Saúde

São Paulo registra queda de mortes de idosos acima de 90 anos após imunização

Publicados

em


source
Dados da secretaria de saúde apontam redução de 70% no número de mortes de idosos com mais 90 anos na capital
Rafael Barifouse – Da BBC News Brasil em São Paulo

Dados da secretaria de saúde apontam redução de 70% no número de mortes de idosos com mais 90 anos na capital

A cidade de São Paulo registrou queda no número de idosos com mais de 90 anos mortos pelo coronavírus no mês de fevereiro em comparação com janeiro. Dados a Secretaria Municipal de Saúde , que ainda podem ser atualizados, apontam uma redução de 70%.

Os grupo com mais de 90 anos começou a ser vacinado no dia 5 de fevereiro. As pessoas dessa faixa etária foram as primeiras a receber o imunizante contra a Covid-19 , depois de profissionais de saúde, indígenas e quilombolas.

Segundo a Prefeitura de São Paulo, em janeiro morreram 127 pessoas com mais de 90 anos na capital paulista. Em fevereiro, foram apenas 38. A queda de mortos no grupo com mais de 90 anos foi revelada pelo G1 .

Também houve redução de casos e de internações. O total de diagnosticados com a doença passou de 380 para 144 na cidade de São Paulo, uma queda de 62%. Já o número de pessoas com mais de 90 anos que foram internadas passou de 246 para 104.

Os dados são referentes a pessoas residentes em São Paulo e abrangem os atendidos em equipamentos de saúde municipais, estaduais e privados.

A secretaria “ressalta que os dados são provisórios e podem ser atualizados retroativamente conforme a atualização do banco de dados”.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Propaganda

Saúde

Covid: EUA já aplicaram 1° dose da vacina em mais da metade da população adulta

Publicados

em


source
Covid: EUA já aplicaram 1° dose da vacina em mais da metade da população adulta
Pixabay

Covid: EUA já aplicaram 1° dose da vacina em mais da metade da população adulta

Os  Estados Unidos já aplicaram, ao menos, uma dose das vacinas contra a  Covid-19 em mais da metade da população adulta (50,4%), acima de 18 anos, o que equivale em quase 130 milhões de pessoas. Os dados são do Centro de Controle e Prevenção de Doenças  (CDC), atualizados até este último sábado (17).

Em números exatos, foram 129.988.985 americanos acima dos 18 anos vacinados. Em relação ao total, esse número representa 39,5% da população. Considerando os idosos, o total vacinado com uma dose chega a 44,3 milhões, 81% daqueles que estão acima dos 65 anos.

Segundo o CDC, até o momento, 84,2 milhões de pessoas já tomaram as duas doses contra a Covid-19, o que equivale a 25,4% da população total do país. Considerando apenas quem tem 18 anos ou mais, o percentual sobe para 32,5%. O público idoso e completamente vacinado é de 36 milhões de americanos, ou 65,9% do total nessa faixa de idade.

Imunizantes 

A vacina mais aplicada no país é a Pfizer/BioNTech, com mais de 109,1 milhões de doses. A Moderna vem em segundo, com 92,1 milhões de doses. Em terceiro vem a vacina da Janssen, braço da Johnson&Johnson, com 7,9 milhões de doses. Outras 167 mil não foram identificadas pelo CDC.

Metas do governo 

Quando assumiu o governo, Joe Biden, recém eleito presidente do país, havia prometido que 100 milhões de doses seriam aplicadas nos seus primeiros 100 dias de governo. Em virtude do sucesso da campanha, a meta foi dobrada para 200 milhões de doses. Até o sábado (17), 204 milhões de doses foram administradas.

Você viu?

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana