural. O encontro acontecerá por meio de uma transmissão ao vivo na página de facebook da Secel (@secelmt).

Além do nivelamento e planejamento com os setores do estado, equipes da Secel acompanham e participam de tratativas em grupos de trabalho de abrangência em todo o país, como o Fórum Nacional de Secretários Estaduais de Cultura e a Confederação Nacional de Municípios (CNM).

“Precisamos ficar em constante diálogo para construirmos juntos as ações aqui em Mato Grosso. Assim que sair a regulamentação federal e os valores forem liberados, teremos pouco tempo para a execução, por isso são tão importantes esses encontros de nivelamento de conhecimento e de preparação prévios “, assegura o secretário adjunto de Cultura da Secel, Paulo Traven.

Aprovada na Câmara Federal e no Senado, a Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc prevê R$ 3 bilhões ao setor cultural durante a pandemia, que serão executados de forma descentralizada por estados e municípios por meio de renda emergencial mensal aos profissionais da cultura, subsídios para manutenção dos espaços culturais e de editais. De acordo com a divisão feita preliminarmente pela CNM, cerca de R$ 52 milhões serão destinados para ações em Mato Grosso, sendo metade para Estado e metade para municípios.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

cultura

Primeiro Bailarino do Theatro Municipal do Rio participa nesta sexta-feira de bate papo com Grupo de Dança de MT

Publicado

Nesta sexta-feira (25.09) ás 15 horas (16h Brasília), o Dança em Pauta/ Equilíbrio, terá mais um Bate Papo, desta vez com com o bailarino Cícero Gomes, a professora e bailarina Ana Carolina Pereira RAD RTS, do Grupo Caroline/ Cia de Dança Ballet de Mato Grosso, também estará presente.

Breve relato sobre o artista

Cícero Gomes é Primeiro Bailarino do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, professor, coach e jurado do Instituto Passo de Arte, formou-se na Escola estadual de dança Maria Olenewa, tendo estudado também na Escola de Dança da Opera de Vienna (Austria) e Elmhust School for Dance (Inglaterra).

Foi bailarino da Cia jovem de ballet do Rio de Janeiro por 5 anos até ingressar ao Ballet do Teatro Municipal em 2007 já como solista, em 2008 estreou seu primeiro protagonista.

Trabalhou com célebres maitres e coreógrafos mundiais, tais como, Luigi Bonino, Marco Pierin, Boris Storjokov, Tatiana Leskova, Luís Ortigoza, Márcia Haydee, David Parsons, Cirryl Atanasof, Rose Muñoz, entre muitos outros.

Em seu repertório estão obras consagradas de Jhon Cranko, Roland Petit, Fokine, Nijinsky, Uwe Sholz, Marcia Haydee, Enrique Martinez, Vicente Nebrada, além de todo repertório clássico.

 

Veja também:

Bailarina do Balé da Cidade de São Paulo participa de bate papo com grupo de Dança de Mato Grosso

Cantora Laís Yasmin participa hoje (13.08) de bate papo com Grupo de Dança de Mato Grosso

Professor internacional de dança participa de bate papo com Grupo de Dança de Mato Grosso

Bailarino internacional participa hoje (30.07) de bate papo com Grupo de Dança de Mato Grosso

Ana Botafogo participa de bate papo com Grupo de Dança do Mato Grosso

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana