mato grosso

Secel-MT vai investir R$ 3 milhões no patrimônio histórico e na reparação de pontos destinados à prática esportiva em Cáceres

Publicados

em


O futuro do esporte e da cultura de Cáceres em pauta. Na manhã de quinta-feira (12.08), o secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, Beto Dois a Um, esteve reunido com a prefeita de Cáceres, Eliene Liberato, para tratativas da pasta.     

Beto assegurou que Cáceres receberá um grande pacote financeiro para ser investido nos próximos anos, resgatando os patrimônios históricos do município, reestruturando o esporte e investindo em qualidade de vida para a população. 

“Cáceres, a princesinha do Rio Paraguai, uma cidade linda, turística e muito cultural, tão importante na construção da nossa história. E a ideia é levar cultura e esporte aos quatro cantos de Mato Grosso, poderosos fatores de transformação social, como bem destaca o governador Mauro Mendes”, ressalta Beto Dois a Um.  

Os investimentos de R$ 3 milhões serão destinados a restauração de prédios tombados, pacotes de obras para o centro histórico, editais para o fomento da cultura local, e a reparação de pontos destinados à prática esportiva, bem como a composição de um novo gramado para o estádio Geraldão. 

“É grande a necessidade de mais investimentos para resgatarmos nossas raízes, é fundamental que as crianças saibam da história dos casarões, igreja, centro histórico, como também é importante que elas tenham um lugar para a prática de esporte”, comemorou a prefeita Eliene.

Para dialogar com a prefeita Eliene Liberato sobre futuro do esporte e da cultura cacerense, além do secretário Beto Dois a Um e da secretária adjunta de Administração Sistêmica, Eliane Paula, estiveram presentes os vereadores da cidade, Flávio Negação, Manga Rosa, Franco Valério, Isaias Bezerra e Domingos.  

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Polícia Civil e PRF apreendem 3,1 toneladas de defensivos contrabandeados do Paraguai

Publicados

em


Mais de três toneladas de defensivos agrícolas contrabandeados do Paraguai, avaliadas em mais de R$ 3 milhões, foram apreendidas em uma ação conjunta da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) da Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal, na madrugada desta terça-feira (19.10), em Rondonópolis, no Sul do Estado. 

Duas pessoas responsáveis pelo transporte da carga de defensivos foram autuadas em flagrante pelos crimes de contrabando e transporte irregular de agrotóxico. A ação contou com o apoio da Delegacia Regional de Rondonópolis.

Durante a operação, os policiais da GCCO receberam informações sobre dois caminhões que estavam vindo de Mato Grosso do Sul, carregados com defensivos contrabandeados do Paraguai.

Com base nas informações, as equipes começaram o monitoramento dos veículos assim que entraram em Mato Grosso e flagraram o momento que os dois veículos chegaram em Rondonópolis e pararam em um posto de combustível.

Os policiais da GCCO ficaram posicionados na MT-130, pois esse seria um dos caminhos por onde seguiriam a viagem. Em determinado momento, no posto combustível, uma caminhonete F-4000 encostou próximo a um dos caminhões e iniciou o descarregamento de sacos brancos do caminhão. 

Após a transferência da carga, a caminhonete seguiu sentido à MT-130, onde foi realizada a abordagem do veículo.

Questionado, o motorista alegou que estava transportando uma carga de adubo, porém, durante a análise da carga foi constatado que o suspeito estava transportando 124 sacos de defensivos agrícolas (Benzoato). O suspeito confessou que foi contratado para fazer o transporte da carga para Nova Mutum e que receberia R$ 2 mil pelo serviço.

Em continuidade às diligências, os policiais realizaram a abordagem dos caminhões que fizeram o transporte da carga durante o dia. Após a identificação do motorista, foi constatado que ele foi preso por envolvimento no mesmo crime, no dia 30 setembro deste ano. O motorista do segundo caminhão não foi localizado.

Os veículos e a carga de 124 sacos de agrotóxicos foram apreendidos e os suspeitos conduzidos à 1ª Delegacia de Polícia de Rondonópolis, onde foram autuados pelos crimes de contrabando e produzir, comercializar, transportar, dar destinação a resíduos e embalagens vazias de agrotóxicos seus componentes em afins em desacordo com a legislação.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana